Minha Retrospectiva de 2014!


Olááááá, meus amores!

Chegamos ao último dia do ano! Nossaaaa! Nem acredito que o tempo passou tão rápido! 
Hoje, sinto aquela sensação de dever cumprido, pois passei por diversas coisas com o blog em 2014! Então, como fizemos em 2013, vamos relembrar tudo de importante com uma retrospectiva?

***
#1- O blog entrou para a família Novo Conceito!



E, depois de tanta luta e garra, nós conseguimos a parceria com uma editora querida demais!!! A Novo Conceito nos recebeu antes do nosso aniversário de dois anos, e esse foi o nosso maior presente!!! Com envios dos lançamentos mensais, o Tbw Br resenhou muitos livros para vocês e, com isso, nosso público aumentou consideravelmente.
Nesse tempo, nós também participamos da Bienal de São Paulo!! A Carol Pass, amiga e autora, nos representou no evento e minha entrevista com meu querido pai - falando sobre o sucesso do Maurício Gomyde - foi parar na Tv Novo Conceito! \o/
Obrigada pela confiança e por todo o apoio, NC! Esperamos contribuir muito mais para essa editora em 2015!


#2- Tietei de novo a linda Kiera Cass!


Pois é... Nossa diva, Kiera Cass, voltou ao Brasil para fazer a alegria dos fãs e, por isso, eu não poderia perder mais essa oportunidade de encontrar a minha segunda autora favorita.

Nesse dia, eu surtei demais, pois, além de encontrar de novo com essa mulher incrível, seu querido marido, Callaway Cass , fez a festa de um grupinho de fãs que estava por perto... E eu estava lá!! O Call sentou no chão, conversou com a gente, tirou selfie com o grupo e foi muitoooo solícito. 
Kiera e Callaway são dois fofos, e eu fiquei muito feliz por ter encontrado e falado com eles! 


#3 - Conheci Kellan Lutz!


Não é segredo para ninguém que eu sou fã de carteirinha da Saga Crepúsculo, né?
Bom, e vocês também já sabem que eu conheci o ator Taylor Lautner num dia de blogueira/fã. Então, como sou apaixonada por todo o elenco, não poderia deixar de ir ao hotel em que Kellan Lutz, o adorável Emmett, se hospedou no período da Copa! E não é que eu consegui tirar foto com o meu ídolo?
Kellan é um amor de pessoa e muito atencioso com os fãs! Ele nos deu toda atenção e esperou pacientemente meu celular tirar nossa foto, hehehe! Foi um dia maravilhosooooo!

#4- Encontrei autores nacionais que eu amo!





Todo mundo sabe que eu surtei quando li Sombra de um Anjo, da linda Ana Beatriz Brandão, e  A Máquina de Contar Histórias, do querido Maurício Gomyde. Esses dois livros me cativaram de uma forma impressionante. Sendo assim, senti a necessidade de falar e entrevistar esses autores lindos. Conclusão: Fiz isso para o blog, mas acabei ganhando algo muito maior do que meras palavras! Ganhei a amizade desses talentosos escritores!! Além disso, ambos me incentivam demais na escrita, e sou muito grata por isso!
Além da Bia e do Maurício, conheci outros autores incríveis também ( não coloquei todo mundo aqui para o post não ficar enoooorme).... 2014 foi um ano e tanto para o meu caminho na Literatura.


#5- Me formei na High School!


Depois de passar o sufoco do vestibular, CONSEGUI terminar o Ensino Médio. Ufaaa! Nem acredito nisso ainda, haha... Após três anos enterrada nos livros didáticos, aquele peso sumiu das minhas costas... Agora, basta torcer para entrar na Faculdade. Aliás, os parentes já estão perguntando, como é clássico nas famílias gerais, nesses dias de festas de fim de ano: " E os namoradinhos?" e " E a faculdade? Quando começa?", além da clássica piada do " é pavê ou pacumê?" ... hahaha


#6 - Li livros incríveis!!!


Eu bati meu record de leitura em 2014! Li 28 completos ( Nem todos estão na foto, pois peguei uns emprestados e emprestei outros)!!! Li dois de forma incompleta, pois queria saber os respectivos finais e, por esse motivo, não os coloquei na conta dos vinte e oito e estou lendo o 29°.. Será que consigo terminar até meia-noite?

Nesse ano, me apaixonei pela história de Travis e Abby em Belo Desastre; suspirei ainda mais pelo caçula Maddox em sua narrativa de Desastre Iminente; chorei com o laço do amor da Beija-Flor, Abby, e do durão, Travis, em Belo Casamento;  escolhi meu irmão Maddox predileto em Bela Distração... Fazer o quê? Trent me conquistou!; deixei meu preconceito de lado e fiquei completamente encantada com Christian Grey em Cinquenta Tons de Cinza; me emocionei com a mudança desse CEO em Cinquenta Tons mais Escuros; implorei para encontrar um cara como o Christian em Cinquenta Tons de Liberdade; fiquei com o coração na mão com o enredo de Ian e Shophia de Perdida; dei uma olhada no romance dos dois em Encontrada, já que não consegui esperar mais... Só que eu tenho que retomar essa leitura para apreciar tudo com mais atenção; surtei com o desfecho da polêmica relação virtual dos personagens mais teimosos do mundo em Emmi&Leo; vi as versões de Aspen e Maxon sobre os acontecimentos dentro do castelo nos Contos de A Seleção; meu forninho foi derrubado com o final da história de America em A Escolha; reli e chorei de novo com A Elite; refleti muito com o amor da família V em A Máquina de Contar Histórias; torci incansavelmente pelo casal de Esc@ndalo; Hiperventilei com o tórrido amor de Perdendo-me; senti vontade de lutar ao lado dos personagens da distopia Desafio; vi minha adolescência em A namorada do meu amigo; fiquei apreensiva com o dilema de Mia em Se eu ficar; fiquei com "um olho nas minhas lágrimas" com a resolução dos problemas de Mia e Adam em Para onde ela foi; fui surpreendida INÚMERAS vezes com Sombra de um Anjo; me diverti muito com as doideiras de Evie em Aconteceu em Veneza; sorri e ri demais com O Homem Perfeito; me identifiquei como nunca em Apenas um Dia; babei por Hudson Pierce em Por você; fiquei mais interessada por ficção científica em Eve&Adam; encarei o espírito do Natal em Uma chance para Recomeçar; consegui enxergar a aura dos personagens de Simplesmente Ana e os vi amadurecer em De repente, Ana; estou ansiosa para terminar de ler Simplesmente Acontece, pois torço muito por Rosie e Alex; e deixei para terminar Convergente depois, já que sei o maior spoiler do livro....

Enfim, viajei demais nas páginas dessas obras e, por esse motivo, esse também foi meu ano mais produtivo na escrita... Escrevi muitas crônicas, me arrisquei em alguns poemas e avancei no meu próprio livro.

#7- Nós completamos 2 anos!!!


Galerinha, nem acredito que já temos dois anos de casa! Dois anos em que parcerias maravilhosas foram firmadas; entrevistas, resenhas e textos aleatórios foram postados.
Queridos amigos e leitores, só tenho a agradecer pelo acesso, pelos comentários e por não nos abandonarem!
Prometo fazer de tudo para que 2015 seja ainda mais dinâmico e recheado de matérias novas!

Assim, aproveito esse momento para desejar um ótimo ano novo para todo mundo! Espero que vocês tenham muitas felicidades, muito amor, muita paz e imensas realizações nessa próxima etapa de suas vidas.
Lutem por seus sonhos e vivam, vivam intensamente....
Contamos sempre com a presença de vocês aqui, hein?

Beeeeijos da Alê para a família Tbw Br ;D 

"Simplesmente Ana" - Marina Carvalho


Oiiie, gente!

Curte contos de fadas contemporâneos? Já leu Meg Cabot? Ama um livro nacional? Então, essa obra da querida Marina Carvalho é uma ótima pedida para você. Vamos resenhar?

***

Simplesmente Ana nos conta a história de Ana, uma mulher moderna de Minas Gerais que tem uma vida muito normal... Sendo filha de uma mãe atenciosa, ela não sente mais falta de seu pai - desconhecido até então-. Nem em seus sonhos mais profundos, ou naquele sonho recorrente que ela costuma ter, Ana pensava em conhecer seu pai... Só que o destino, às vezes, nos traz surpresas... E, com a nossa protagonista, essa regra não poderia ser diferente.... Em um dia, Ana recebe a seguinte mensagem, por FACEBOOK, de um cara: desculpe, mas acho que sou seu pai. Nada poderia ser mais estranho, mas, ao ver melhor, nota que ele tem as mesmas feições que ela.... Ui.. Que estranho... Um tal de Andrej Markov poderia ser seu pai desaparecido... Ah, mas isso não é tudo! Ao jogar o nome do tal homem no google, Ana descobre que o cara é um REI! Isso mesmo... Ele é o monarca de um país europeu, chamado Krósvia. E ela, consequentemente, é uma PRINCESA! Puttz... É muito  para aguentar... Ainda mais considerando o fato de ela ter uma rotina pacata e sem maiores novidades... Ana é estudante de Direito, amada pela família materna, por sua amiga Estela e por seu "quase namorado", Artur. 

Nossa mocinha entra em choque com a notícia, mas acaba encontrando com Andrej. Para sua surpresa, ela se encanta com o homem doce e gentil que vê. Ao descobrir que ele não abandonou sua mãe grávida, Ana se apaixona ainda mais por seu pai afastado e, assim, eles desenvolvem uma relação de pai e filha como se o tempo não os tivesse privado desse privilégio. E é, nesse momento, que ela recebe o convite mais empolgante e, ao mesmo tempo, mais assustador de todos os tempos: Ana é convidada a visitar Krósvia e passar um período com sua família paterna, a fim de recuperar o que eles perderam. Apesar de seu medo, Ana aceita e vai para as terras de seu pai.

Lá, ela conhece um outro mundo e fica deslumbrada. Sua família é incrível e ela é recebida de braços abertos por todos... Ou quase todos... Afinal, o enteado - gato, maravilhoso, sexy e para lá de bom, chamado Alexander, - de seu pai não foi muito com a cara dela no início... Eu disse no início....

A trama gira em torno da adaptação de nossa protagonista nesse novo meio e nas coisas pelas quais ela precisa aguentar sendo a princesa desse país. Alguns problemas, um amor e grandes amizades surgem e isso faz com que você ame tudo o que lê.

Bom, sendo sincera com vocês, eu AMEI esse livro! Marina Carvalho tem uma escrita extremamente leve e original. Enquanto lia, me lembrei muito do " Diário da Princesa" de Meg Cabot, mas a pegada da história de Marina tem seu toque original e é muito, muito, muito instigante.

Os personagens são muito humanos e você consegue enxergar a aura de cada um. O meu preferido, com certeza, é Alexander ( Tenho um motivo pessoal para isso também - um personagem meu tem esse nome), pois ele é autêntico, exigente, teimoso e absurdamente apaixonante. Tenho certeza de que você irá amar esse homem.

Outra coisa que eu adorei foi a criatividade da autora em relação aos títulos dos capítulos! Quando eu via o nome de cada um, ficava com mais vontade de ler o resto! Parabéns, Marina \o/

Simplesmente Ana tem uma continuação chamada De Repente, Ana! Eu já estou lendo e já estou amando!

Então, amores, espero que tenham curtido essa resenha e que tenham se interessado pela história! Garanto que vale muito a pena! Leiam e comentem conosco sobre esse sucesso nacional!

Beijos da Alê!

Evento Literabel!


Olá, amores!

Hoje, passei aqui para compartilhar com vocês a minha aventura do dia 21 de Dezembro. Nesse domingo de um calor insurportável, eu troquei a praia por um evento literário com todo o prazer da minha vida. Pois é... Eu fui com meu parceiro de aventuras, meu pai SENSACIONAL, para o Literabel - primeiro evento literário em Belford Roxo- e me diverti imensamente. 


Quer saber como foi? Então, fica ligado no post!

****

Bom, na verdade, eu me programei para ir nesse evento para encontrar minha amiga querida e autora, Ana Beatriz Brandão ( Quer ver a entrevista que o Tbw Br fez com ela e a resenha de seu livro Sombra de um Anjo?  Então, clique nos respectivos nomes para conferir :D )! Afinal, essa anjinha é paulista e eu não podia perder a oportunidade de conhecê-la pessoalmente... Só que, quando eu vi a programação do dia literário, fiquei ainda mais animada...  Calma que eu já vou falar tudo para vocês, hihi!

A organização do evento foi impecável e o cronograma estava fantástico. Tivemos mesas de debates com autores talentosos e simpáticos, lanchinho e a feira literária.  Nesse tempo, fiz muita bagunça com a Bia!


 

Ahhhh... Eu gravei a hora em que essa nossa linda amiga falou sobre seu livro...  


Reencontrei a linda Tammy Luciano, o querido Edson Gomes e batemos um papo bem gostoso!


E conheci autores maravilhosos... Adorei falar com todos e amei a história de cada um, mas eu fiquei, particurlamente, encantada com os enredos do Diego de Lima, do Sérgio Pereira e do Vinícius Grossos por serem próximos da minha própria área de atuação na escrita.


Vinícius, eu e Sérgio. ( Infelizmente, não tirei foto com o Diego).


Então, como fiquei muito curiosa sobre os livros desses caras incríveis, vou deixar um pouquinho de cada um para vocês...

Bom, vou começar com o Sérgio. Aliás, nós firmamos uma parceira e, por isso, ele agora faz parte da Família Tbw Br. Vamos conhecer Enviada ??


"Tudo havia se tornado turvo em minha mente. Talvez fosse mais um dos meus sonhos esquisitos. Porém, não era. Frederik perdera suas asas. Meu Anjo se fora para talvez nunca mais voltar. Eu precisava me convencer que ele estava realmente morto...

Angela Petre, uma doce garota de dezesseis anos, marcada pela extrema preocupação de sua mãe em mantê-la sã e salva, sonha em encontrar seu par perfeito até conhecer Frederik, o primo de sua melhor amiga. Mas subitamente, tudo se encaminha para um desfecho jamais imaginado por ela: Frederik é morto diante dos seus olhos em pleno Ano Novo. A tremenda mudança de rotina faz com que ela mude de Viena, na Áustria, para viver no Rio de Janeiro, por ordem de uma misteriosa mulher, ou melhor, de um Arcanjo, que lhe conta fatos verídicos sobre sua real origem e o porquê das suas mudanças repentinas de cidade em cidade.
        Na Cidade Maravilhosa, Angela conhece Dimitri Costa, seu mais novo amigo, que mais parece seu Anjo da Guarda, e Gustav Reltih, um garoto misterioso que oculta em seus olhos negros um grande segredo que ela insiste em descobrir. Logo, os três formam um triângulo amoroso, então, ela se vê diante de uma escolha que nunca poderia dizer que faria um dia: escolher entre o Bem e o Mal. Qual lado escolher e como saber o que é certo ou errado?"

Quer saber mais sobre o livro?? Fique atento nas redes sociais...

Mais sobre o autor Sérgio Pereira...


Nasceu em 1989 em Corumbá-MS e reside desde os 13 anos no Rio de Janeiro.
Apaixonado por literatura fantástica desde cedo, cujas grandes influências foram C.S. Lewis e J.K. Rowling. Começou a esboçar aos 17 anos as suas primeiras histórias, logo, veio sua mais nova ideia intitulada Enviada.

Instagram: @sergio_pereiira

E, agora, vamos falar sobre Sereia Negra do querido Vinícius Grossos,


Um peixe fora d’ água” – foi exatamente assim como Inês se sentiu a vida toda. No seu aniversário de quinze anos, Inês têm todos os seus sentimentos de revolta aflorados de forma aplacável; seu pai a abandonou assim que ela nasceu, sua mãe morreu no parto, ela nunca teve amigos, nem nunca se sentiu atraente o suficiente para os meninos com quem tivera contato. É então que Inês decide que sua vida deve ter uma mudança radical. Mal saberia ela que essa mudança estava mais próxima do que ela imaginava...
Numa tempestade repentina e sobrenatural, Inês é tragada pelos mares – tragada pelo seu mundo. Inês é uma sereia. E mais do que isso, ela é uma lenda viva – um ser aguardado por todas as sereias e tritões de Atlanta, um dos vários reinos que existem abaixo do mar sem o conhecimento dos humanos, como a grande salvadora deles. Inês é a Sereia Negra, a única sereia de cor negra de toda a história!
Mesclado de fantasia e magia, lendas gregas e brasileiras, somado a um retrato da nossa realidade social, Sereia Negra promete te mostrar uma nova visão não só desses seres fantásticos, mas de questões da vida que vão além da fantasia.

Quer saber mais sobre o livro?? Fique atento nas redes sociais...




Mais sobre o autor Vinícius Grossos.



Vinícius nasceu no estado do Rio de Janeiro e quando pequeno, tinha o sonho de trabalhar em uma livraria apenas para poder ler tudo o que fosse possível. Aos sete anos, escreveu e ilustrou seu primeiro livrinho e desde então não parou mais. Já participou de algumas antologias e concursos audiovisuais, sendo Sereia Negra seu primeiro livro publicado. Atualmente mora em Juiz de Fora, Minas Gerais, onde estuda Jornalismo.



E, para completar o time, que tal conhecer a série Sentel York do autor Diego de Lima?

Numa realidade alternativa o mundo como nós conhecemos não existe mais, dando início a uma nova era.
Os poucos documentos que chegaram à Era Apocalíptica, como ficou sendo chamada, mostram que, por volta da metade dos anos dois mil, o mundo entrou em colapso devido a uma guerra global por recursos naturais, levando o planeta à beira da destruição e acabando de vez com a avançada civilização que existia.

Essa guerra ficou conhecida como a Guerra Final e, somada a doenças devastadoras que foram desenvolvidas a partir de armas biológicas, reduziu a população mundial que era de aproximadamente oito bilhões para pouco menos de trezentos milhões.

Sentel York é a última cidade remanescente na Terra, e onde acredita-se que se possa recomeçar a civilização, e a disputa por seu controle será mortífera.

O ano é o 90 da Era Apocalíptica, e uma rebelião se inicia em Sentel York, a última cidade remanescente na face da terra
Liderados por Eric, um ex-Major da extinta Força Especial da Salvação, os rebeldes tentam fazer frente aos denominados "generais", fiéis servidores do Imperador Bu que, com a morte de seus grandes rivais, o Imperador Chacal e o Imperador M, se auto-proclamou o senhor de Sentel York.
Em meio a esse confronto eminente, uma menina pode ser a chave para a salvação da humanidade, a pequena Safira, que estava sobre a proteção dos rebeldes, mas acaba sendo sequestrada por Cássius, um "ex-general" renegado, que perdeu a mulher que amava e pretende usar a menina como moeda de troca para obter sua vingança.

Escolha seu lado, pois a batalha começou e todos terão que lutar!


Quer saber mais sobre o livro?? Fique atento nas redes sociais...




Mais sobre o autor Diego de Lima.




Filho de uma potiguar e um paraibano que migraram para o Rio de Janeiro na década de oitenta, Diego se considera o “encontro” de três culturas: A nordestina, passada através de seus pais e a qual ele sempre se identificou muito, amante das danças, costumes e comidas nordestinas que é. A cultura da favela, onde viveu até os dez anos de idade, e onde pode conhecer a dura realidade de uma vida de privações e a cultura do “asfalto” (como é conhecida pelos moradores da favela) da Zona Sul do Rio de Janeiro onde passou a viver a partir dos onze anos, devido ao emprego do pai, porteiro de um condomínio de luxo em Ipanema, um dos metros quadrados mais caro de todo o Brasil.

Disso tudo, Diego se sente como o resultado de uma equação muito simples: o trabalho duro e a crença em Deus resultam em todos os desenvolvimentos que uma pessoa pode ter, seja ele: social, mental e espiritual. Um elemento vem somar essa equação: a oportunidade. E ele sabe que esta é negada a muitos que não tiveram a mesma sorte de ser criado num lugar onde as oportunidades eram muitas e estavam ao alcance das mãos. “Muitos dos amigos que fiz quando era criança não chegaram a pisar numa faculdade ou num curso de inglês e muito menos assistir uma ópera no teatro municipal.”

A criatividade foi uma característica percebida por seus primeiros professores que indicaram o teatro para ele, e assim foi. No teatro Diego se encontrou com um mundo mágico e de infinitas possibilidades e onde poderia dar asas a sua imaginação. E rapidamente o dom e o interesse pela arte de escrever apareceram dando vida a seus personagens e histórias e ele não parou mais. Atualmente professor, formado pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro se divide entre a vida acadêmica e a vida literária.



Eu adorei todas essas obras! E vocês???

Quer conhecer os outros autores que foram e ficar ligado nos próximos eventos? Então, curta a página do pessoal da organização (clique aqui para isso) ....E, já que você está no Facebook, venha curtir nossa página também... Clique aqui e dê o seu like!

Eu aproveitei demais meu dia e meu pai....


Até pegou um autógrafo com esse autor que escreve lindos versos!

Galerinha, vou ficar por aqui... Espero que tenham curtido essa cobertura!
Obrigada pelo acesso e até os próximos posts!

Beijos da Alê!

"Vermelho como sangue" - Salla Simukka


Fala aí, pessoal, tudo beleza???

Ansiosos pela chegada do natal??? Eu estou. Afinal, essa é a época que eu mais gosto, pois, além do verdadeiro sentido dessa data, esse  também é o período em que acontecem os famosos amigos secretos, e eu, é claro, sempre escolho livros como presentes, ou seja, mais resenha para vocês curtirem - IUPIIIII.....Rs

Bom, mas isso é assunto para outros posts. Vamos ao que interessa.

Hoje, vamos falar de Vermelho como sangue, de Salla Simukka.

Nossa história começa em Tampere, na Finlândia, onde nossa protagonista, Lumikki,vive sozinha, longe de seus pais, concentrada em seus estudos em uma conceituada escola de artes. Lumikki sempre foi uma menina alheia às badalações e às fofocas que eram comuns nas garotas de sua idade. Ela prefere não chamar atenção e gosta de ser ignorada pelas pessoas ao seu redor. No entanto, um dia, ela se envolve com os mais populares da sua faculdade da pior maneira possível... Pois é... isso acontece através de um crime.

Após achar uma grande quantidade de notas manchadas de vermelho, ainda úmidas, penduradas para secar no laboratório de fotografia da escola, Lumikki entra de cabeça em uma investigação para salvar a pele de alguns colegas de classe que estavam envolvidos até o pescoço com o mistério do dinheiro manchado de sangue.

Mesmo percebendo que iria se meter em uma grande enrascada -  a cada nova pista encontrada, o envolvimento de policiais corruptos e traficantes de drogas fica evidente -, ela não desiste e faz com que a gente se prenda na leitura desse grande mistério: De quem é o dinheiro? Por que ele foi colocado no colégio?

Minha opinião mais sincera é que eu esperava mais do livro. Não que ele seja ruim, mas achei que a história me prenderia mais. Contudo, como se trata de uma trilogia e, considerando que os outros dois ("Branco como a neve" e "Preto como ébano") serão publicados brevemente, acho que o todo o mistério será desvendado mais para frente e isso dará o desfecho esperado.

Achei interessante encontrar alguns itens que têm bastante relevância com o nosso mundo atual, o que torna a história ainda mais contemporânea. A autora cita a grife Louis Vuitton, a música Oops... I did it again de Britney Spears, o seriado Grimm, e fala ainda da tão famosa Saga Crepúsculo (olha aí, Xanda...afff)

Outra coisa que eu curti bastante foi a menção de Hercules Poirot, um dos mais famosos detetives da literatura, criado pela brilhante Agatha Christie, a qual vale ressaltar que sou extremamente fã.
De um modo geral, eu curti a obra. Trata-se de uma leitura bem adolescente e com uma sacada policial que eu adorei! Espero que os próximos livros não demorem a sair para que eu possa concluir esse mistério.

Se vocês ficaram curiosos, corram para a livraria mais próxima, adquiram Vermelho como sangue e me ajudem a desvendar o mistério: Por que Lumikki é associada, algumas vezes, como a Branca de Neve no livro?Terá seu nome alguma relação com a personagem do desenho? Fica aí o enigma e aguardo suas respostas!!!

Por que Branca de Neve???

Achei um book trailer do livro, feito pela nossa querida Novo Conceito...Vamos conferir?

Estou adorando a participação de vocês. Mesmo ainda sendo meio tímida, é de grande valia para nós... Aguardo vocês por aqui, hein?

Então, espero que tenham gostado e, aproveitando o post, desejo um Feliz Natal para toda a família Tbw Br. Um beijo especial para vocês que curtem o blog e o nosso Facebook! Que o espírito do natal permaneça em suas casas e que todos recebam muitas bênçãos e felicidades!


Até a próxima resenha!!!

Beijinhos
Flay

"Uma chance para recomeçar"- Lisa Kleypas




Olá, amores!


Quer curtir um livro ótimo, emocionante e com todo o clima de natal? Então, o novo sucesso de Lisa Kleypas te fará muito feliz. Com uma magia própria da época, essa obra vai te conquistar. "Simbora papear".

****

Uma chance para recomeçar nos conta a história de três pessoas que têm suas vidas entrelaçadas de uma maneira extraordinária. Aliás, esse é um laço que pode ser vital para os três.

Holly, uma menininha de seis anos, perdeu sua mãe num trágico acidente de carro e ficou sem falar depois de tal acontecimento. Sua guarda, por sua vez, fica com seu tio Mark, um solteirão que não pensava em em casamento e, muito menos, em filhos. No início, ele acha que não conseguirá assumir tamanha responsabilidade, mas acaba escutando o que sua irmã disse no testamento - "comece amando Holly. O resto virá por si" - e tudo começa a dar certo. O tio se apaixona perdidamente pela sobrinha, e os dois vão morar com o outro tio da menina, Sam Nolan. Esses homens tentam criar a princesinha da família da melhor forma possível. Porém, Holly ainda não fala nada e sente falta da mãe e, por isso, faz um pedido para o papel noel: nesse ano, ela não quer bonecas, bicicletas ou roupas, ela só quer uma mãe. É pedir muito? Os tios se emocionam com o pedido da menina, mas ficam de mãos atadas. Afinal, o que poderia ser feito? No entanto, uma loja de brinquedos pode fazer uma mágica impressionante e mudar a vida da família Nolan.

Maggie Collins, dona da loja de brinquedos local, perdeu seu marido para o câncer e, desde então, acha que o amor não vai mais encontrá-la. Só que ela não esperava que a visita de uma garotinha com o tio tudibom ao lado pudesse fazer ser coração sair pela boca. Mark Nolan é tudo que Maggie quer evitar, mas será que os sentimentos podem ser sufocados?

Maggie engrena numa amizade sincera com a pequena Holls. Uma amizade que faz milagres e acalenta o coração de ambas. Mark adora isso, mas acaba por encarar uma tremenda dúvida: ele deve deixar Maggie entrar em seu coração também?

Esse livro é um caldeirão de emoções. Por vezes, me peguei suspirando e torcendo para que essas vidas tão diferentes se conectassem da melhor forma possível.

Aprendemos com essa história que o amor é inocente, puro e a arma mais poderosa para todos os obstáculos. Eu amei ver a construção e a estrutura desse enredo. Lisa soube dar toques certos na escrita e isso faz com que você sinta uma proximidade em relação aos personagens.

Preciso dizer que assim que recebi a encomenda de dezembro da NC, peguei esse livro. Ele foi a minha primeira aposta, e não me decepcionei em momento algum. Uma chance para recomeçar  nos mostra que sempre há uma oportunidade para a felicidade e o que o importante é a esperança. Essa é uma obra que nos traz aprendizado e felicidade... E, além disso, a atmosfera do natal colabora como um lindo pano de fundo.

Então, galera, espero que tenham curtido essa resenha... Garanto que essa leitura é deliciosa, cativante e você consegue terminar de ler em apenas um dia! Garanta já seu exemplar, se emocione e comente conosco!

Bom, vou aproveitar para desejar um ótimo natal para todo mundo! Que vocês ganhem muitos livros do bom velhinho, mas que o sentido dessa data esteja no coração de cada um... Abracem, aproveitem seus amigos, sua família e continuem conosco, pois nós somos a FAMÍLIA TBW BR \O/

Um beijão especial da Alê!




"Eve & Adam" - Michael Grant e Katherine Applegate



Oiiie, pessoal!

Você gosta de ciência, de clones, de mutações, ou seja, ama genética? Se sim, esse livro foi feito especialmente para você. Então, vamos falar sobre essa obra recheada de ficção científica?

***

Eve & Adam, nos conta a história de Eve, uma adolescente comum, mas filha de uma grande cientista - chamada Terra Spiker (conhecida como Terror Spiker, por ser uma pessoa fria e severa)- que investe milhões em uma clínica de pesquisas. Logo no começo do livro, Eve sofre um acidente de carro extremamente destruidor que poderia ter causado sua morte. No entanto, a herdeira Spiker é transferida ainda em condições de emergência para a clínica de sua mãe... Lá, com todos os cuidados necessários, Eve se recupera rapidamente, e sua perna, que havia sido massacrada, volta ao estado normal como se nada tivesse acontecido. Algo para se suspeitar... Algo que pode indicar que a clínica Spiker não é um simples laboratório de pesquisa... Algo que pode denunciar experimentos genéticos ilegais... Algo que pode motivar Solo a contar tudo para Eve.

Solo, assistente da Spiker, deseja vingar seus pais. Afinal, por serem sócios da clínica, ele merecia um tratamento melhor depois da morte de ambos. Terror ...ops... Terra, no entanto, o trata como um serviçal. Assim, o que Solo mais quer é fazer justiça e conseguir o reconhecimento que seus pais mereciam. Só que ele não esperava conhecer e gostar - gostar bastante- da filha de chefe... Um sentimento que pode dificultar tudo.

Enquanto espera sua recuperação, Eve recebe um projeto de sua mãe. Terra pediu que a filha criasse uma pessoa no computador, num software muito desenvolvido. Nesse programa, Eve poderia escolher a personalidade e todo o aspecto físico do indivíduo, conhecido como Adam! Um projeto que toda mulher iria amar... Criar o seu cara perfeito seria tudo de bom, mas nem sempre a perfeição é uma coisa boa... O que seria de nós sem defeitos e singularidades?

Bom, a trama gira em torno desse dilema dos experimentos genéticos, incluindo o Projeto Adam... Eve e Solo precisam agir e se posicionar sobre essa questão e, por isso, muitos questionamentos e sentimentos entram em conflito.

O livro é legal, mas acho que determinados assuntos poderiam ter sido mais desenvolvidos, pois alguns aspectos foram muito superficiais. No início, eu fiquei meio desmotivada, mas a leitura foi ficando mais envolvente depois...Só que, no final, eu meio que desmotivei de novo, pois o desfecho não é tão trabalhado.  ( Vi boatos sobre uma possível continuação, mas não sei se essa informação é correta... Então, nos basta aguardar... Mas se realmente houver, espero que a trama seja mais profunda, pois essa temática da genética possui muitas facetas extraordinárias).

A obra conta com alguns diálogos interessantes e engraçados nas narrativas intercaladas de três personagens... Então, se você quer curar a ressaca literária, aposte nessa leitura!

Tenho que contar uma curiosidade sobre o livro:  os autores são casados! POIS É! Legal, não é mesmo? Fiquei imaginando como deve ser escrever um livro com seu marido... No mínimo, deve ser muito divertido!

Se eu achar um cara que ame ler, já vou me apaixonar.... Imagina por um cara que escreve? É para casar mesmo, hahaha.

Enfim, galera, Eve & Adam é uma leitura agradável e simples! Espero que curtam!

Aguardo os comentários de vocês!

Beijos da Alê!

"O jeito que me olha" - Bella Andre


Olá, galera...Tudo bom???
Viu como não demorei muito para voltar dessa vez?
Hoje, nós vamos falar sobre o mais novo livro da nossa querida Bella Andre. E sabe o que é o  melhor de tudo???
Mais um Sullivan tudo de bom vem para nossas vidas!!

***
  O Jeito que me olha conta a história de Rafe Sullivan, um detetive particular muito bem sucedido de Seattle, especialista em solucionar casos de traição. Cansado de aturar esse tipo de investigação e pressionado por sua irmã, Mia, Rafe decide comprar a casa do lago - que pertencia a sua família quando eles eram pequenos – para passar alguns dias de férias.

Ao chegar, Rafe encontra com sua amiga de infância, Brooke Jansen, que mora próximo ao lago, na casa de seus avós.

O que Rafe não imaginava era que aquela menina doce e suave que ele havia conhecido em sua infância havia se tornado uma linda mulher, com curvas estonteantes e com um desejo incrível: Se tornar selvagem.

Nesse momento, temos um choque de duas personalidades completamente diferentes. Rafe, após se tornar policial e depois detetive particular, perdeu a fé na humanidade e acredita que todos escondem algo e que vão mentir se ele der a oportunidade. Já Brooke se entrega demais, não vê malícia no mundo e tenta ser feliz com pequenas coisas...  Esse casal é a receita perfeita para muito romance.


Não conseguindo conter o clima de sedução que começa a rolar entre eles, Brooke propõe a Rafe que eles tenham um caso de verão, sem compromissos e sem cobranças. Rafe fica temeroso em aceitar a proposta, pois teme magoar e perder a amizade dessa importante mulher. No entanto,  a atração dos dois cresce a cada dia e fica difícil controlar a paixão e, por isso, um tórrido romance de verão se inicia.

Posso dizer que curti bastante o livro, mas comparando ao último da autora (Não viu??? Clique aqui e veja a resenha), O jeito que me olha é mais fraco... Mas a história desses amigos é bem legal.

Bella Andre deixou bem claro que a saga dos Sullivans não termina por aqui. Afinal, nesse novo livro, não vemos mais histórias dos oito irmãos, pois a obra anterior nos trouxe a irmã que faltava, ou seja, Lori. Agora, nós vemos os primos Sullivans. A saga começou com Rafe e, já no finalzinho desse enredo, notamos uma dica sobre a próxima protagonista: provavelmente, teremos a história de Mia, irmã de Rafe. Bella já nos adianta que Mia se apaixona por um astro de rock , mas se arrepende... E, além disso, seus familiares e amigos não sabem o que aconteceu.

Assim, nos resta aguardar mais um livro cheio de sensualidade e erotismo do jeito Bella Andre... Tomara que o próximo, de fato, seja mais quente.

Espero que vocês tenham curtido a nossa resenha! Deixem seus comentários e ideias aqui pra gente...Ok???


Até a próxima!!

Bjs da Flay!!!

Keep Calm And... #EncomendaLiterária

 

Olá, fãs de livros!

Hoje, nós vamos falar sobre os presentinhos natalinos da Novo Conceito... Olha como tudo está perfeito!



Então,vamos conhecer esses tesouros logo???

***
 "O inverno é a estação mais aconchegante do ano, mas Jenny Breslin não se sente nada confortável. Tudo na sua vida a total ausência de romance, o emprego chatíssimo no banco foi tocado pela mágica das festas de fim de ano. A simples ideia de passar por mais um Natal com a sua mãe extravagante e Harry, o novo namorado dela, a enche de pavor. Mas isso é na vida real...
 No Twitter, as coisas não poderiam estar mais interessantes. Nele, Jenny tem uma carreira em ascensão, uma vida amorosa sensacional e uma agenda superconcorrida. Então, em uma noite de bebedeira, Jenny está tuitando com suas amigas Zahra, Fiona e Kerry. E de repente ela as convida para passar alguns dias em sua casa em Dublin. À medida que a sua vida virtual entra em rota de colisão com a sua verdadeira rotina, Jenny não sabe para onde correr. Tudo parece contribuir para mostrar que a existência das suas companheiras de Twitter é um milhão de vezes mais interessante do que a sua. O fim de semana chega, e segredos são compartilhados. Jenny começa a perceber que, enquanto ela sonhava, as coisas acontecem bem depressa.
Será que é muito tarde para que ela volte a assumir o controle da sua própria e verdadeira vida?"

 Ohhh... Que show de livro! Bem real! Afinal, nessa rede que nos abriga, quem nos garante que todo mundo é aquilo que passa? 
Achei o enredo bem interessante e antenado... E vocês?

  "Victoria morreu em um trágico acidente, deixando sua filha Holly sob a responsabilidade do seu irmão, o solteiro convicto Mark. O tio Mark não se sentia muito preparado para cuidar da menina, mas assumiu o compromisso de devolver o sorriso aos seus lábios. No entanto, ele desconfia de que não esteja fazendo um bom trabalho, uma vez que Holly nunca mais falou desde que ficou órfã. Uma cartinha para o Papai Noel revela um desejo que pode ser a chave da felicidade de Holly: ela só quer ter uma mãe.
Maggie perdeu o marido em uma batalha contra o câncer e não quer jamais - passar por tudo isso de novo. Por isso, ela fechou seu coração e prometeu a si mesma dedicar-se somente a sua nova loja de brinquedos em Friday Harbor, que permite às crianças viajar um pouco nas asas da imaginação. A amizade entre Maggie e Holly (que até passou a acreditar em fadas!) ao mesmo tempo comove e preocupa o tio Mark. Ele tem certeza de que a nova amiga fará bem a sua sobrinha, mas precisa decidir se a deixará entrar em sua própria vida...
Nós também torcemos, do fundo do coração, para que Holly tenha uma linda noite de Natal."

Assim que o carteiro passou aqui, eu abri o pacote procurando por essa obra. Adoro quando histórias de personagens bem diferentes se conectam de uma forma extraordinária! Estou louca para devorar essas páginas nesse clima de Natal.

 
" Meu nome é Ivan.
Eu sou um gorila.
Não é tão fácil quanto parece...
Ivan mora dentro de um shopping e nunca tinha pensado em voltar para a natureza até o dia em que a pequena Ruby, um filhote de elefante, foi comprada pelo dono do circo.
Baseado em fatos reais, O GRANDE IVAN é uma história deliciosa, cheia de humor, ao mesmo tempo doce e inteligente, sobre os direitos dos animais e sobre a força da amizade.
Não importa quantos anos você tem... Você deveria ler este livro hoje, agora mesmo. Aliás, o que você está esperando para começar?"

Ai, gente! Esse livro parece ser muito fofo... E... além disso, acho que a situação dos animais precisa ser mesmo abordada e debatida! 


***

Bom, eu A.M.E.I esse presente antecipado do bom velhinho! 
Espero que tenham curtido também!

Boas leituras, pessoal!

Beijão da Alê.




E agora, José? - Papo Voraz!!!




Olá, galera!!!

Como vocês já sabem, fizemos um post enorme e aberto ao público com opiniões sobre o filme A Esperança-Parte 1 (Veja aqui) ...  Fiquei feliz com a participação de todo mundo, mas não podia deixar de colocar o vídeo de outra pessoa muito especial aqui no blog....

Vocês devem se lembrar que meu pai falou sobre o livro do Maurício Gomyde no post E agora, José? ( Se você ainda não viu, clique aqui para conferir)... Fiquei sabendo que todo mundo adorou meu pai Sensacional e, por isso, ele aceitou aparecer de novo para vocês.... Dessa vez, ele vai falar o que achou dessa adaptação maravilhosa....

Bom, nós fomos ao cinema na segunda, mas gravamos na terça e, já que postei uma resenha ontem, preferi deixar o vídeo para hoje. "Simbora" conferir?


   

Hahahaha... Eu adorei e vocês ??

Espero que tenham gostado... Aguardo os comentários...

Beijos da Alê ;D

"Bela Distração" - Jamie McGuire



Oiiie, gente! 

Precisei passar aqui o mais rápido possível para falar desse livro... 
Ganhei esse tesouro em um amigo secreto no sábado ( obrigada, amiga, você acertou mesmo). Bom, assim que cheguei em casa, comecei a ler e fiquei vidrada nas páginas até duas e meia da manhã... Como precisava acordar cedo no dia seguinte, fui dormir relutante, mas pensando na história. Já no outro dia, comecei a ler depois do almoço e terminei no fim da tarde. Em menos de vinte e quatro  horas, mais um Maddox conseguiu me conquistar... Por isso, vamos logo falar sobre ele?

***

Como nós já sabíamos, a autora Jamie Mcguire vai falar mais sobre os irmãos Maddox. Em
 Belo Desastre Desastre Iminente  e Belo Casamento ( Se quiser,clique nos nomes para ler as respectivas resenhas ;D), somos apresentados ao charmoso e encantador, Travis Maddox - o caçula da turma. Sua história com Abby é linda, e achei que o enredo dos dois seria o meu preferido... Me enganei e feio! Aliás, nesse novo livro, chamado Bela Distração, ficamos de cara com Trent, o irmão de Trav que mais aparece nas outras obras, e fiquei de queixo caído por esse musculoso tatuado.

Dessa vez, Cami Camlin, bartender do The Red Door, nos conta o que acontece. Por ser irmã mais velha de meninos brigões e por viver numa família desequilibrada, ela é durona e sabe se virar com as cantadas e com outras coisas que aparecem em sua vida.

Cami está envolvida num namoro muito bom de seis meses.... Só que, nos últimos três meses, T.J, seu parceiro, precisa viajar e morar na Califórnia. Algo que dificulta o relacionamento... No entanto, ambos tentam fazer dar certo... Contudo, ninguém esperava que Trent Maddox resolvesse ficar, finalmente, perto de Cami para tentar conquistá-la. Esses dois começam uma amizade sincera e passam a ficar bastante tempo juntos.... E.... como a gente espera, algo mais pode surgir no coração de alguém.

Nossa mocinha fica desesperada, pois ela ainda ama T.J e um segredo, que ela não pode contar sobre seu namoro, pode fazer com que Trent a odeie para sempre. Uma linha tênue e que pode estragar muita coisa.

Sinceramente, acho que Jamie se superou imensamente nesse livro. Sua escrita continua daquele jeito gostoso, envolvente e instigante, mas a estrutura de desenvolvimento me surpreendeu demais ... Tudo fica claro nas últimas linhas e você faz aquela cara de "A... tá" e começa a surtar... Quando acabei de ler, saí pulando pela casa, pois todo o enredo foi conectado de uma forma maravilhosa...   Eu gritei muito: "Quero ser como a McGuire quando eu crescer... Quero ser uma autora assim". Sério mesmo, eu amei e peguei o Trent como meu Maddox preferido... por ora... brincadeira...

Com alguns personagens antigos - Damos algumas olhadinhas nos bastidores do relacionamento de Trav e sua beija-flor - e muitos outros novos, o enredo fica bem articulado e perfeito. E tudo isso me deixou com uma baita ressaca literária... Só consigo pensar nessa história.

Apesar de ter amado Bela Distração, escrever essa resenha foi difícil... Afinal, sempre que amo muito um livro, quero contar spoilers e surtar, surtar e surtar mais um pouco... Então, falar em poucas palavras o que essa leitura representou foi difícil. Perdão por isso, galera!

Posso afirmar que você vai amar e devorar essa obra, como eu...

Agora, nos resta esperar Beautiful Redemption ( Bela Redenção), a história do irmão mais velho, Thomas Maddox! Ui...Ui....

Deixarei a capa e a sinopse dessa nova perfeição aqui para vocês. ( Vi essa novidade na página  Travis And Abby... recomendo muito esse espaço no Facebook... Eu adoro ;D )




Sinopse:

"Se um Maddox se apaixona, ele ama para sempre. Mas, e se ele não te amou, a princípio?

A sensata Liis Lindy é uma agente do FBI. Decidida a ser casada somente com seu trabalho, ela rompe seu noivado e se transfere de Chicago para o escritório de San Diego. Ela ama sua mesa. Está comprometida com seu laptop. Sonha com promoções e cumprimenta o diretor, depois de desvendar um caso impossível.

O agente especial no comando, Thomas Maddox, é arrogante, implacável e cruel. Ele é o encarregado de prender alguns dos criminosos mais difíceis do mundo, e um dos melhores que o Departamento tem para oferecer. Apesar de tantas vidas que ele já salvou, há uma que está fora de seu alcance. Seu irmão mais novo, Travis, se depara com uma ordem de prisão por seu envolvimento pelo incêndio em um porão, que matou dezenas de estudantes universitários, e a mídia quer uma condenação. A única salvação de Travis é sua ligação incomum com a máfia. Em um acordo que irá salvar seu irmão, Thomas concordou em recrutar Travis para o FBI.

Liis é teimosa, desafiante, e ainda de alguma forma, amolece as arestas de Thomas, fazendo dela a agente perfeita para acompanhá-lo a uma cerimônia. Posando como um casal, eles devem viajar para a renovação de votos na praia, de Travis & Abby e dar a ele a notícia, mas, quando o fingimento acaba, ela se encontra questionando se eles estavam fingindo totalmente.

No segundo livro dos Maddox Brothers, experimente em primeira mão, o mundo misterioso do evasivo Thomas Maddox, e como o AMOR PODE SER BOM QUANDO VOCÊ NÃO É O PRIMEIRO, MAS O ÚLTIMO.

Lançamento em 27 de Janeiro de 2015 nos EUA!!"


Espero que tenham gostado desse post... Compartilhem seus surtos pelos Maddox conosco nos comentários ;D

Beijos da Alê!

"A menina mais fria de Coldtown" - Holly Black


Olá, pessoal...
Hoje, nós iremos falar sobre o livro A menina mais fria de Coldtown, de Holly Black.
Esse livro conta a história de Tana, uma jovem de 17 anos, que vive em Springfield com sua irmã mais nova, Pearl, e seu pai.
Tudo começa quando Tana vai para uma festa na fazenda de um amigo e é surpreendida ao acordar dentro de uma banheira e perceber que todos os seus amigos estavam mortos. Sim!!! Todos estavam mortos...O que queria dizer que um grupo de vampiros havia invadido a festa e aproveitado que eles estavam
embriagados para poder realizar essa tragédia. Além disso, Tana também não esperava encontrar seu ex-namorado, Aidan, acorrentado em uma cama e já "resfriado". Cabe dizer aqui que, no enredo, os "resfriados" são as pessoas que foram mordidas, mas que ainda não se transformaram em vampiros por completo, pois, para que isso aconteça, eles precisam provar do sangue humano ou de outros vampiros.
Ao tentar libertar Aidan, Tana se depara com Gavriel, um vampiro extremamente charmoso e que pede sua ajuda para se libertar e fugir dos vampiros que o aprisionaram. Tana resolve ajudar Gavriel com uma condição: que ele os ajude a chegar em Coldtown. 
Coldtown era o lugar para onde os que estavam infectados e aqueles que queriam se transformar em vampiros eram levados.
A partir desse momento, toda a aventura começa...Assim, iremos desvendar toda a história de Gavriel e o porquê de alguns de sua espécie almejarem sua cabeça.
A história é contada em terceira pessoa, mas, às vezes, o foco narrativo se alterna  entre outros personagens e/ou flashbacks do passado de Tana com sua família ou do passado de Gavriel. Esses flashbacks são cruciais para compreendermos como a sociedade chegou ao ponto em que está e como aconteceu o surto do vampirismo ao redor do mundo.
Confesso que, no começo do livro, a história não me empolgou muito, pois, como vocês já sabem, amo histórias de vampiros e, quando essas fogem um pouco do tradicional, eu fico meio cismada. Como assim a pessoa é mordida e não vira vampirA? Como eles mesmo chamam: ficam "resfriados". Caso sejam mordidos e não tenham a vontade de se tornar um ser das trevas, é só fazer uma quarentena e não ter contato com nenhuma espécie de sangue.
E, por esse motivo,  a leitura não me agradou no início. Levou até um certo tempo para eu engrenar nela. Porém - do meio do livro para frente -, a história começa a ficar interessante quando Tana encontra o vampiro mais terrível de Coldtown, o criador de Gavriel, que tinha até um programa de tv para se exibir enquanto torturava suas vítimas.
Tirando minhas preferências vampirescas, essa é uma leitura agradável e com algumas partes interessantes, como, por exemplo, o nome da cidade: Springfield - não é esse o nome da cidade dos Simpsons? Fiquei várias
vezes imaginando Lisa, Marge, Homer, Bart e Maggie morando em uma Coldtown...rs!!!
Outra curiosidade bastante interessante do livro é que, em um determinado trecho, eles citam Edgar Allan Poe, um dos maiores autores de contos de terror ( Não conhece? Não perca tempo...  Leiam os contos dele... Tenho certeza de que vocês não irão se arrepender)
Bom, se eu pudesse dar uma nota ao livro, daria 7,5. Achei que algo ficou faltando no final e, como já havia dito antes, não me empolgou muito... Sem falar que uma dúvida ainda paira em minha cabeça: Por que o nome A menina mais fria de Coldtown foi dado ao livro? Ok quanto ao nome de "Coldtown", mas o que dizer sobre a "menina mais fria"? Juro que não vi nada que pudesse dar tal ênfase ao nome.
Então, fica lançado o desafio! Leiam o livro e comentem sobre essa escolha do título conosco.
Bom, gente, vou ficando por aqui, mas já com saudades desse nosso bate-papo!  Prometo voltar o mais rápido possível.
Um grande Beijo
Flay!!!!