"Quando vi você" - Nana Pauvolih.


Oláaaa, amores!!

Hoje, nós vamos falar de mais uma autora nacional que vem arrasando na internet e que tem uma imensidão de fãs, conhecidas como "nanetes".... Isso mesmo! Nós estamos falando da linda e simpática, Nana Pauvolih!!! Há pouco tempo, anunciamos lá na nossa page que fechamos uma parceria incrível com a Nana. Por esse motivo, essa querida nos mandou três livros para que pudéssemos falar um pouquinho deles para vocês:




E digamos que eu já devorei Quando vi você!!!! Em dois dias, terminei a linda história dessa obra e, por isso, vim correndo comentar com a família Tbw Br. Vamos resenhar?


Meu precioso autógrafo!
Obrigada pelo carinho, Nana!

***

Quando vi você conta a história de Ana Flor, uma mulher idealizadora, romântica de primeira e que, por isso, sonha com seu príncipe encantado - que, por acaso, não é seu noivo. Ana está num noivado com Vítor Valente, um homem lindo, educado, que é louco por ela, mas que não preenche o coração de nossa mocinha do jeito que ela espera. Por pressão de sua mãe - que procura controlar todas as ações da filha-, de seus amigos e do próprio Vítor, ela permanece nesse relacionamento, tentando sentir algo mais. Contudo, Ana não esperava que uma simples foto mudasse totalmente sua vida e que a fizesse perceber que esse romance sem amor não poderia continuar.

Após ver a foto do primo de seu noivo, Ana descobre que seu príncipe realmente existe e que, infelizmente, não pode ficar com ela. João Pedro Valente abalou todas as certezas que nossa mocinha tinha e virou seu mundo de cabeça para baixo, mesmo sem estar em sua frente. Se uma simples foto fez isso, imagina o que João poderia provocar se estivesse em carne e osso ao lado de Ana? Isso é algo que ela não quer descobrir. No entanto, como todo destino gosta de pregar peças,  João volta de viagem da Alemanha e Ana fica de cara com ele. Nesse encontro, ambos ficam abalados, instigados e excitados pela misteriosa atração que os rondou na primeira vez em que seus olhares se cruzaram.

Uma foto. Um cara. Um passado. Um presente que pode fazer com que Ana Flor tenha uma outra visão e não se apegue totalmente ao lado romântico do amor....

Com o tempo, Ana e João não conseguem resistir ao louco sentimento que os aproxima e um sexy e arrebatador envolvimento começa. Assim, Ana descobre gostos bem peculiares de seu amante, mas não se afasta e agarra com afinco esse "amor", pois quer aproveitar aquele relacionamento fugaz enquanto eles podem. 

Com narrativas alternadas entre os personagens principais, conhecemos o passado nada convencional de João e entendemos suas atitudes durante o livro; torcemos para que Ana consiga conquistar de vez o coração fechado desse cara marrento; e ficamos apreensivos com tantas reviravoltas causadas por pessoas que não querem ver a felicidade do casal.

Ps: ODEIO a Fernanda, amiga de João! Aquela mulher é maluca, meu Deus, só pode!

O enredo, querendo ou não, me lembrou um pouco de Cinquenta Tons de Cinza, mas é óbvio que a Nana soube colocar suas singularidades nos personagens e na história. 

A escrita do livro é envolvente ao extremo e você fica com o coração na boca, tentando saber como será o final. Além disso, uma coisa que me agradou demais foram as músicas colocadas no início de cada parte em que a mudança de narração ocorre. As letras escolhidas coincidiam demais com o trecho da história e isso faz com que você se emocione...
A minha dica, nesse contexto, é colocar a música citada bem baixinho enquanto você lê o capítulo, pois isso faz com você entre ainda mais no clima.

   Os personagens dessa obra são autênticos, com personalidades fortes e decididos. Nenhum deles fica lamentando por ter feito algo ou por ter deixado de fazer determinada coisa. Aliás, quando eles querem, eles vão e fazem, independentemente da consequência que virá. Bom, preciso dizer que, apesar de estar loucamente apaixonada pelo João, escolhi Ana como a minha favorita... Essa menina-mulher soube conquistar o leitor de um jeito fantástico.... Sua maneira tímida, ousada, submissa e dominante ao mesmo tempo mostrou que ela estava no controle de tudo durante todo o tempo! Então, parabéns por isso, Ana Flor!!!! Você é uma diva! 

Esse livro acaba de um jeito maravilhoso, mas deixa aquele gostinho de "bis"! E, graças aos céus, temos uma continuação, chamada Quando vi você 2, que eu já estou lendo e amando.

Então, se você gosta de um bom romance, de um enredo bemmm quente e de uma história de superação psicológica ( algo que eu sempre amo ler), não perca essa leitura, pois sei que você ficará viciado.

Eu gostei tanto do que li que meu exemplar está cheio de marcações, hehehe.


Quer ficar ligado nas novidades da Nana, enquanto a gente não volta com notícias? Então, clique aqui para conferir o blog dela. 

Espero que tenham curtido essa resenha, meus lindos!

Beijos da Alê e até mais :D

5 comentários

  1. Nossa...q maneiro....não sei quando, afinal tenho muitos ainda pra ler, RS....mas quero ler esse livro....me parece muito legal. Parabéns Nana....e bem vinda a família Tbw Br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito shoooow mesmo! Eu amei, amei, amei! E o João?? Meu Deus! Que homem, hehehe!
      Quando puder, eu te empresto sem problemas ;D
      Beijosssss!

      Excluir
  2. Eu amo o João Pedro. Tenho os dois livros no meu Kindle. Pretendo comprar os físicos na Bienal em setembro. Tenho todos os livros da Nana no meu Kindle e o A Coleira em físico. Me considero uma Nanete.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O João é perfeito demais, né?? Fiquei apaixonada por ele e admiro demais a Ana!!! Esse foi o primeiro livro da Nana que li, mas já quero todos os outros!!! Tô começando a virar uma "nanete", hahaha!
      Obrigada pelo comentário, Monica! Espero mais visitas suas por aqui, hein? Beijoos!

      Excluir
  3. Sou uma Nanete assumida! Nana por favor escreva mais livros, não consegui achar nenhuma escritora como vc, já li todos seus livros, já li todos mais de uma vez, Ferida vou pra 4a já...��! Continua a história com os Falcãosinhos!

    ResponderExcluir