" A Escolha" - Nicholas Sparks






Muitas vezes temos incertezas sobre nossa vida, sobre nossos interesses, sobre nossas vontades, sobre nossos sonhos e, até mesmo, sobre nosso amor. O que fazer quando seu coração quer ir por um caminho, mas sua mente tenta racionar para decidir  o que seria melhor ? Muitas coisas exigem escolhas, nem sempre fáceis, mas necessárias. Nicholas Sparks aproveitou muito bem - como sempre - esta abordagem e, deu o seu toque especial de romantismo, sagacidade e humor. Durante a narrativa - onisciente - , nos fazemos apenas uma pergunta: "Até onde devemos ir em nome do amor?".


Gaby Holland é uma assistente médica que sempre seguiu as regras, mas que sonhava com sua independência e, por isso, Beaufort, na Carolina do Norte, era sua saída perfeita. Com um emprego fixo em um hospital, uma casa que podia pagar e a chance de ficar mais perto de seu namorado, kevin, as coisas aconteceriam de acordo com seu ritmo.  Entretanto, a vizinhança era bem mais interessante do que a própria situação. Aliás, Travis Parker, um homem com espírito livre e, ao mesmo tempo, veterinário local, a irritava constantemente com sua música alta - mesmo que ela curtisse a playlist, aquilo era inaceitável.- , e, seu cachorro Moby, um boxer, havia engravidado - ela tinha certeza. - sua cadela, Molly, uma border collie. Após uma discussão - em monólogo, por parte dela. - a relação dos dois fica entre uma faca de dois gumes, pois Travis quer ser cordial, mas Gaby tenta evitá-lo. Todavia, por que não tentar começar de novo, através de um simples "oi" ?

Com sua habilidade nata, Sparks faz com o livro ganhe cada vez mais ritmo. Logo em seu Prólogo, somos apresentados ao Travis de 43 anos. Um homem que é feliz com sua família, mas que encontra um grande empecilho em seu casamento. Entretanto, no primeiro capítulo, localizado na 1º parte  do escrito, nos deparamos com o jovem Travis e com a moça Gaby e, como os dois aproveitaram a nova chance de conhecimento, carregada com seus complementos. Durante este tempo, somos apresentados aos amigos do rapaz e a sua irritante, porém amiga e inteligente, irmã, Steph. Há  uma linguagem natural e bate-papos interessantíssimos de observar, rir e se encantar. Afinal, esse é o jeito deste incrível autor. Conforme a narrativa segue, chegamos na 2º parte da obra, onde Travis tem realmente 43 anos, como no Prólogo, e , conta o desenrolar da história. É neste período que, vários pensamentos e emoções passam pela mente e pelo coração do rapaz. Uma escolha deveria ser feita, mas esta seria responsável pela mudança completa de sua vida e, de muitas outras pessoas ao seu redor. Ele sabia o que sua esposa queria desde o início, mas será que seria justo acolher seu pedido?

Este é um livro para se ter esperança, para ver como o amor pode derrubar todas as barreiras e que mesmo com um simples "oi", destinos podem se cruzar, mesmo que as vidas que os cercam sejam tão diferentes. Por que esperar que suas decisões sejam o que os outros esperam? Por que não seguir seu coração ? Por que não fazer o que você acha certo?

A Escolha nos mostra, além de tudo que já foi dito, que mesmo que um tempo seja necessário para que as coisas se ajeitem, com fé, tudo pode acontecer. Todavia, mesmo que tudo seja complicado, a vida deve continuar, aparentemente normal, para que os que estão ao seu redor se sintam fortes  para enfrentar os obstáculos.

O recorde de vendas de Sparks se deve ao fato dessa sua capacidade em dar vida às estórias que se desenrolam no mesmo cenário, Carolina do Norte. Mesmo que as coisas aconteçam nesse mesmo ponto, nenhum conto é igual, pois ele consegue atribuir características próprias para cada personagem. Cada um pode ser descrito com uma personalidade e, mesmo que conheçamos um pouco deles, as atitudes finais sempre nos surpreendem.

Esta história é realmente um presente e, por isso, aconselho que vocês façam A Escolha certa e que  comprem o livro, o mais rápido possível, pois Nicholas Sparks vem para nossa Bienal e, como não perderemos por nada, temos que ter nossos autógrafos.

Eu estarei lá e vocês??

Espero que tenham gostado do nosso bate-papo. Até a próxima ^^

Bjks da Ale!


7 comentários

  1. Adorei a história....louca pra ler...mas tenho tantos, os que vc me deixou aqui pra ler, os meus para fazer resenhas....afff....bjks

    ResponderExcluir
  2. A história é muito legal mesmo! Haha! Pois é, pegou mais 4 livros comigo! Ai, ai! Rsrs!

    ResponderExcluir
  3. e detalhe...ainda tem Bienal esse ano, o que significa mais livrinhos...kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Oi Ale! Peguei emprestado esse livro da minha tia e de início não me interessei muito, mas, agora, que li esse post, me empolguei e vou ler! :) Não sei se vc se lembra de mim, mas a gente se falou lá no Fasano... Sou a Carol, da promoção do Caldeirão do Huck, lembra de mim? Vi um post com seu relato em um fc :) Se puder/quiser, me add no face pra gente conversar, é smp muito bom falar com outras taylovers http://www.facebook.com/carolkuviatkoski :) Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee, Carol! Que bom que gostou da resenha e isto te fez mudar de opinião! Fico muito feliz por animar as pessoas com minhas opiniões! Claro que me lembro de vc! Vc viu o post no TwiMomsBr??? Gostou??? Claro que vou te adicionar no face. Bjks!

      Excluir
  5. Estou lendo esse livro no momento... adoro os livros do Nicholas Sparks. Gostei muito da sua resenha e doida para terminar a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Sylvia! Ai, que bom que você gostou! Tenho certeza de que você vai amar!

      Excluir