Uma Londres no Brasil...

Quem nunca sonhou em conhecer Londres? Quem nunca quis colocar o pé na terra da rainha? Quem nunca quis tomar um chá em frente ao Big Ben ? Quem nunca quis escutar o sotaque britânico ao pé do ouvido?
Bom, eu sempre tive essa vontade, mas ao que parece, terei que esperar mais algum tempo para todas essas realizações. Entretanto, por que não antecipar um pouquinho o ar londrino sem sair do nosso país?

Vocês devem estar se perguntando onde é esse lugar, ou até mesmo, se ele existe. Logo, posso afirmar que ele é real e que é super fácil de encontrar. Esse município, com cara de exterior, fica no norte do estado do Paraná e se chama Londrina. Era de se imaginar, não é mesmo?

Então, sem enrolar mais, vamos começar com o nosso Tour?

***
Desde que me entendo por gente, viajo para esse estado. Afinal, preciso dar um alô para a minha família que está por lá.

Mesmo tendo quase 16 anos que passeio pelas ruas de Londrina, nunca havia passado muito tempo no centro da cidade, pois eu era pequena e não via algo que me prendesse por lá. Todavia, a partir do momento em que coloquei os pés naquela parte, pelo o que parecia a 1º vez, me encantei profundamente.

Tudo ao nosso redor parece fora do contexto nacional, pois você se depara com aqueles detalhes britânicos que você sempre sonhou. Os telefones, a guarda, os jardins, os táxis, os postes de iluminação, tudo mesmo é extremamente fascinante. E como sou curiosa - vocês já puderam notar - resolvi procurar um pouco sobre a história da cidade.

" O inglês Simon Joseph Fraser, mais conhecido como lord Lovat, veio ao Brasil em 1924 e visitou o norte do Paraná. Verificou, então, que não havia exagero no que ouvira falar sobre essa região. Em 1925, com outros companheiros, criou a Companhia de Terras Norte do Paraná, diretamente do governo paranaense. Essa companhia iniciou seu trabalho de colonização sob a orientação de ingleses. Estes ingleses, ao observar a névoa característica da mata da região, viram semelhanças com a neblina da cidade de Londres, e a fim de homenagear suas origens denominaram a comarca de "Londrina", que significa 'originária de Londres'.

A Companhia de Terras Norte do Paraná foi um tipo de loteadora que, após comprar terras, derrubou parte da floresta, abriu estradas e organizou a divisão desse espaço em lotes urbanos e rurais, que foram vendidos.

Em muito pouco tempo, nas décadas de 50 e 60, Londrina obteve um desenvolvimento econômico impressionante, sobretudo pelo plantio de café. No ano de 1961 estimasse que a região foi responsável por cerca de 51% do café produzido no mundo, sendo então chamada de 'Capital Mundial do Café'. Os fazendeiros, proprietários de grandes extensões de terra, construíram casarões e ficaram conhecidos como os 'Barões do Café', e os grãos do café eras conhecidos como 'Ouro Verde'.

Em 1975, houve a ocorrência de uma grande geada, chamada de 'Geada Negra', que atingiu todo o norte do Paraná, arruinando as plantações de café. Alguns iniciaram novamente o trabalho com café, enquanto outros investiram em outros negócios. Como após o plantio das mudas de café é necessário esperar cerca de 2 anos para iniciar as primeiras colheitas, Londrina perdeu o posto de grande produtor de café, mas já tinha desenvolvido um crescimento urbano razoável com indústrias, universidades e prestação de serviços. Londrina exercia na década de 1970 influência sobre todo o norte do paraná, hoje esse posto é dividido com sua vizinha Maringá que está muito próxima de atingir o seu mesmo porte. "






(Praça do Centro da cidade)


( A Guarda fazendo sua ronda diária)





(Dando uma de turista)





( "Coisas" Londrinas)


  Ao andar por Londrina, você sente aquele clima gostoso. Nada melhor do que se sentar na varanda durante a noite e, se deparar com o "friozinho" típico que te convida para ler e tomar uma boa xícara de café. Aliás, durante minha viagem no final deste ano, muitos dos livros que li e resenhei para vocês vieram deste lugar. 
Às vezes eu me sentia estranha, porque ao falar, com meu sotaque carioca, todo mundo ao meu redor me olhava, pois o sotaque de lá puxa o "s" e nós puxamos o "r". Entretanto, a hospitalidade dos habitantes é genial.

Quando visitamos lugares assim, ideias, pensamentos, sonhos e desejos se renovam, mas a saudade da sua casa também se fortalece. E comigo não foi diferente. Quando entrei no avião de volta para a "minha terra", uma música veio diretamente em minha cabeça:

"O Rio de Janeiro
Continua lindo
O Rio de Janeiro
Continua sendo
O Rio de Janeiro
Fevereiro e março
....
Meu caminho pelo mundo
Eu mesmo traço
....
Todo o povo brasileiro
Aquele Abraço! "


Esses trechinhos me lembraram que mesmo gostando de uns costumes estrangeiros, valorizando o desconhecido, a nossa cidade, o nosso estado, ou melhor, o nosso país tem muito o que oferecer e, cabe a cada um nós, trabalhar para que ele se torne cada vez melhor para nós e para as futuras gerações.

Nesse meu 1º passeio de avião , tive a sensação, sob as nuvens fofas de "algodão doce", que podia voar, que podia sonhar e que podia, enfim, mudar. Mas isso não é exclusivo para mim, mas para todo o povo brasileiro que sonha com um futuro melhor. Devemos valorizar nossa nacionalidade para que possamos sentir orgulho do nosso Brasil.

Espero que vocês tenham gostado da nossa matéria sobre essa viagem que tive a honra de poder fazer.

Fiquem ligados conosco e deixem seus comentários. Aliás, vocês já viajaram para algum lugar que  lhe deram inspiração ou esperança?




Xau, xau, Londrina.
...
E "Alô Rio de Janeiro
Aquele Abraço! "




Bjks da Ale!

5 comentários

  1. Amo meu Rio de Janeiro, cidade igual não há....mas tenho que tirar o chapeu para essa cidade linda que me acolheu....acho que só sairia daqui por causa da saudade enorme que sinto da minha família e dos meus amigos....Maninha, te amo e espero vc aqui em Maio novamente, ok?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto sua falta tbm! Claro!Nos vemos em breve! Vou levar a alegria do RJ pra vc! Rs!Te amooooo!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Filha vc me mata de ORGULHO!!!!!Que DEUS TE ABENÇOE!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada, mamis linda! O apoio de vcs é fundamental! Tenho forças para continuar e um porto seguro para me firmar! Te amooo!

    ResponderExcluir