" A BRUXA TEREZA" - André Vianco


                                         1° Capa                                              Capa Atual
                                                    

Olá, amiguinhos - ficou meio Xuxa, mas tá valendo...rs.
No meu último post, começamos a falar sobre a saga "O Vampiro-Rei" , onde o primeiro livro é intitulado "Bento" - Quer ver a resenha??? clique aqui.

Hoje daremos sequência, falando sobre o livro 2, intitulado "A Bruxa Tereza". Como se trata de uma saga, se você ainda não leu o 1º livro, não leia esta resenha, pois ela conterá alguns spoilers do 1º.

Anteriormente, a Novo Século havia publicado "Bento" separado dos volumes de Vampiro-Rei, o que muitas das vezes, causava uma certa confusão nos leitores que começavam a ler Vampiro-Rei: volume 1, sem ter lido Bento, pois eles ficavam boiando, literalmente. Por esse motivo, o André juntamente com a editora, resolveram formar uma saga, para assim ficar mais claro e, novos leitores não caírem no mesmo erro. Dito isto, vamos aos trabalhos.

Como pudemos observar em Bento, a profecia foi cumprida. Lucas conseguiu unir os 30 bentos - mesmo que alguns deles estivessem como espectros - e assim, os 4 milagres aconteceram: 1º - O projeto Tupã funcionava e ajudava a projeção da luz do sol, até mesmo durante a noite, extinguindo os vampiros que tentavam invadir as fortificações. 2º -  As ondas de rádio funcionavam normalmente, possibilitando a comunicação entre cada  fortificação . 3º - Todo adormecido que despertava já se tornava Bento - e não como um Bento qualquer, e sim como o 30º- , aumentado assim, o número de guerreiros dispostos a acabar com essa raça podre. E o 4º - que na minha opinião é o mais bonitinho.... - as mulheres poderiam engravidar novamente.

Em a Bruxa Tereza, nossos guerreiros continuam com a incrível missão de acabar com os chupadores de sangue, porém agora, mais municiados para essa batalha. Assim como os humanos, os vampiros também estavam mais organizados e, a cada capítulo, podemos verificar que surgem inúmeros planos mirabolantes para invadir as fortificações e chegarem, ao tão sonhado, Rio de Sangue.

Um dos personagens, que nem apareceu muito no primeiro livro, mas que se faz de suma importância para este, é o Lacaio Lúcio. Como vimos em Bento, Cantarzo bebeu o sangue do velho Bispo, fazendo com que este entrasse em um transe diferente: nem de dia e nem de noite ele despertava, mas antes de ter o piripaque, ele ordenou a Lúcio que o levasse até a bruxa, que ficava em um local onde a Serpente engolia a tartaruga (oi?). Lúcio passa a maior parte do tempo carregando Cantarzo dentro de um caixão até que encontra Benito, um ermitão que resolve ajudar  Lúcio, em troca de conseguir a vida eterna.

Anaquias continua ouvindo a voz do Vampiro-Rei. Com seu exército de vampiros - ou o que restou dele, depois de Tupã - , tenta ferozmente acabar com a raça dos Bentos e proclamar o Vampiro-Rei, como único Senhor da Terra. Com isso, organizam um grande ataque a todas as fortificações, deixando os Bentos atônitos. Esse ataque aconteceu justamente quando todos estavam felizes por terem derrotado uma grande leva de vampiros e comemoravam o carnaval - com a nova escola de samba criada por eles, Unidos do forte. No meio da diversão, os vampiros começam o seu ataque sanguinário a São Vitor. Entretanto, algo inusitado acontece. As gravidinhas começam a ter umas sensações, como se fossem premunições, e, com isso, recebem um tipo de proteção, que as avisam sobre os perigos, fazendo com que  protejam-se.

Lucas finalmente descobre o seu passado e, com isso, descobre o porquê de seu pânico em navegar. O mais bonitinho são as crianças Bentas, que mesmo com a pouca idade, são grandes guerreiros e ajudam bastante nas batalhas. Lucas finalmente conquista uma parte da grande São Paulo, começando assim, a retomar o território humano. Finalmente,  Lúcio chega até a bruxa Tereza, fazendo com que seu senhor volte a vida, porém agora, como o Vampiro-Rei.

Gostei muito da continuação de Bento. Ouvi e li muitas críticas negativas ao livro, porém achei que André Vianco se fez fiel ao enredo que foi proposto. Estou louca para ler a continuação, Cantarzo, para ver, se finalmente, os Bentos atingiram todos os seus objetivos.
Vou começar a ler agora mesmo. Assim que terminar, venho aqui para contar a vocês...

Espero não demorar muito, mas sabem como é, né? Cuidar de casa, marido e trabalhar fora toma um certo tempo, mas não posso abandonar jamais o meu vício favorito - A BOA LEITURA!!!

Bjks da Flay!



2 comentários

  1. Oie, maninha! Adorei sua resenha! Está, realmente, muito legal! Estou ansiosa pela próxima resenha! Bjks e parabéns ;)

    ResponderExcluir
  2. Que bom minha editora preferida....já pude perceber que vc passou aqui fazendo alguns ajustes...rs....bjks

    ResponderExcluir