Entrevista Exclusiva com Sérgio Sá Leitão



Bom, hoje temos um furo de reportagem para vocês. Pensando em uma matéria elaborada que abordasse a cultura e, todo esse mundo que nos rodeia, o The Best Words Br conseguiu uma entrevista exclusiva com o querido Sérgio Sá Leitão, Diretor-Presidente da RioFilme e atual Secretário de Cultura do Rio, uma pessoa incrivelmente simpática, que tive a honra de conhecer pessoalmente, num evento de Twilight do site TwilightMomsBr, do qual fazia parte. Com sua incrível disponibilidade, Sérgio nem ousou hesitar em aceitar nosso convite e, por isso, aproveitem esse gostoso bate-papo e deixem seus comentários, pois adoramos lê-los ;)

Ps: Essa foto acima é a lembrança do dia em que pude conhecer nosso convidado e um de seus filhos, com minha querida amiga Aninha. 

****

1. Bom, nós sabemos que você é o Diretor-Presidente da  RioFilme e que fez muito para o Rio de Janeiro, trazendo premieres, gravações e promoções à Cidade Maravilhosa. Um trabalho árduo, mas gratificante. O que te fez escolher essa carreira?

R: Não posso dizer que escolhi. Nunca fiz um plano de carreira. Agarrei as oportunidades que apareceram. E que tinham a ver comigo. Claro que procurei me preparar. Fiz dezenas de cursos livres e duas pós-graduações, além da graduação. Sempre fui CDF. Já fiz muitas coisas. Comecei a trabalhar com 14 anos. E quase sempre trabalhei com assuntos de que gosto. Mas tenho uma inquietude que me leva a buscar novidades. E sempre me dedico muito, com entusiasmo, ao que faço.

2. Recentemente, você foi nomeado como Secretário de Cultura do Rio e, já estamos acompanhando os passos para a aprovação do Vale Cultura. Você poderia explanar um pouco sobre este projeto? O que você espera deste seu novo cargo? 

R: Espero realizar um trabalho à altura da importância social e econômica da cultura carioca. Do talento e da capacidade dos nossos criadores e produtores. A cultura é uma marca do Rio. Uma vocação da cidade. É preciso estimular essa vocação. Criar mais oportunidades. Democratizar o acesso. Valorizar as manifestações culturais dos cariocas. Incentivar a economia criativa. O Vale Cultura será fundamental para isso. Vai ampliar muito o acesso à cultura no Brasil e, claro, no Rio.

3. O Sérgio que conhecemos não esconde a paixão que sente pelos filhos e, eles certamente, sentem orgulho do pai que têm. Você acha que eles acabarão escolhendo as suas carreiras por conta do exemplo do pai?

R: Acho que o principal objetivo de um pai é contribuir para que seus filhos sejam pessoas saudáveis e felizes, capazes de lidar bem com os problemas e também com as maravilhas da vida. Espero que os meus se tornem pessoas independentes, senhores dos seus destinos. Tomara que se relacionem bem com os outros e contribuam para cidade, o país e o mundo. Tomara que façam opções profissionais de acordo com suas consciências e adequadas aos seus perfis.

4. Vidrado em cinema, a sua timeline do twitter é repleta de comentários sobre os mais variados filmes. Sejam  nacionais, com mais foco logicamente, estrangeiros, independentes e afins. Mas se você tivesse que escolher um estilo, qual seria o seu filme favorito?

R: Não sei se consigo mencionar apenas um filme. Ou um livro, uma música, uma peça. Há tanto para ver, ler e ouvir Tantos filmes fundamentais… Claro que Star Wars foi um marco. O filme que me atraiu definitivamente para o cinema, mostrando a potência desse meio tão poderoso. Essa incrível capacidade de transportar o público para um universo ficcional novo, diferente, para um mundo de fantasia, ou para outras realidades. Vi quando era criança e não consegui sair da sala. Foram 4 sessões seguidas.

5. Falando em paixões, o cinema tem destaque em sua vida, mas você já revelou que foi autor de alguns livros e, como nosso blog tem um foco maior para a literatura, você poderia nos contar mais um pouco sobre eles e sobre seu gosto literário? A propósito, já fez sua listinha de compras para a Bienal de 2013 do RJ?

R: Leio muito, mas menos do que eu gostaria e deveria. Procuro alternar ficção e não-ficção, assim como livros de interesse profissional e os que não tem conexão direta com o meu trabalho. É preciso se atualizar sempre. Estar em dia com o que se escreve e publica a respeito dos assuntos relativos ao campo de trabalho. Que, no meu caso, é a cultura em seu conjunto. Ou seja Um universo vasto! Mas também é necessário ler por prazer, sem um objetivo determinado. Ficção, principalmente.

6. Você demonstra, a cada dia, que está satisfeito com o que faz. Entretanto, se você não tivesse a iniciativa de escolher esta carreira, qual seria a profissão que mais lhe pareceria viável?

R: A cultura e o entretenimento tem um espaço grande na minha vida. Por isso, é natural trabalhar com esses assuntos. Já fiz muitas coisas diferentes, como disse anteriormente. Trabalhei em jornais e revistas, realizei filmes e comerciais, escrevi livros e tenho um trabalho paralelo com fotografia, que me levou a fazer algumas exposições. Fui programador e fiz jogos e aplicativos. E trabalhei no mercado financeiro. Além da gestão pública. Que venham novidades no futuro!

7. Você se descreve como uma pessoa determinada, inquieta e curiosa. Foram estes fatores que te ajudaram a conquistar o que você conseguiu? O que você diria para os aspirantes cineastas, jornalistas, escritores – como eu - e afins? Qual seria o seu conselho?

R: Sem duvida. Curiosidade, determinação e inquietude são características vitais. Outro aspecto importante é estar aberto ao novo e ao diferente. Entender que a vida é um processo, e que não há uma linha de chegada. Cada degrau que você sobe revela novos degraus. Cada andar, novos andares. E o processo importa tanto ou mais do que a realização. Também é fundamental aprender a conviver com o fracasso e a frustração. O acaso tem um papel preponderante nas nossas vidas

8. E, para terminar nossa entrevista, você poderia expressar, em apenas uma palavra, o seu amor pela nossa querida cidade?

R: Felicidade. Se há uma cidade em que realmente se pode ser feliz, é o Rio.


*****


Então é isso pessoal... Espero que vocês tenham curtido, como eu, e que continuem ligados em nosso blog!

Bjks e obrigada pela visita ;)

6 comentários

  1. adorei....esse cara é show!!! Parabéns maninha...a cada dia me dá mais orgulho...bjks

    ResponderExcluir
  2. Tbm, adorei a entrevista! Obrigada, lindona! Aprendi com a melhor - você!

    ResponderExcluir
  3. Amei a entrevista amiga!
    Se eu já o admirava antes agora então...
    E ele é fã de Star Wars também! Amei isso!
    Vou perguntar se ele elu os livros do Timothy Zahn...

    ResponderExcluir
  4. Ai, amiga! Que bom que você gostou! Ele é um querido mesmo!

    ResponderExcluir
  5. Muito legal Ale!
    Essa foto me levou de volta pro passado... rs
    Bjus
    Carla.

    ResponderExcluir
  6. Obrigada, querida! Realmente... Muitas lembranças passam por nossa cabeça, não é mesmo?

    Bjs!

    ResponderExcluir