"Bridget Jones - Louca pelo garoto" - Helen Fielding


Oi, pessoal! 
Tudo bem com vocês??? Espero que sim!!!
Como disse na minha última resenha, não vou demorar muito a aparecer por aqui, pois estou participando de um desafio literário e, com isso,dale leituras - o que não é sacrifício nenhum....rs
Hoje, vamos falar de Bridget Jones - Louca pelo garoto.
Eu já falei sobre essa personagem aqui, não exatamente como resenha, mas abordando os dois livros
anteriores dessa maravilhosa autora que é a Helen Fielding.
Devo avisar de antemão que há alguns spoilers nessa resenha, pois seria impossível falar desse livro sem relatar alguns fatos.
Nessa nova aventura de Bridget, já se passaram 21 anos dos outros acontecimentos, ou seja, hoje ela tem 51 anos.
Uma das coisas que mais me chocou nesse livro é que ela está viúva. COMO ASSIM O MARK MORREU????
Isso mesmo, Mark Darcy faleceu em uma cilada e Bridget se vê sozinha e com dois filhos pequenos para criar: Billy e Mabel.
Bridget, após alguns anos da morte de Mark, resolveu se aventurar no mundo cibernético, invadiu o Twitter para fazer novas amizades e encontrou Roxster, um rapaz de 30 anos, no meio desse universo. Resultado:  logo de cara, eles se entenderam.
Entre idas e vindas, Bridget nos conta através de seu diário o seu romance, duas aventuras com os amigos, seus conflitos com sua mãe e entre outros dilemas.
Posso dizer que amei o livro e não vejo a hora de virar filme também, pois gostaria muito de saber quem faria o papel do Sr. Wallaker.
Daniel Cleaver está divertidíssimo nessa fase e, apesar de toda confusão nos dois livros anteriores, ele é padrinho do primogênito de Bridget.
Bom, eu sou meio suspeita para falar, pois amo Bridget e me vejo um pouco nela....mas realmente amei o livro e, a cada página que se passava, eu tentava imaginar a atriz fazendo essas novas cenas....espero que não demore muito para o lançamento desse filme.

Espero que vocês tenham gostado e quero muito a avaliação de vocês aqui embaixo...ok?
Até a próxima.....beijocaaaaaaaa
Flay

Milhas e milhas distante ...


Quando era pequena, amava olhar para a estrada enquanto viajava. Era muito legal ver que após o vislumbre de vegetações, de casas pitorescas e de um animal ou outro, a cidade surgia como uma árvore de natal gigante - característica de sua típica iluminação. Nessa época, eu não me importava com distância alguma, pois tudo de que precisava estava comigo - minha mãe e meu bichinho de pelúcia. Porém, hoje, morro de medo do que os quilômetros podem representar.

O que podemos fazer quando o amor escapa de nossos delicados dedos e embarca num carro para seguir um destino diferente do nosso? Sentar e chorar ou levantar a cabeça e seguir em frente? Tratam-se de questionamentos difíceis e que fazem com que nosso coração e nossa mente entrem em um conflito. O lado emocional sempre grita: Hey, I miss you; e o lado racional tenta, sem sucesso, falar: I don't care.  Mas parece que os batimentos cardíacos sempre ganham a batalha.

Sinto falta da época em que o simples ato de abraçar meu bichinho de pelúcia confortava meu interior porque agora o vazio que sinto não pode ser dimensionado. Estou como uma formiga distante de seu formigueiro - sem direção e sem sentido-. Você sempre foi minha bússola e sempre me fez voltar para casa em segurança. Assim, nesse momento, me encontro desnorteada.

 Sinto falta do calor do seu abraço, dos seus lábios macios nos meus e de seu perfume inebriador. Afinal, você é como um vício para mim, pois basta um segundo ao seu lado, depois de um longo tempo sem termos contato, para que minha dependência seja despertada. Sempre quero mais. Contudo, apesar das minhas necessidades, entendo que tenho que aprender a caminhar sozinha a partir de agora.

Não sou mais aquela menininha que olhava animadamente pela janela do carro. A estrada deixou de ser uma diversão porque cada milha que nos separa me deixa angustiada. Logo, decidi que ignorarei a paisagem que nos distancia e seguirei meu próprio rumo. Não sei de fato qual será o seu ou o meu próprio destino, mas sei que lá na frente - bem na esquina da estrada - nos encontraremos. 

Espero que isso ocorra logo 
                           e que os quilômetros cansem de nos separar de uma vez por todas.

****

Bom, queridos, resolvi compartilhar com vocês essa minha pequena reflexão. Fiz esse texto bem rapidinho com algumas ideias na cabeça e sentimentos no coração... Espero que tenham curtido!

Um beijão da Alê ;)


UMA VIAGEM LITERARIA - PROMOÇÃO


 Oi, pessoal....
Hoje eu não vim para fazer mais uma resenha, mas sim para falar sobre esse maravilhoso grupo de que faço parte - O VIAGEM LITERÁRIA!!!

Quem disse que não podemos fazer verdadeiros amigos através dos livros??? Eu tenho muitos e, mesmo sem conhecer a grande maioria deles pessoalmente, sou apaixonada por cada um e me divirto muito com nossas conversas.

Uma das responsáveis pelo Viagem é a minha grande amiga Karla, a única que conheço pessoalmente e que me trouxe para esse lindo universo.

Nesse grupo, trocamos ideias sobre livros, damos sugestões, discutimos, fazemos resenhas,etc....é muito divertido.

O que me trouxe aqui hoje foi um pedido da Alê para divulgar a mais nova promoção do
grupo. Vamos conferir?




PROMOÇÃO 2000 VIAJANTES!!!

Em comemoração aos 2 Mil membros do Grupo Viagem Literária, será sorteado o livro:
30 DIAS COM CAMILA da autora Silvia Fernanda autografado e com marcador oficial.

VEJAM NA NOSSA FAN PAGE AS REGRAS E PARTICIPEM
https://www.facebook.com/viagemliterariabrasil


Pessoal, não percam tempo  para conferir. Tenho a mais absoluta certeza de que vocês irão se apaixonar.... Um grande beijo e até breve!!!!