"Noites De Tormenta" - Nicholas Sparks



Hoje, vamos falar sobre uma história maravilhosa, envolvente e emocionante. Noites de Tormenta é para ser lido em uma noite - acreditem, pois digo por experiência própria.- uma vez que, Sparks deu a esse livro, um clímax em cada página. Uma emoção, um sentimento, uma revelação, uma tristeza,enfim, uma vida.
O que mais gostei nesse lindo romance, foram os personagens.Esqueçam os adolescentes e os jovens na casa dos 20 anos, pois os nossos queridos Paul e Adrienne são um casal de meia-idade.Afinal, não há idade certa para se apaixonar, não é mesmo?


Adrienne aos 60 anos, relembra sua vida e sua grande paixão.Portadora de um grande segredo, que agora seria revelado para sua filha.Amanda ficara viúva e com dois filhos pequenos para criar.Desde então, se fechava e chorava no quarto, mergulhada em uma profundo depressão, deixando de dar e receber o carinho dos filhos. Assim, a fim de mostrar à filha que já havia passado por dor semelhante, não referente ao divórcio, Adrienne revela a sua história.

Adrienne Willis,45 anos, era uma mãe zelosa; amiga; trabalhadora; ótima filha para seu pai,atormentado por derrames subsequentes; e uma esposa dedicada e amável.Entretanto, seu marido Jack acaba se apaixonando por uma mulher mais nova e,deixa sua casa e sua família.A partir daí, Adrienne dobra seus esforços para criar os filhos adolescentes e para cuidar da casa e da saúde do pai.Tudo estava, aparentemente, sobre seu controle.Todavia, seu coração não parecia aceitar a situação.Depois de um tempo inconformada com o abandono, ela achava que poderia se apaixonar novamente, mas ninguém, durante três anos, havia olhado para ela. E assim, Adrienne  começa a achar que não é mais atraente e que sua vida será essa. Triste e abatida, tenta manter a pose para àqueles que tanto precisam dela.Contudo, seu destino parecia ter alguns planos adicionais.

Nas férias escolares, seus filhos foram passar um tempo com o pai, e Adrienne foi para Rodanthe, na Carolina do Norte, cuidar da pousada de sua amiga, uma vez que esta teria que ir num casamento fora da cidade."Um único hóspede", ela dizia para si mesma, a fim de se convencer de que tudo seria fácil.Entretanto, esse não era qualquer um, este era O Hóspede. Um tal de Dr. Paul Flanner,um homem de 54 anos,doce, gentil e atraente,que fora para à pousada,para refletir sobre o seu ser, seus erros e suas omissões.Buscava uma nova chance com o filho Mark, também médico, que morava no Equador.

Durante apenas um final de semana, no meio de uma grande tempestade, Paul e Adrienne, ambos divorciados, compartilham experiências, segredos, confissões e se consolam mutuamente.E apesar do pouco tempo que ficaram juntos - afinal, Paul deveria ir para o Equador e, lá permanecer,durante um ano - sentimentos foram despertados e acompanharam a vida dos dois,por tempo indeterminado. Ambos descobriram o seu verdadeiro Eu, mudaram - para melhor- e puderam transmitir essa realidade para seus filhos. Seria um ano lento para se passar, se comunicando por cartas e pelo telefone, mas no Natal já estariam juntos e,nunca mais se separariam. Entretanto, Adrienne recebe uma carta de Mark, contando algo sobre o pai, e ao mesmo tempo, agradecendo por tudo que ela havia feito e, por ter dado a oportunidade de conhecer um pai que ele não sabia que existia.Afinal, durante sua infância e adolescência,o pai era ocupado com a medicina e não tinha tempo para a família. Inconsolada com a situação, Adrienne guarda os acontecimentos para si e só os compartilha com o pai, que mesmo debilitado, a escuta - atento-  e ao fim, diz estar orgulhoso dela.

Tempos depois, está sentada na cozinha de sua casa, compartilhando com Amanda o seu tesouro e, ao saber de toda a história, sua filha reflete sobre si mesma.

Saibam que mesmo tentando, não consegui passar os verdadeiros sentimentos do livro nesta humilde resenha. A obra é muito mais do que isto e, vocês terão que ler para saber o destino de Paul, Adrienne e Amanda.

Ao ler, imagine seus pais, tios, enfim.. os casais de meia-idade que vocês conhecem. E depois, ao vê-los novamente, tenho certeza que vocês passarão a repará-los de outra maneira.O amor, espero que saibam, não é restrito para os jovens.Este sentimento, pode vir na juventude e se perpetuar por todos os outros anos, ou como na história, vir na metade de sua vida e se tornar eterno.

Esta é uma história para se ler em uma noite - até às 2 da manhã, mais precisamente- mas para se guardar,eternamente, no coração.

Deixo agora, o trailer do filme - confesso que nunca o vi- mas, como sempre, recomendo que leiam o livro primeiro.

 

Bjks e até o próximo encontro!

8 comentários

  1. irmã...amei ahistória...qnd vc vier traz esse livro pra mim, ok??? bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar, mana! Levo sim! Tenho certeza que você irá amar! ^^

      Excluir
  2. Xandinha amei a resenha! fiquei morrendo de vontade de ler o livro .. vou correndo procurar em alguma livraria aqui pra comprar, linda a história. beeijos

    ResponderExcluir
  3. Own, obrigada Tay! E garanto que você não irá se arrepender porque o livro é perfeito!bjks!

    ResponderExcluir
  4. Xanda Querida
    Amei o seu blog e a resenha esta fantástica! Tenho um carinho todo especial por este livro, afinal eh o livro que o autor autografou.
    Bjs baby
    Marcela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ownnnnn!Muito obrigada, Ma! Fico feliz que vc tenha gostado! Tio Nicholas é meu divo! Fico muito contente por vc ter tido a oportunidade de conhecê-lo! Bjksss!

      Excluir
  5. Gostei muito do livro e do filme também... muito emocionante.
    Gosto muito de ver os filmes que são adaptados dos livros do "tio" Nicholas... mas sempre após ler o livro. Pena que não consegui ler o Diário de uma paixão... acabei vendo o filme antes, sem saber que tinha um livro sobre ele. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale, Sylvia! O Tio Nick é meu ídolo literário! Rs! Amo de paixão cada coisinha que ele escreve ^^

      "Diário de uma Paixão" é lindo demais! Chorei compulsivamente ao ler... Vou levá-lo para ele autografar na Bienal ^^

      Excluir