" A Namorada do meu Amigo" - Graciela Mayrink


Ooooie, livráticos lindos!

Que tal falarmos sobre mais uma obra nacional incrível??? Pois é... Agora, nós vamos debater o livro da simpática e querida Graciela Mayrink, A Namorada do meu Amigo.  Vamos simbora para um bar,
ler, rir e comentar. ( Hahaha... Eu não tenho o que fazer, né???)

****

A Namorada do meu Amigo nos apresenta o dilema de Cadu. Um garoto de 20 anos que aproveita a vida com seus grandes amigos, Beto e Caveira, - os verdadeiros três mosqueteiros. Esses meninos sempre foram grudados uns nos outros e, por isso, cresceram juntos, compartilhando histórias e experiências. Além de tudo isso, eles compartilharam, quando crianças, o desgosto pela vizinha magrelinha e chata que queria fazer parte da brincadeira dos mosqueteiros. Juju sempre teve esperanças em ser considerada parte do grupo, principalmente, por gostar muito de Cadu. No entanto, os meninos nem consideravam os apelos da menina.... Para eles, Juju era apenas um empecilho na turma e, por isso, eles comemoraram, extremamente, quando a menina se mudou para Porto Alegre. Afinal, o Rio Grande do Sul  é muito distante de Rio das Pitangas, em Minas Gerais...

 A vida dos meninos fluiu como deveria fluir... Eles viveram bem suas adolescências e esqueceram completamente que, outrora, uma menina atrapalhara seus afazeres. No entanto, o destino sempre prega suas peças....Pois é... Juju voltou para Rio das Pitangas ....Mas ela não era mais a Juju magrela... Ela era Juliana, uma menina linda e muito, muito interessante.

Quando voltou de suas férias da faculdade, Cadu não esperava encontrar novidades em sua cidade. Afinal, o lugar era tranquilo e tudo sempre estava na mesma. Porém, a grande volta de Juliana causou um rebuliço, maior do que o esperado, em Pitangas. Afinal, ela começou a namorar com Beto. BETO - o  garoto que adorava ser SOLTEIRO. Cadu não podia acreditar que seu melhor amigo tinha "parado" em uma menina e, muito menos, que essa menina era Juju. Contudo, isso era o de  menos... o que ele, de fato, não acreditava era que ele mesmo poderia se apaixonar por Juliana. Isso mesmo... Cadu, ao encontrar com Juju e Beto, ficou, literalmente, de "boca aberta" por sua antiga vizinha.

Já viu que isso vai dar no que falar, não é mesmo? A partir desse reencontro, Cadu tenta, sem muito sucesso, ficar longe de Juliana. Aliás, nada deve quebrar uma amizade. E namorada de amigo é terreno proibido.

Durante a narrativa, nos deparamos com os diversos sentimentos que se entranham nessa faixa etária: amor, ciúmes e incertezas. Eu acho que foi isso que mais me encantou no livro, pois, querendo ou não, todo mundo já passou , ou passa, por essa fase - na adolescência, você não sabe direito o quer, quais são suas próximas atitudes.... Enfim...Por esse motivo, ao ler a história, você vai encaixando coisas da sua própria vida ao enredo e tudo fica mais verossímil.

Nessa obra, os personagens são palpáveis ... Nenhum deles é perfeito - O que é ótimo, pois quem é perfeito nesse mundinho de meu Deus? Todos têm seus medos, suas próprias inseguranças. Juliana, Cadu e Beto vivem nesse triângulo amoroso mais do que complicado e não sabem como dar sequer um passo sem machucar alguém.

 Para mim, a personagem mais decidida de todas é Alice, irmã de Beto. Ela sabe o que quer, o que não quer e sabe o que fazer, mesmo que isso machuque seu coração - sem dúvida, ela é minha personagem favorita.

A escrita dessa obra é leve e, por isso, você lê rapidinho. Graciela soube colocar tudo o que ela queria na medida certa, mas nos deixou com um gostinho de quero mais no final do livro. Graci, por favor, me diz que vai ter uma continuação??? Hahahaha...

Eu gostei da maneira como as coisas foram descritas e tudo mais... Eu só não consegui encaixar uma coisinha na minha cabeça... Imaginei todos os personagens um tiquinho mais velhos do que eles realmente eram... Acho que determinadas atitudes deles me fizeram pensar dessa forma... Eu via, por exemplo,  a Juliana, com, no mínimo, uns 18.. Mas isso é apenas um detalhe da minha própria imaginação.

Logicamente, não vou falar qual foi o destino dessa turma, mas confesso que me surpreendi um pouco com o desfecho.

Bom, se você quer um livro para relembrar sua fase de paqueras, do frio na barriga, dos beijos roubados e afins, esse é perfeito para você.

Aproveite para comprar seu livro agora porque ainda dá tempo de pegar seu autógrafo com essa autora linda na Bienal de Sampa!

Até a próxima!

Beijos da Alê :D

2 comentários

  1. simplesmente, viciada no blog!!! Amei essa resenha ( assim como adorei todas as outras). Linguagem fluida, divertida e que deixa "gostinho de quero mais". Enfim... mais um livro acaba de entrar para a minha listinha, graças a você amiga :D Parabéns pelo talento incrível!!!! Mal posso esperar para ler a próxima resenha que você vai fazer!!! Beijosss linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Owwnnnn! Obrigada, amiga linda! Fico feliz que tenha gostado da resenha e das indicações no geral! Obrigada por acompanhar meu trabalho de pertinho ;D
      Te amo demaissss! Beeeeeeeeijos!

      Excluir