O Último Adeus...


Há muito tempo tento soltar algumas palavras presas na minha garganta. Tento tomar coragem e ser alguém um pouco mais forte durante míseros segundos. Contudo, parece que minha mente bloqueia por completo meu aparelho fonador e nada sai das minhas cordas vocais. A única coisa com que posso contar nessas horas são com os soluços presos e com a lágrima que ameaça escapar. 

Por que é tão difícil te dizer logo um "adeus"??? Por que eu não tomo partido e falo logo??? Por que eu não deixo que meu futuro siga sem alterações extraordinárias do passado?? Ah.... É porque você não faz a mínima questão destas coisas.

Minha cabeça vive num intenso combate. O lado racional fala, fala, fala. Aliás, ele fala demais. Entretanto, meu coração bate mais forte, me faz aumentar a frequência respiratória e acabo assistindo filmes que me lembram de você.

A nossa realidade é totalmente diferente agora. Cada um tomou um rumo e eu imagino qual deve ter sido o seu. Eu continuo aqui, mas minha cabeça voa para muito longe. Será que você também é capaz de atravessar pontes ou  pedágios para pensar em mim??

As mudanças são inevitáveis nesta vida. Passamos por completas transformações, mas quem disse que esse sentimento precisava mudar??? Mas ele mudou. E mudou bastante. Agora eu não consigo nem mais definir o que ele é ou o que foi algum dia. Afinal, nunca estivemos no parâmetro normal para comparações.

Eu vi você me dar as costas. Eu vi você desprezar algo que podia ser concreto. Por fim, eu vi que você não era pra mim. Demorou pra entender, mas este dia bateu na minha porta de supetão. Nosso último adeus está enfim chegando.

Não vou procurar um canto, no meio de lugares cheios, para escutar as nossas músicas. Não vou me renunciar por você. Não vou lembrar do seu perfume ou do seu sorriso.  Não vou esperar que você apareça mais porque você não vai aparecer. E você sabe como superei isso? Aprendi com meu querido Shakespeare que "não posso escolher o que sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito". E eu já escolhi. Minha escrita é o meu escape. Ela alivia minha tensão e aquele nó na garganta quase desaparece.

 Pelo menos toda essa confusão me proporcionou algo maior. Agora sou capaz de ser forte. Agora meu corpo está anestesiado. Agora eu posso lhe falar a única palavra que me travou durante todo esse tempo e que fecha o contexto de nossa história. Agora você pode ouvir o meu adeus que antes era inaudível. Mas será que você está pronto pra escutar?

****

Oie, pessoal!

Passei rapidinho aqui para deixar este novo Papo Literário, pois este desabafo precisava aparecer no blog! Rs!

Espero os comentários ;)

Bjks da Ale!

Minha humilde opinião!!!!

Olá, amores e amoras do meu Brasil...

Finalmente terminei de ler os livros que a minha querida irmã, quanta rasgação de seda, me emprestou. Como ainda vai demorar para eu fazer uma resenha, resolvi dar minha opinião sobre cada um deles. Bora ver!!!!!

Noites de Tormenta


Adorei o livro. Aliás, não há como não se apaixonar, chorar e vibrar com os romances escritos por um dos meus autores prediletos – o querido Nicholas Sparks.

 Um romance que toda mulher de meia idade deseja ter - essa é a melhor definição que eu poderia dar sobre o casal central da obra. Confesso que preferi muito mais o livro do que o filme, mas, pelo menos, na adaptação cinematográfica podemos ver o belíssimo Richard  Gere - o que mexe ainda mais com a nossa fantasia sobre um caso de amor perfeito.

Não farei resenha, pois já foi brilhantemente feita pela minha irmã, nossa, como eu sou puxa saco mesmo...rs .Se você perdeu, clique aqui!!!

Minha nota para esse livro seria 08 e explico o por quê. Quem já leu outros livros do Nicholas, com certeza pode dizer que 'Noites de Tormenta" é o mais morninho. Contudo, a estória ainda consegue  nos enlouquecer.




Se você me visse agora


Quem nunca teve aquele amigo imaginário na infância?? Essa é a grande temática desse incrível enredo. Confesso que ao começar a leitura, não achei muito graça, mas ao virar de cada página, Ivan, o personagem principal dessa linda estória,  me encantava cada vez mais .
Quantas vezes me peguei falando: ahhh, Ivan, não desiste....

Enfim, esta é uma leitura muito agradável e que nos remete um pouco às doces fantasias dos nossos tempos de criança.

Se você quiser ter um gostinho maior sobre essa estória, clique aqui e veja a resenha!!!


Minha nota para esse livro seria 08 também. Não dei 10, pois não concordei muito com o final, sem contar que ao debater sobre o livro com a minha irmã, eu tive uma noção diferente do final em relação à dela, e, com isso, fiquei muito na dúvida sobre o que de fato aconteceu. Espero que ao terminar de ler esse livro, vocês possam deixar um comentário aqui, dando a opinião de vocês sobre o fim da estória.


Questões do Coração


O que falar desse livro??? Simplesmente A-D-O-R-E-I...

Me digam, como não se apaixonar pelo belíssimo Dr. Nick Russo??? Apesar das coisinhas erradas que ele fez, mas enfim, não vou revelar...rs,    este médico nos arrebata no desenrolar dos fatos.

Acho que "Questões do Coração" é um livro que nos faz refletir sobre o verdadeiro sentido da palavra amor. Será que sempre que falamos "eu te amo" para uma pessoa, realmente, lá no fundo, é amor? Não seria um carinho diferente ou apenas uma gratidão?? Acredito que muitos casais já passaram pela tão famosa rotina. Nesta hora, nos perguntamos o que fazer para que o casamento não seja dissipado pelo monstro da infidelidade.

 Enfim, como não curto Spoilers , não vou ficar contando o enredo, mas recomendo que leiam essa linda obra.

Só mais uma coisinha: Tess, você teve muita coragem, pois  não sei se teria a mesma atitude no seu lugar...rs

Quer saber mais um pouquinho da estória, clique aqui!!!

Minha nota: 10. Maravilhoso!



A Escolha


Como sempre, Nicholas me faz chorar....snif!!! O que falar desse livro??? Simplesmente perfeito...

Trata-se de uma estória de amor linda (lindaaaaa) que com certeza nos faz desejá-la. Travis é um homem perfeito -  para mim ainda mais, pois ele é veterinário....

A pergunta "Até onde devemos ir em nome do amor??"  é o enfoque do tema.  Esse questionamento sempre é feito ao longo de nossas vidas, mas a decisão tomada por Travis, em minha humilde opinião, é a melhor de todas....confesso que torci muito por isso.


Um pequeno Spoiler, se me permitem: ainda bem que dessa vez o titio Nicholas, que é um serial killer....rs , não matou ninguém...

Esse livro também já tem resenha aqui no blog. Clique aqui para ver!!!

Minha nota ??? Óbvio que seria 100000000000000000000....simplesmente perfeito. Aliás, vemos a família que toda garota, desde o tempo da brincadeira de casinha, sonha em ter.



Bom...Espero que tenham gostado dessa minha humilde opinião! Continuem nos acompanhando...

Ahhh...o blog vai fazer 1 ano...aheeeeeeeeeeeeeee..


Como a Xanda postou anteriormente, tá rolando uma promoção para comemorar esse 1 aninho que estamos juntos. Clique aqui e veja como faz participar!Não perca essa chance....

Bjks!!!


Flay

O Inconsciente de Freud...


Os sonhos são tão intensos e surpreendentes que me fazem refletir sobre eles quando acordo. É verdade que nem sempre me recordo de um e que "copio e colo" aquilo que me parece conveniente de outro. Aliás, essas imagens soltas nos propiciam assistir filmes particulares de nossa própria imaginação!

Um dia desses recorri à Freud! Afinal, quem seria mais conveniente para me fazer entender a mente humana do que o pai da psicanálise ?? Com ele, descobri que toda essa montanha russa de sonhos é propiciada por sentimentos reprimidos. Enquanto estou de pé, todo o meu consciente trabalha para que eu viva naturalmente, pensando somente em coisas que me façam bem. Contudo, o meu inconsciente é um ótimo estraga prazer e sempre trama para que minha noite seja conturbada de coisas que almejo esquecer.

Sonho com seus olhos verdes e com seu cabelo loiro; sinto seu perfume; lembro do seu abraço; recordo da sua risada; e vejo um sorriso de satisfação no meu rosto. Nós andamos pelas ruas de mãos dadas; você se preocupa comigo; me liga para saber como foi meu dia; amarra a cara quando percebe o olhar de outro cara sobre mim ; e, por fim, não quer estar em outro lugar a não ser ao meu lado.

É... isso tudo é ilusão. Apenas sonhos que ficam guardados na minha vida. Somente fatos idealizados. E como diz Freud, você é apenas um fato reprimido.

Aprendi que lembranças são como borrões de café: são filtradas, se apagam e somem com o tempo!
Sei que muitas outras coisas irão surgir e que estas não serão reprimidas como você foi. 

As rosas que você não me deu serão dadas por outra pessoa e não em sonho. O meu consciente subordinará o meu inconsciente. Eu serei mais forte. Eu vencerei esta luta interna. Aliás, sempre me disseram que sou uma garota forte numa pele de boneca de porcelana. E você será apenas o coadjuvante dos meus mais remotos sonhos...


****
Oie, pessoal!

Bom, resolvi escrever este post, pois estive muitooo interessada em dois livros da autora Laura Conrado, que tem como base principal o lema: " Freud, me tira dessa" . Assim, pensei neste pequeno texto para que vocês ficassem com um gostinho de quero mais para ler este série.

Espero que tenham curtido.

Para saber mais sobre este tema, clique aqui.

Bjks da Ale!

PROMOÇÃO: DO 1 ATÉ "DEPOIS DOS QUINZE" !!!


Olá, queridos leitores!

Uma data muito especial se aproxima. Um dia que marcou a minha vida online. Um fato que abriu diversas portas e me deu oportunidades.

No dia 05/07/2012 , resolvi reativar a minha conta do blogger para começar a postar minhas loucuras para algumas pessoas - basicamente para os meus amigos. Entretanto, ao colocar minhas primeiras palavras neste espaço, uma necessidade de continuar e de divulgar este pequeno trabalho começou a me tomar por inteira.

Todo o processo foi feito de maneira conservadora, lenta. Consegui o imenso apoio da minha querida irmã, que enriquece a página com sua linda desenvoltura literária;  contei com os incontáveis telefonemas para minha querida Beta e amiga, Carol Passos; obtive a grandiosa ajuda de uma amiga que, além de me ouvir, foi a criadora do designer do blog, Fernanda Gonçalves; perturbei minha família e amigos para que todo mundo opinasse sobre minhas ideias; fui conquistando parcerias incríveis com outros sites e blogs e, por fim, o grande reconhecimento por parte da minha 1º editora parceira, Gutenberg, que sem hesitar, apostou no meu trabalho.

Aos poucos fui percebendo a dimensão que isto estava tomando. Assim, a atividade, que até então já me fazia feliz, começou a exercer um poder maior sobre todos os meus sentimentos. Cada visualização, cada comentário e cada curtida significam muito para mim. Por isso, venho agradecer a cada um que me auxiliou, de sua maneira, nesta missão literária. 

Vocês devem estar se perguntando o motivo pelo qual estou postando esta mensagem com tanta antecedência... Bom, nada é feito por acaso...

Para comemorarmos este dia importante, pelo menos para mim, do calendário, a nossa editora parceira  nos presenteou com um 1 exemplar de "Depois dos Quinze" da querida Bruna Vieira para uma bela promoção (Tá! Podem surtar....)

Pensando numa maneira justa para que a pessoa ganhasse o prêmio por mérito, resolvemos fazer uma espécie de concurso cultural:

Como temos apenas 1 aninho de estrada, elaboramos um método que favorecerá o blog e aos leitores. Para levar esta grande obra, basta nos falar qual é o seu Papo Literário preferido (confira suas opções aqui), mostrando-nos o motivo e a sua opinião através de contos, reflexões e o que a sua imaginação mandar. A resposta mais criativa será a vencedora.

Enviem suas pequenas histórias até o dia 01/07 para  thebestwordsbr@hotmail.com e boa sorte!

Ps: Mandem quantos textos quiserem :D
O resultado sairá no dia 05/07. (Conveniente, não???)

Espero, com muita ansiedade, ler cada um dos emails.

 Bjks e obrigada pela visita ;)