Entrevista Exclusiva com a autora revelação Carol Pass!




 Bom, vocês lembram da Carol, né?? Ela sempre aparece pelo blog, mas, dessa vez, a situação é diferente. A nossa querida amiga já escreveu várias fanfics e, agora, irá lançar seu primeiro livro na Amazon. Logo, pensei que uma entrevista com essa pessoinha especial seria muito legal para apresentar o trabalho dela para vocês e para alegrar os fãs que ela tem ( que são muitooooos, por sinal ;D ). Então, vamos lá porque estou adorando agir profissionalmente com essa menina, hehehe ( acreditem, eu fiz um pedido muito formal para convidá-la para essa entrevista e ela riu da minha cara... - intimidade é fogo! )

****
Olá, Carol! Seja bem-vinda ao The Best Words Br!



Muito obrigada por aceitar nosso convite e responder de bom grado esta entrevista. Ficamos muito felizes com sua disponibilidade e esperamos que você curta nosso bate- papo. Vamos começar??

1) Carol, você já escreveu fanfics e recebeu milhares de comentários positivos sobre seus textos. Conta para gente: como essa vontade de escrever cresceu dentro de você? Quais são seus planos para sua futura carreira?

R: Na verdade, eu comecei a escrever acidentalmente. Um dia, todo o enredo de Para Sempre surgiu na minha mente e eu queria contar para uma amiga. Então, resolvi colocar o que estava imaginando no papel. Deu certo. E, agora, depois de dois anos, finalmente Para Sempre – Entre o Poder e a Paixão se tornará e-book.

2) Eu sei, mais do que qualquer pessoa, o quanto você se dedica para criar um texto bem conectado. Você pesquisa e escreve sempre. Bom, a senhorita tem "brigado" comigo porque eu não tenho deixado, ultimamente, meus personagens saírem da minha cabeça. Assim, já que você tem "puxado a minha orelha", aproveito para jogar a "batata quente" nas suas mãos agora. Como é a sua “comunicação” com seus personagens? Você sente que, às vezes,  eles te levam para determinado caminho enquanto você planeja outro?

 R : Eu não diria que eles me levam para um caminho quando eu quero outro, porque estou à mercê deles, fazendo sempre suas vontades, mas isso não quer dizer que eu não me surpreenda e me questione o que está se passando na cabeça desses personagens. Mesmo pesquisando, sabendo “quase” tudo sobre eles, ainda é possível, pelo menos para mim, se surpreender com o que acontece nos destinos dos personagens.

3) Como dissemos acima, você já tem vários livros em formato de fic, mas vai lançar um deles na Amazon. Você pode explanar um pouco sobre o enredo dessa obra que será lançada e deixar informações sobre o lançamento aqui? Há muito de sua rotina, de sua vida, de suas amizades e de você mesma em cada página? 
Ps: Se quiser deixar o link de suas fics, a casa é sua :D

R:  Para Sempre – Entre o Poder e a Paixão conta a história do príncipe Frederick que, por conta de suas obrigações com o governo, se muda para Nova York para trabalhar na ONU, e, justo no seu primeiro dia na big apple, se choca com o grande amor de sua vida, a doce Kate. Depois de uma noite de muita conversa, ela vai embora sem deixar seu telefone ou pegar o dele. Os dois só percebem o que aconteceu ao chegarem em casa, mas o destino sempre dá uma ajudinha para que grandes amores aconteçam e, como em todo romance, os dois terão de mostrar determinação e passar por alguns obstáculos e por muitas pessoas interesseiras se quiserem ficar juntos no final.
Esse e-book será lançado na Amazon a partir de 19 de julho.

E, sem dúvida, há um pouquinho de mim, de algo do que eu vejo da vida e das minhas amizades em cada personagem, presentes em  frases ou histórias. Com certeza elas se reconhecerão nas peripécias dos personagens. 

Para conferir minhas fics, basta acessar: 
http://carolpass.wix.com/carolpass
http://fanfiction.com.br/u/132341/

4) Nós lemos muito, compartilhamos opiniões e vamos à eventos literários juntas. Nesse meio, conhecemos o trabalho de diversos autores maravilhosos. Se a Carol Pass pudesse escolher um autor para escrever um livro em "quatro mãos" , quem ela escolheria? 

 R: Nossa, isso é uma pergunta difícil. Posso dizer que quase escrevi um conto dessa maneira com a minha amiga Alexandra, não é? Mas, eu sou apaixonada por Dan Brown, por isso, acho que se ele me chamasse para ajudar de qualquer forma em seu trabalho, eu iria sem pestanejar.

5) Pelo que sei, você ama escrever e é feliz com a escolha de sua profissão. Entretanto, se você tivesse que escolher outra carreira, qual seria? 

R: Eu estudei turismo na universidade e, mesmo nessa época, me perguntei se era isso, realmente, o que eu queria. Sempre estive em dúvida, quis fazer meteorologia, arquitetura, história, culinária, letras, mas, na verdade, eu acho que posso visitar todas as profissões que existem quando estou escrevendo. Eu sinto que me encontrei quando aceitei e percebi que a escrita ganhava cada vez mais espaço na minha vida.

6) Sua carreira está apenas começando. Tenho certeza de que você irá ganhar o mundo, pois sua escrita é cativante, empolgante...enfim, você envolve o leitor com suas palavras. Assim, com a certeza que eu tenho do seu sucesso, você poderia deixar uma dica para os escritores aprendizes, como eu, por favor?

RTorcida de amiga vale? Tomara que sim, porque eu ainda sou uma aprendiz. Mas, respondendo sua pergunta, o que eu sempre procuro pôr em prática é escrever, escrever e escrever, a minha verdade, o que eu acredito, o que me toca, o que vem mais do meu coração do que da minha mente, sem julgamentos ou ressalvas.

7) Quando escrevemos, nos inspiramos em diversas obras.... eu viajo dos clássicos aos contemporâneos. E você? Em que campos literários você passeia? E, se você pudesse escolher apenas UM livro para representar o seu estilo, qual seria?

 R: Outra pergunta difícil. Eu leio de tudo. Muita gente me mostra seus livros para que eu opine. Adoro isso e procuro ser sincera. Leio desde romance, chick lit, aventuras fantásticas, clássicos infantis, adultos, nacionais e internacionais, ficção, distopia, livros infantojuvenis. Enfim, tem letrinhas juntas e passa na minha mão eu leio. E, quanto ao livro que representa o meu estilo, eu escolheria Cinquenta Tons de Cinza, não por seu lado BDSM, mas pela forma como o romance e a narrativa da personagem transcorrem.

8) Eu sei que, como eu, você monta uma trilha sonora enquanto escreve. Quais são os cantores e bandas que mais te inspiram?

 R:  Em todas as minhas trilhas sonoras não podem faltar Bruno Mars - amo o ritmo dele -, Maroon 5- tenho um tombo pelo Adam Levine, o que justifica muita coisa-,  Michael Bublé - o que é esse homem cantando? -, Justin Timberlake - sexy, essa palavra o define, pelo menos para mim -  e The Beatles - a inspiração máxima e permanente.

9)  Você sempre me fala que reconhece meu texto, pois eu tenho uma marca de escrita. E, agora, eu quero saber: Carol Pass tem algum traço característico ?

R: Eu imagino que sim, todos que escrevem têm, mas sou incapaz de apontar algum. Acho que eu terei que ser lida para alguém poder responder essa pergunta.

10) E, para encerrar nossa entrevista, você poderia descrever, em uma palavra, o seu amor pelos livros?  

R: Respeito. Respeito pela escrita, respeito pela inteligência dos leitores, respeito pelos personagens, respeito por quem se dedica e ama os livros.

Bom, obrigada por dedicar uma parte de seu tempo para conversar conosco, Carol. Muito sucesso e realizações em 2014. 
 
Abraços da Equipe do TBW BR.

***** 
Amiga, estou muito orgulhosa de você! Seus fãs também devem estar muito felizes com seu lançamento, pois, além do talento, você é gentil com todo mundo!

Parabéns pela vitória! Agora, a gente torce daqui para que alguma editora veja o tamanho do seu trabalho e te contrate logo!

E aí, família Tbw Br, vocês gostaram da entrevista? Espero que sim!

Até a próxima!

Beeeijos da Alê!

Nenhum comentário

Postar um comentário