A Bandeira da Educação!



Bom, hoje venho humildemente homenagear as pessoas mais importantes para a educação do nosso país. Aliás, se um dia uma dessas pessoas não me ensinasse a escrever, não estaria aqui compartilhando a minha gratidão com vocês. 

No dia 15 de outubro, comemoramos o dia dos professores, os educadores do mundo inteiro. Aqueles que doam muito de si para que a humanidade possa ser um pouco melhor. Aqueles que além de passarem o conteúdo pedagógico, ensinam sobre a vida. Aqueles tios do primário, aqueles ídolos do ensino médio ou aqueles mestres da faculdade.

Sinceramente, eu não sei se consigo me expressar plenamente nesse post, pois fico com medo de esquecer algo ou de não fazer jus àquela pessoa que tanto admiro. Contudo, vamos tentar.....
                                      
                                                                                                                ***

  Sempre fui muito questionadora. Desde pequena sou a  dona da pergunta "mas por quê?" e sempre "sugo" ao máximo as explicações dos meus professores. Sou ávida por novas lições e "babo" por aqueles que dominam a matéria.
Fico admirada com a paciência e com a persistência deles. A dedicação é notável. Em nenhum momento se recusam a responder suas perguntas, mesmo que elas sejam as mais idiotas possíveis. Pelo contrário, eles sempre dizem que não existe pergunta idiota.

Durante minha vida,  já convivi com diversos professores diferentes. Minha tias do jardim me ensinaram a ler, a escrever, a calcular e a questionar. Sempre me incentivaram e me deram a base necessária para avançar o meu caminho. Meus professores do ginásio e do ensino médio já me acolheram numa idade em que eu já possuía ideias formadas e argumentos na ponta da língua. Eles estão me ensinando a construir a estradinha para o meu futuro. Com muito cuidado e atenção, meu caminho está solidificando com o auxílio deles.

Tenho um imenso carinho por meus educadores. Quase todos se tornaram meus amigos e, por isso, conversamos sobre tudo. 
 
Se você prestou atenção durante nossa conversa, vai perceber que nenhuma insatisfação se tornou presente no texto. E sabe por quê? Simples. Todos os professores, de sua maneira, se propõem a dar o seu melhor e, por isso, muitos profissionais de outras áreas são formados. Não existiria um médico, um engenheiro, um arquiteto, um político (? - acho que isso não conta tanto nesse caso ) e afins se um professor não o ensinasse o necessário. Portanto, manifestarei minha insatisfação nesse exato momento. Não se trata de uma insatisfação pessoal, mas sim geral. Por que esses professores estão sendo tão mal vistos nessas manifestações que estão acontecendo? É direito deles exigirem melhores condições de trabalho. Por que ninguém se preocupa com os diversos auxílios que nossos "queridos políticos" ganham, mas se incomodam com o "Pouco" que a classe que move a nação pede? Eles nos ensinam a pensar (talvez seja esse o problema) e estão mostrando realmente o motivo pelo qual devemos lutar. 

Muitas matérias na grade escolar, como Filosofia e Sociologia, estão voltadas para a reflexão social. É verdade que esses conteúdos foram deixados de lado durante certo tempo, mas ainda bem que eles estão voltando para alimentar nosso raciocínio (fui motivada por isso).

Querido educador, estou levantando minha bandeira como "presente" no seu dia. Quero lhe desejar todo o sucesso e todo o reconhecimento que você merece. Obrigada por formar uma Alexandra que procura se desvincular da massa homogênea que a elite deseja formar.  Obrigada por lutar pelo futuro do país. Obrigada por você existir.

Parabéns !!!!


Nenhum comentário

Postar um comentário