Papo de autora com Ana Beatriz Brandão! #4


Caro, editor! Aqui está o meu livro, quero que você publique agora! Obrigada, de nada. (Parte 1)

Olá, anjinhos! Finalmente, você recebeu um retorno positivo dos seus betas e a revisão está prontinha. Seu livro está perfeito para ser enviado para uma editora agora? Claro que não!

Antes de enviar para qualquer editora, é muito importante que você faça o registro da sua obra na Biblioteca Nacional. Afinal, você precisa garantir seus direitos autorais para evitar possíveis problemas no futuro com pessoas que queiram plagiar a sua obra ou com escritores que possam a vir a te acusar de plágio.

O valor do registro está em torno de R$ 20 por livro. O processo é bem simples: basta pagar a taxa e enviar pelo correio uma cópia impressa toda rubricada para o endereço que eles disponibilizam no site. Vou deixar o link das informações aqui, e se vocês tiverem alguma dúvida, podem deixar nos comentários que eu respondo. 

Pronto, já registrei o meu livro. Agora, posso mandar para as editoras? Não mesmo! kkkkk
Antes de enviar seu lindo original para as editoras, você tem que conhecer um pouquinho sobre as formas de se publicar um livro. Como não gosto muito de enrolação e blábláblás, vou direto ao ponto. 

Existem duas formas de se publicar:

Independente: basicamente, você publica seu livro sozinho. Tem diversos sites em que você pode disponibilizar seu livro para venda... dentre eles, há o Clube dos Autores: lá, você pode fazer todo o processo de publicação: capa, diagramação e até calcular o valor que seu livro deve ser vendido. Depois disso tudo feito, você deixa o livro disponível para compra e trabalha bastante para divulgar. Esse é só um exemplo de publicação independente... tem outros sites que fazem isso, por isso, basta dar uma procurada pela internet que achará a melhor opção para você. O único problema dessa forma de publicação é que você não terá o livro físico disponível nas livrarias e alguns sites só oferecem o livro de forma digital, mas é uma opção muito boa! Conheço autores que fazem sucesso publicando dessa forma.

Publicar através de uma editora: uma editora pode ou não assumir todas as despesas e responsabilidades de publicar seu livro. Por que eu disse pode ou não? Hoje algumas editoras estão oferecendo uma parceria na publicação do livro em que o autor entra com uma parte dos custos - não costuma ser um valor muito baixo-, mas você deve pensar em diversos fatores: sua obra vale o investimento? Você quer ver seu livro publicado e pode pagar por isso? A editora oferece uma boa distribuição? Apóia na divulgação?

 A grande vantagem de se publicar por uma editora é  que você terá seus livros disponíveis nas livrarias, e não terá que se preocupar com a distribuição, já que ela faz isso para você.

Poxa, mas eu vou ter que pagar para publicar meu livro?

Quando me falam isso, eu costumo dizer que as grandes editoras raramente (para não dizer nunca), aceitam correr o risco de publicar um livro de um autor totalmente desconhecido sem cobrar alguma coisa dele. As editoras, antes de tudo, também são empresas que visam lucro. No entanto, vale a pena pensar nessa opção. Pesquise bastante e escolha a melhor oferta e que caiba dentro das suas possibilidades.

Importante é você saber que, independente da forma que escolher para publicar seu livro, uma não exclui a outra. Então, mesmo que você opte por uma publicação independente, pode ainda assim, enviar seu livro pra uma editora. É um risco, já que algumas editoras não gostam muito de publicar livros que já foram disponibilizados na internet, mas como a maioria das editoras demora até anos para dar uma resposta sobre a avaliação do seu original, isso quando dão alguma, você pode se cansar e publicar de outra forma.  Minha humilde opinião é que vocês estipulem um prazo para a espera, e se não obtiver resposta, publiquem de forma independente.

Ana, eu pensei bastante e prefiro publicar por uma editora, mas não sei como enviar meus originais para elas... me explica? Claro que sim, só que na semana que vem no próximo post.

Beijo com asas de anjo!

Resenha + Evento "Redenção de um Cafajeste" - Nana Pauvolih!


Olá, pessoal!!

Hoje, eu passei aqui para falar de um livro maravilhoso e de um evento igualmente perfeito feito pela Rocco e pela nossa parceira querida, Nana Pauvolih!

Bom, todo mundo que acompanha nossa page no Facebook sabe que falamos demaiiiiiis do livro Redenção de um Cafajeste! Nós esperamos muito por essa obra e a sua chegada pela Coleção Violeta do novo selo da Rocco, Fábrica 231, nos animou de uma forma que não sabemos explicar. Por esse motivo, é óbvio que não perdemos o lançamento aqui no RJ e corremos para fazer uma cobertura e uma resenha do enredo para vocês!!

Você quer saber de tudo que rolou e quer conhecer mais o Reizinho?? Então, fique ligado nesse post!

***



   


E aí, gostaram do papo de hoje?? 

Espero o comentário de vocês, hein?

Beijos da Alê!

Projeto "Cinquenta Tons de Cinza"!!!

 

Oláááá, meus morecos!

Bom, vocês lembram que fizemos o Projeto Cinquenta Tons de Cinza para que vocês pudessem mandar suas opiniões sobre o filme também?? Então, nós já postamos duas partes da matéria e, hoje, vamos colocar a terceira e última parte!!!

Vamos recapitular essa "novela" rapidinho para todo mundo lembrar ou ver pela primeira vez o que já aconteceu nesse projeto....

Nesse link ( clique aqui para conferir), temos a crítica feita pelo blog e outras críticas feitas por leitoras amigas.

Nesse ( clique aqui para assistir e rir), tem a TAG totalmente inspirada no livro/filme criada pelo nosso blog.

E, agora, veremos a novidade de hoje!!!  Are you ready??

****

Primeiro, nós vamos deixar um daqueles vídeos engraçados e singulares do Tbw Br, hehe!
Minhas amigas e eu, no mesmo dia em que gravamos a TAG aí de cima, falamos sobre a adaptação do Mr. Grey para as telinhas e, por isso, resolvemos compartilhar com vocês a nossa humilde opinião. Espero que curtam e que caiam na gargalhada!

   

E, agora, para encerrar com chave de ouro, deixamos a opinião da nossa amada Flay, minha irmã e querida do Tbw Br:





  


Da próxima vez, a Flavinha tem que entrar no vídeo engraçado também... Concordam??

E aí, o que acharam desse nosso projeto?? Esse, com certeza, foi o maior de todos que fizemos e o mais elaborado pela equipe! 

Espero que tenham curtido! Aguardo os comentários, hein??

Beeeijos da Alê!

Papo de autora com Ana Beatriz Brandão! #3


Acabei de escrever o meu livro. O que faço agora?

Depois de horas debruçado no computador, dedos doendo de tanto digitar, noites de insônia, muito chocolate, muitas ideias borbulhando na cabeça, muitos deletes e centenas de palavras depois, finalmente você terminou de escrever seu livro.  Se resistir ao impulso de apagar tudo depois do FIM, então chegou a hora de dar um destino a essa história. O que eu vou fazer agora?

Outra coisa que me perguntam muito é: “O que fazer para conseguir publicar um livro?” E eu sempre respondo baseada nas pesquisas que fiz e na minha experiência: primeiro, teste o livro. Como? Simples, escolha pelo menos quatro pessoas de sua confiança para lerem o livro e darem sua opinião SINCERA sobre a história. A leitura crítica é muito importante antes de pensar em enviar seu original para a editora avaliar.  

Não tem coisa pior do que você acabar de escrever um livro e já querer enviar pra editora, muitas vezes, sem nem fazer a revisão. Isso vai queimar seu nome logo de cara, ainda mais se for o primeiro livro que você escreveu. O meu primeiro livro escrito, Ilha dos Sonhos (que a propósito está disponível no wattpad), não foi o que enviei a uma editora, e o motivo é óbvio: estava mal escrito, cheio de erros e falhas na história. Só hoje, depois de algum tempo e depois de fazer uma boa revisão, que decidi disponibilizá-lo para o público, mas, na época em que o escrevi, pensava que estava perfeito.

Eu tenho a beta (nome que chamamos as pessoas que leem o livro antes de qualquer pessoa) mais crítica do mundo: minha mãe.  É sério! Ela lê meus livros e acha defeito até onde não tem, mas isso me ajuda muito. Ela é bem detalhista e coerente. Fez a revisão do Sombra de um anjo sete vezes e, mesmo depois de publicar, ela ainda quis que eu mudasse algumas coisas para a segunda edição! É de pessoas assim que você precisa para ler seu original.

Não tenha medo de críticas, pois elas são para o seu bem. E não tenha medo de mudar algumas coisas se for o melhor para a história. Nesse momento, nada de superego. Seja humilde e aceite as sugestões que seus betas lhe fizerem. Acredite, nenhum autor no mundo escreve um livro sozinho... todos precisam sempre de alguém que leia a história e aponte coisas que, muitas vezes por conta da empolgação, deixamos passar.

Outra coisa importantíssima é fazer uma boa revisão. Não dá pra mandar um livro pra uma editora cheio de erros gramaticais. Se gramática não é seu forte, procure alguém para fazer, um amigo, professor ou profissional da área. Esse é um ponto muito importante, viu? Imagina um editor pegando seu livro para ler e logo de cara já tem uma palava escreta erada.  Vose axa que ele vai continuar a le o livru?! Craro que naum neh?

Então ficam as dicas: terminou o livro? Arrume pessoas de confiança pra fazer a leitura crítica e para fazer a revisão ortográfica. Se tudo estiver certinho, se a história for empolgante e você tiver certeza que quer publicar, então agora basta fazer contato com as editoras. Como? Te conto no nosso próximo papo de escritora. 

***
#Alê aqui!

Só eu estou aprendendo muito com essa coluna?? Nossa! Obrigada pelas dicas, Bia!
Estou anotando tudo aqui num caderninho! Hahaha!
E vocês??? Deixem aqui nos comentários o que já aprenderam e o que estão achando desse nosso papo!!

Beeeeijos!

"Boa noite, Estranho" - Jennifer Weiner


Olá, meu povo....tudo beleza????
Cara, tô tão feliz com o nosso blog =) ... estamos atingindo cada vez mais novos leitores e conquistando novas parcerias!!! Portanto, não percam nossos posts, pois muitas novidades estão por vir!

Bom, mas deixando de lero-lero, vamos conferir a resenha??

Hoje, nós vamos falar da obra Boa Noite, Estranho – Detetive por acidente, da autora Jennifer Weiner. 

O livro conta a história de Kate Klein, uma mãe de três filhos, moradora do subúrbio de Connecticut, que está infeliz nessa nova cidade com um marido que não está lhe dando muita atenção nos últimos tempos... longe de seus familiares e amigos, tudo começa a parecer pior.

Kate começa a frequentar os playgrounds da região, porém é sempre esnobada pelas supermães de Upchurch.... No entanto, quando uma das mães do bairro é cruelmente assassinada, Kate vê nisso uma oportunidade de se sentir mais útil, ou seja, ela decide investigar o crime por sua própria conta e risco.... Só que ela não imaginava que acabaria entrando em uma teia de mistérios, ciúmes e traições que podem acabar trazendo consequências perigosas para sua própria família.

Essa é uma história envolvente e que nos leva e entrar num clima de investigação e de romance policial.

“À medida que Kate mergulha mais e mais fundo no passado da vítima, ela descobre os segredos e mentiras por trás das cercas brancas de Upchurch – e começa a repensar as escolhas e compromissos de toda mulher moderna ao oscilar entre obrigações e independência, cidades pequenas e metrópoles, ser mãe e não ser.”

 Eu curti bastante a história.... não é uma das leituras que me empolgou muito desde o início, mas ela traz um enredo que  te prende muito do meio para frente. Assim, você fica preso nas páginas, já que quer muito saber quem é o assassino de Kitty Cavanaugh.

Pra mim, algumas explicações ficaram faltando no livro, como, por exemplo, o que aconteceu com a paixão da juventude de Kate, Evan. Ele não dá mais as caras depois que eles são pegos conversando no carro dele numa cena comprometedora - afinal de contas, Kate é casada...rs... - pelo policial do local. Mas, enfim, fica a pergunta: cadê o Evan?

Outra curiosidade minha que também não foi desvendada pelo livro foi: onde está Lexi, uma das mães do playground que simplesmente desapareceu?? Ok...sabemos que ela sumiu por culpa do assassino, mas o que aconteceu com ela??? Ninguém sabe, ninguém viu...

O livro oscila entre o passado e o presente... e, particularmente, gostei mais do passado, já que é nele que nos é apresentado Evan, que não só volta para deixar Kate mais confusa sobre suas escolhas, mas que também acaba ajudando nessa investigação. 

Ah... Achei muito legal também eles mencionarem sobre essa nova moda de Ghost Writer que anda por aí. Para quem não sabe, Ghost Writer é a pessoa que escreve um texto ou uma obra e entrega o escrito para um autor de renome publicar como se fosse seu... Se permitem a minha mais sincera opinião, isso não me agrada de forma alguma, pois se trata de uma coisa que dá status a um autor quando, na verdade, o texto é de outro... Corre a boca miúda que existe um famoso autor da atualidade que publica várias obras ao ano com a ajuda de  Ghost Writer. Será, produção???

Bom, preciso dizer então que  vale a pena ler essa obra! Ela traz de fato bastante mistério e intriga para nós encararmos junto com a personagem.

Leiam mesmo esse enredo, pois preciso de ajuda para desvendar esses mistérios. Afinal, Quem? Como? Quando? Onde? Por quê? são sempre as perguntas que devem ser respondidas em um crime...não acham???


Espero que vocês tenham curtido essa resenha. Prometo voltar o mais breve possível e já com bastante novidades pra vocês.

Beijokas da Flay!!!!



"Fingindo" - Cora Carmack!

 

Olá, anjos meus!

E, finalmente, eu vim aqui para falar desse livro mais do que esperado por mim!!!!!! Todo mundo que acompanha o blog sabe que eu fiquei tremendamente apaixonada pelo Garrick de Perdendo-me da querida Cora Carmack (Não leu essa resenha?? Clique aqui para conferir!).... Fiquei encantada pela escrita da autora e adorei saber que veria mais de Cade e Kelsey nos próximos livros da série, já que Cora quis nos contar a história de cada um daquele trio ternura!! Bliss teve seu final feliz com seu britânico e chegou a vez de Cade receber a devida atenção nesse enredo!!! Então, vamos falar mais sobre ele???

***
Fingindo nos conta a história de Cade Winston, um estudante de mestrado em belas-artes, que tenta montar uma nova vida após se decepcionar amorosamente ao ver sua melhor amiga se apaixonar pelo professor britânico da faculdade. Cade amava Bliss mais do que tudo - ou era isso que ele achava...

Como sempre foi um bom amigo, nosso mocinho ainda encontra com Bliss e com o novo namorado dela e, cada vez que isso acontece, seu coração parece mais machucado. No entanto, após um desses encontros, seu coração pode ser renovado e bater como nunca batera antes.... 

É num Café que Cade encontra Max, uma mulher cheia de vida, com tatuagens, piercings, com uma aura leve, espirituosa e que tem um namorado que, apesar de também ser tatuado, não combina em nada com ela! Assim, por uma vontade do destino, Cade e Max se olham e um vê no outro a chance de resolver seus problemas.... Max tinha acabado de receber uma ligação de seus pais, que nem sonham que ela leva esse estilo de vida tão livre, e ficou sabendo que eles a encontrariam em poucos minutos... ela não podia nem pensar em apresentar seu real namorado para eles e, por isso, resolve pedir para aquele até então desconhecido fingir que é seu namorado. Aliás, Cade parece ser um homem certinho e tem a aparência de um.... Nosso protagonista, que realmente é muito comedido e que sempre age muito com o pensamento, resolve fugir de seu lado racional e aceita a proposta de Max...

Um fingimento que pode despertar diversos sentimentos e que pode confundir o que é encenação com o que é real. Enquanto Max e Cade se identificam, tentam salvar a pele dela e um romance tenta arrebatar os dois, obstáculos criados por eles mesmos podem arruinar uma bela história de amor.

Como disse, eu me apaixonei por Perdendo-me, mas preciso confessar que Fingindo roubou meu coração. A história do casal do primeiro livro é linda e perfeita, porém é rasa... já o enredo de Cade é bem mais complexo e envolvente, pois lida com experiências pessoais, mexe com nosso "eu interior", fala de insegurança, medo e superação. Antes de ler essa obra, achei que Cade era bem "água com açúcar", mas ele quebrou a minha cara com estilo e estou totalmente apaixonada por ele (Garrick, apesar de eu ter um tombo por britânicos, o americano da vez roubou seu lugar na minha vida, hehehe, desculpe!). 

E como é a Max, Alê?? Você já falou muito do Cade!! Haha... verdade... me desculpem também... 
Bom, Max é o tipo de personagem forte, determinada, que vive constantemente atormentada por seus fantasmas e que, por isso, ergue muitas muralhas para se defender das pessoas... Ela é um intenso paradoxo e, por isso, virou uma das minhas mocinhas favoritas.

Com narrativas intercaladas entre o casal principal, ficamos de olho em cada sentimento, hesitação e entrega desses dois. Ah... esse foi um dos pontos que mais gostei, já que no primeiro livro só vemos o ponto de vista de Bliss ( Garrick só aparece com voz ativa em um capítulo)... amei ver os dois lados da história de Cade e Max, porque os dois têm passados surpreendentes e que não podiam ser esquecidos por apenas um romance. 

Cora Carmack com certeza se superou dessa vez e espero que me surpreenda mais no livro da Kelsey! Estou ansiosa pela leitura!!

E aí, gostaram da resenha? 

Espero o comentário de vocês enquanto curto minha depressão pós-leitura, hehe!


Beijoooos da Alê!

Cobertura do evento "Mulheres na Literatura"!


Ooooie, família Tbw Br!

Bom, hoje, vim aqui para contar tudoooo que aconteceu nesse encontro exclusivo para blogueiros na Fnac do Barra Shopping!

Há um tempo, a Qualis Editora divulgou a novidade e deu essa oportunidade para todos os blogs... sabendo disso, nós não perdemos tempo, nos inscrevemos e, depois de um período, recebemos a notícia de que havíamos conseguido o convite!!

Assim, a Flay e eu fomos muito animadas para esse encontro incrível... e, quando chegamos lá, descobrimos que esse evento foi feito para 30 blogs e que nós estávamos entre os escolhidos. Vocês podem imaginar que surtamos muitoooo, não é mesmo??? Senti aquela sensação de dever cumprido, sabe?... nós sabíamos que o evento seria fechado, mas não imaginávamos a disputa acirrada pela vaga e nem que seriam tão poucos selecionados!!!

Obrigada pela confiança, Qualis; um obrigada para as autoras que também ajudaram na escolha e obrigada a todos os leitores que nos acompanham e que fazem com que nosso blog cresça aos pouquinhos...

Agora, sem enrolar tanto, vou falar sobre a nossa noite literária.... Como vocês viram na imagem principal do post, contamos com a presença de Simone Fraga, Mila Wander, Janaina Rico e Cristina Valori num bate-papo sobre Mulheres na Literatura... Sabemos que a presença feminina nesse campo vem aumentando, GRAÇAS A DEUS, exponencialmente e, por isso, nada melhor do que quatro autoras talentosas falando sobre quebra de tabus.



Essas autoras mediaram o evento de forma esplêndida... 

Nesse contexto, falamos sobre seus livros, ficamos por dentro de algumas novidades dos lançamentos, fizemos diversas perguntas....


E vimos os Book Trailers de cada obra...




Infelizmente, não consegui tirar foto de dois dos Book Trailers, mas colocarei os links deles aqui já, já.

Bom, vocês querem saber mais um pouquinho sobre os livros das meninas? Querem, né? Então, vamos falar um pouquinho deles...

***

Minha pequena, grande mulher


"Nem mesmo uma infância sofrida, cheia de abusos impediu que Júlia se tornasse uma mulher forte e independente, a frente dos negócios da família. Mas, o passado retorna e traz com ele a melhor e a pior parte de sua história... 

Lucas sempre protegeu a amiga de infância e por ela se apaixonou em segredo, um sentimento que só fez crescer durante todos esses anos, e nem mesmo a distância a fez diminuir. Quando o maior pesadelo de Júlia retorna, ele fará de tudo para mantê-la a salvo, de preferência ao seu lado e na sua cama.

Mas será que Júlia estará preparada para se entregar a um novo Lucas, que tem desejos e preferências que podem assustá-la? O amor, a confiança, o respeito e proteção, sentimentos que envolvem essa relação, serão fortes o suficiente para resistir e vencer o passado, e a violência que ela ainda terá que enfrentar?"

Para sempre, minha pequena 

" Lucas e Júlia vivem seu melhor momento, depois de anos de sofrimento, incertezas e medo, parecem ter superado os tempos difíceis que passaram e finalmente realizaram seu sonho.

O casamento está prestes a acontecer. Juju e Luquinha estão crescendo e se tornando tão unidos quanto deveria de ser, cercados dos amigos e de seus familiares.

Lucas não vê a hora de Júlia se tornar a Sra. Tuner, oficialmente sua pequena. Enquanto Júlia cuida dos preparativos do casamento, da ansiedade de Juju e de Luquinha, sente a angustia invadir seu peito. Será medo ou pressentimento? 
Lucas percebendo os sentimentos de sua pequena, não medirá esforços para garantir a segurança e proteção necessária para a realização de um casamento perfeito.
Mas será o suficiente para manter afastado aqueles que tanto quiseram destruir a felicidade deste lindo casal? Será que todos os acontecimentos que os atormentaram no passado realmente ficaram para trás, ou aqueles que tentaram destruir essa união ainda irão surpreendê-los?

Eles lutaram muito por suas vidas, por esse amor, para estarem juntos e por sua família. Agora só nos resta descobrir se o felizes, será para sempre.

Esse livro contém Spoilers do livro 01
Para amar e proteger - Minha pequena, Grande Mulher"

Clique aqui para conferir o Book Trailer do primeiro livro... garanto que você irá amar!


Para amar e proteger - Minha pequena, Grande Mulher e Para sempre, minha pequena são de autoria da querida Simone Fraga, uma autora que mostrou ter uma intensa conexão com seus personagens durante o debate sobre seus livros...

Confesso que essas duas obras foram as que mais me chamaram atenção, pois amei como os enredos foram apresentados... eles são fortes e arrebatadores. Além disso, Simone escreverá outros livros da série, contando histórias dos amigos do casal, ou seja, isso fará com que eu fique ainda mais apegada aos mocinhos, pois amo ler os acontecimentos de personagens secundários que viram principais!


 

E é claro que nós fomos tietar para conseguir uma foto com a Simone, né??


Dominados

"Laura Diniz está concorrendo a um cargo na diretoria da Construtora Marcos Delacox. 
Henrique Farias também.
Laura Diniz é orgulhosa, ambiciosa, poderosa e viciada em desafios. 
Henrique Farias também.
Laura Diniz é uma dominatrix fatal. 
Henrique Farias é um dominador intenso. 
O JOGO DE PODER E SEDUÇÃO SÓ ESTÁ COMEÇANDO..."



Clique aqui para ver o Book Trailer e ficar ainda mais ansioso por essa leitura!

Nossa foto com a Mila!

Dominados é a obra da querida Mila Wander, uma autora simpática e que foi bem participativa no evento.

Enquanto ela falava sobre o enredo, me encantei realmente pelo que vi, pois achei que essa sacada da mocinha ser Dominatrix trouxe um tremendo diferencial para a história, já que sempre vemos só o homem como Dominador...

Estou louca para ver esse confronto. Afinal, "se dois bicudos não se beijam", como será o final de Laura e Henrique???

 
Flay e Mila.




"Ao completar 30 anos, sentia-me excluída dos conceitos de beleza. Eu olhava vitrines e revistas e não me considerava encaixada em nada daquilo. Por mais que eu me visse como uma mulher sexy, madura, bonita e confiante, sentia falta de ter uma mulher como eu, fora dos padrões de beleza estabelecidos pela mídia, falando sobre sexo prazeroso e mostrando cliques de moda e sensualidade. 

Depois de muito pensar, resolvi criar o projeto "365 dias de sensualidade com Janaina Rico". Todos os dias eu postava na internet uma foto sensual e um conto erótico. Minhas “mocinhas” das histórias eram algumas vezes gordinhas, outras magrinhas, outras altas, outras baixas. Podiam ter sardas, usar óculos ou ter os dentes levemente tortos. Elas eram normais. Nas minhas fotos, eu fazia questão de nunca utilizar o photoshop, e elas iam com celulites, estrias e muito charme. 

O projeto começou pequeno e tímido. Apenas eu e meu marido divulgávamos nas redes sociais, e alguns preconceituosos vieram dizer que eu estava me expondo ao ridículo e poderia, com aquilo, enterrar a minha carreira de escritora. Se eu falar que não bateu um certo frio na barriga, estarei mentindo. Mas, resolvi continuar, firme e forte, dia após dia, mostrando meu corpo e minhas histórias na rede. 

E, qual não foi a minha surpresa, quando um belo dia fui olhar o número de acessos, já tinha passado de cem mil visualizações, com poucos meses no ar. Depois, um dos maiores jornais do país me colocou na capa e fez uma matéria de duas páginas, dizendo que eu era um ícone para mulheres do Brasil. Comecei a ser convidada para entrevistas em rádio, TV, sites, blogues... 

Recebi e-mails do pais todo! Mulheres dizendo que depois de mim tiveram coragem de voltar a usar mini-saia, que voltaram a ter uma vida sexual legal, que eu tinha feito o casamento de algumas melhorarem, e outras se abrirem para o amor. Com pequenos textos eróticos e algumas fotos libertadoras, fui capaz de melhorar a vida de muitas pessoas, e não existe dinheiro no mundo que pague isso! 

Quando o projeto acabou, eu senti que aquilo não poderia terminar assim. Eu tinha ainda uma dívida de gratidão com todas aquelas pessoas que confirmaram a minha suspeita de que ser uma pessoa normal, baixinha, gordinha, de cabelos cacheados e algumas celulites nas pernas, faz com que eu seja uma pessoa linda e única no mundo. 

E quando a editora Qualis me convidou para lançar um livro, eu não poderia fazer outra coisa! Selecinei 100 dos 365 contos que publiquei no meu site e coloquei aqui para vocês. São histórias quentes, eróticas e sensuais. Sem tabus ou vergonhas. O sexo deve ser lindo e prazeroso, independente de corpos moldados na academia ou plásticas no seios. 

Te convido a 100 dias de muito prazer. Divirta-se lendo, assim como me diverti escrevendo. 

Com muito amor, 
Janaina Rico"

Clique aqui para assistir o Book Trailer e ficar com aquele gostinho de "quero mais"....

E, agora, vamos falar da diva!!! A mais do que simpática Janaina Rico vem com mais um sucesso para fortalecer a literatura nacional e quebrar ainda mais qualquer preconceito acerca do tema da sexualidade....

Precisamos aplaudir a atitude da Jana... achei genial a postura que ela tomou sobre a polêmica do corpo perfeito. Nós mulheres somos lindas, independentemente da forma, e, por isso, não precisamos ter vergonha de usar as roupas que queremos!
Obrigada por levantar essa bandeira, Jana!! Estou louca para ler esses contos quentes e me livrar de qualquer tabu presente na sociedade!!


 

Nossas fotos com a linda da Jana!


 

"Quem determina o que é certo ou errado? Como saber qual caminho seguir? O que nos garante a certeza de ter feito a escolha correta? Será que a razão deve prevalecer ou seguir o coração é sempre o melhor? Você conseguiria viver sabendo que as suas decisões podem mudar tudo? Por que o destino as vezes nos testa?

Para Fabiana nada poderia mudar a sua história. Ela sempre teve esta certeza, até que a vida provou que nem sempre é fácil decidir qual rumo tomar. Que o seu coração é quem comanda e a guiará para a decisão correta.

Em um sábado como outro qualquer, Fabiana se vê diante de uma situação que mudará a sua estrutura, deixando-a com dúvidas sobre a sua, perfeita, vida. Ela será obrigada a fazer a sua escolha, quando o destino exige uma decisão.
Como não se entregar ao verdadeiro amor? Como viver sem se sentir culpada? E por quê? Porque ela estava sendo testada daquela forma?

Essas e outras perguntas começaram a fazer parte do seu dia a dia, desde o momento que resolveu seguir os seus sentimentos.

E você? Faria o que? Seguiria o seu coração?"



Clique aqui para assistir o Book Trailer e cair de amores pelo enredo, como aconteceu comigo.

Escolhas é a obra da maravilhosa Cristina Valori, uma autora que demonstra que já vai se destacar com seu primeiro livro!!

Eu amei a história da Cris, pois toda a trama é bem real e envolvente e, por esse motivo, estou torcendo imensamente para que essa linda ganhe mais e mais leitores!!


 
Momento fã com essa lindona da Cris!

***

E aí, gostaram dos livros das meninas como nós gostamos?? Espero que sim, pois essas leituras parecem imperdíveis! 

O evento foi muito bem organizado e conduzido... Amamos cada momento e essa oportunidade! 
Ah... e o negócio era tão chique que cada blog recebeu um livro de brinde e marcadores das autoras...

 

Nós ganhamos o livro da Simone!!!!!!!!!!!!!! E vocês sabem quem ficou com ele???
A Flávia! Argggg! Já falei que vou roubar! Hehehehe! 


E, além disso, rolou uma megaprodução... com direito a esse drink espetacular aí de cima ( e um graçom mais espetacular ainda, hihi)...  

  


Enfim, eu adorei essa oportunidade de ficar mais perto do trabalho dessa editora e dessas autoras tão talentosas! Muito obrigada novamente para todos os envolvidos!

Nós amamos tudo e esperamos ajudar nos próximos também, pois já queremos mais eventos, hihi!!!

Gostaram da cobertura?? Então, fiquem ligados no blog, pois voltamos com mais novidades em breve!

Beeeeijos da Alê!

Papo de autora com Ana Beatriz Brandão! #2


"Quero ser escritor para ser famoso e ganhar muito dinheiro"

Por incrível que pareça, esse é um dos recados que mais recebo no meu facebook ... e ele vem junto com a  pergunta: me dá dicas de como conseguir isso?

Primeiro, eu peço que a pessoa me conte se ela descobrir como ficar rica, escrevendo livros no Brasil, pois eu ainda não sei. Depois, falo que escrever um livro, só pensando em fama e em dinheiro, é caminho certo pro abismo... já começou fazendo errado.

Escrever é uma arte, e, como toda arte, exige amor e dedicação por parte do autor. Quando o foco principal é dinheiro e fama, a essência de escrever se perde, assim como a história.

Ser escritor no Brasil exige, além de talento para a escrita, disciplina, muita determinação e trabalho árduo de divulgação. Acho que se existisse uma fórmula para o sucesso, ela seria a união de todos esses elementos. O maior trabalho, a coisa mais difícil, por incrível que pareça, não é escrever o livro em si, mas conseguir publicar - seja de forma independente ou através de uma editora -, fazer com que as pessoas conheçam a história, se interessem por ela e a comprem. Dá muito trabalho, muitas vezes causa frustração e desânimo... e é por isso que o amor pelo o que se está fazendo é importante.

 Costumo falar nas entrevistas que faço por aí que, quando fazemos algo com amor, o dinheiro é consequência. As pessoas mais bem sucedidas do mundo trabalham naquilo que gostam... Acho que isso é um parâmetro que devemos seguir para ter sucesso.

Então, se você quer ser escritor para ser famoso e rico, esqueça e escolha outra profissão, mas se escrever é sua paixão, se te faz feliz, aposte; acredite; leia muito; estude mais ainda; e o principal: escreva sem se cobrar, sem a pressão de ter que publicar e fazer sucesso, pois isso atrapalha muito no desenvolvimento da história. 

E, quando o livro estiver pronto, o que vai fazer com ele? Aí, é papo para outro post ( Escrevi meu livro e agora? Como enviar pras editoras?)....

Beijo com asas de anjo pra vocês!!!

***

#Alê aqui!

Adoreeei essa matéria da Bia... Concordo demais com o que ela disse! E vocês??

Ah... você chegou agora e não viu o primeiro post dessa autora linda? Então, clique aqui para conferir.

Você já leu a apresentação da coluna e quer ficar de olhos nas redes sociais e nas novidades da Bia? Então, vou colocar alguns links aqui para você!

Instagram: @anabiabrandao
Facebook: clique aqui para ser direcionado para a página.
Wattpad: clique aqui para ler as melhores histórias da sua vida.

Esperamos os comentários de vocês, hein??

Beeeeijos!

"Diário de um adolescente apaixonado" - Rafael Moreira.


Olá, fãs de livros!

Hoje, estou aqui para falar de um livro milagroso! Oi? Ficou doida, Alê? Não, fiquei, não, gente!
Vou explicar.... Bom, digamos que esse enredo do Rafael Moreira lançado pela nossa parceira Novo Conceito conseguiu uma coisa que eu nunca consegui!!! 
Tá... fala logo e chega de mistério, Alê! 
 Todo mundo que acompanha o blog sabe que meu pai também é leitor e que ele é fã do Maurício Gomyde.... Tá... até aí, tudo bem... só que ninguém sabe que minha mãe NÃO GOSTA MUITO DE LER .... porém, isso pode mudar em breve, pois a minha digníssima me viu lendo o livro do Rafa, pegou, leu a sinopse e disse: QUERO LER TAMBÉM! 

Genteeee, isso é um milagre!  O que eu não consegui fazer em 18 anos, o Rafa conseguiu em minutos! Meu Deus! Parabéns, querido! Sou sua fã! 

Então, agora que eu contei o milagre do século, vamos falar sobre essa obra maravilhosa??? Se você gosta de crônicas, sinceridade e emoção, esse livro foi feito para você e para a minha mãe!

***

O Diário de um adolescente apaixonado do autor que é sucesso no YouTube, Rafael Moreira, nos traz crônicas incríveis com muito humor, muita reflexão e paixão.

Como disse para vocês no post da Encomenda Literária, amo escrever crônicas porque posso colocar muito de mim nelas e posso falar sobre uma coisa do cotidiano ou de um sentimento que está guardado no peito! Eu simplesmente amo! No entanto, confesso que leio poucas crônicas de outras pessoas... o livro do Rafa foi o primeiro desse gênero que realmente li. E fico feliz por isso, pois eu simplesmente amei!

  Com uma linguagem extremamente atual, a narrativa do Rafa nos conquista, pois parece que ele está conversando com a gente, sabe? Eu fiquei encantada... E, pessoal, os temas das crônicas são bastante diversificados... lemos sobre amor, família, política e tudo que está presente em nossa vida. Em muitos momentos, refleti sobre muitas coisas que estavam acontecendo ao meu redor.... Posso dizer que essas crônicas vieram na época certa para mim... 

Adorei cada texto desse livro, mas posso falar que escolhi Não se iluda e  A moral da História como meus favoritos... O primeiro fala sobre nossa mania de criar expectativas ( algo que eu faço demaiiis); e o segundo aborda uns questionamentos da nossa política. Não vou falar muito sobre eles, pois quero que vocês leiam e opinem sem se influenciarem pelo meu olhar... Mas, depois, me digam o que acharam dessas duas crônicas em especial, por favor! <3

Além de tudo de que já falei, preciso ressaltar que a diagramação desse livro não pode receber críticas negativas... A Novo Conceito realmente arrasou e eu amei cada detalhe...



Queria falar muitooo mais sobre todas essas passagens, mas não posso, pois a graça é que você sinta tudo que as palavras querem transmitir ao passar pelas páginas. Aliás, cada um terá uma reação e uma interpretação sobre o que Rafa trouxe, pois, como somos seres dotados de emoção, cada um vai colocar sua realidade dentro do que lê... e isso é o mais legal desse tipo de leitura!! Conseguimos arrancar sentimentos diversos, a partir de um mesmo norte.

 Apesar de ter amado a escrita e querer terminar logo de ler tudo, eu li esse livro em doses homeopáticas porque não queria que esse meu momento de "olhar para dentro do meu próprio eu" acabasse logo... Então, li umas três, quatros crônicas por dia e já estou sentindo muita falta desse meu momentinho particular!

Rafaaaa, preciso de mais uma obra sua urgentemente!!!

E vocês?? Se animaram com essa resenha?
Espero que sim!

Não percam essa leitura, pois ela é fantástica!

Beeeijos da Alê!

Papo de autora com Ana Beatriz Brandão! #1




Olá, anjinhos do The Best Words Br! 

Esse é meu primeiro post aqui no blog como colunista e estou muito feliz em poder escrever pra vocês. Bom... Pra quem não me conhece, sou a escritora dos livros Sombra de um anjo e Caçadores de Almas, ambos publicados pela Editora Novo Século, e o Ilha dos Sonhos que posto no Wattpad; tenho 15 anos; já escrevi 14 livros;  moro em São Paulo; sou potterhead, tributo, divergente, shadowhunter; e adoro literatura nacional!

 Fiquei muito feliz com o convite da Alexandra pra participar do blog e, como ela me deixou livre pra escrever sobre o que eu quiser, vou escrever minha lista de supermercado pra vocês (brincadeirinha.. kkkkk). Vou tentar postar um pouco da minha experiência como escritora, sobre como é publicar um livro, como podemos divulgar e vou responder também as perguntas que vocês quiserem deixar aqui no blog. Não sou a sabe tudo do mercado literário, mas vou falar um pouquinho sobre o que eu aprendi e deu certo pra mim. 

Espero que gostem da minha coluna e não se esqueçam de conhecer um pouquinho sobre meus livros e sobre essa escritora meio maluquinha no facebook e no wattpad. 

Beijo com asas de anjo pra vocês!!!

***
#Alê aqui!

E aí, amores? Gostaram dessa novidade incrível???

Eu adoooorei! Estou louca para ler o próximo post dessa nossa amiga e parceira querida!

Quer ver a resenha que nós fizemos do Sombra de um anjo para ficar ainda mais ansioso pelo próximo papo da Bia? Então, clique aqui para conferir!

Não esqueçam dos comentários, hein?? 

Seja bem-vinda, Biaaaaaaa! <3


#TAG (Inédita): Perca o controle literário!!

 

Ooooie, gente!

Como prometido no nosso post sobre a adaptação de Cinquenta Tons de Cinza para o cinema, voltamos com uma novidade para vocês! Inspiradas no filme, criamos uma TAG literária bem divertida e peculiar... do jeitinho que o Tbw Br costuma fazer!
Vamos conferir?

* Ps: Mesmo que você não curta Cinquenta Tons, não deixe de conferir esse post, pois falamos de outros livros também. 
  


Espero que tenham curtidoooo! Deixem os comentários de vocês por aqui, hein?? Hehehe...
Em breve, voltaremos com o último post desse projeto sobre o nosso amado Christian Grey! Fiquem de olho e se inscrevam no nosso canal!

Beijos da Alê!

"Quando vi você 2" - Nana Pauvolih.


Olá, livráticos!

Que tal começarmos nossa semana com a resenha de um livro extremamente sensual e envolvente?? Topam? Então, vamos lá!

Meu autógrafo <3

***

Como vocês já sabem, fizemos uma linda parceria com a querida Nana Pauvolih e ela nos disponibilizou três de seus livros para que pudéssemos resenhar para vocês... Nós já falamos sobre o maravilhoso, lindo e tudibom  do João Pedro Valente em Quando vi você ( Não viu esse papo? Então, clique aqui para conferir), mas, como o que é bom deve durar mais, essa linda autora nos agraciou com uma continuação esplêndida...e, por isso, passei aqui para falar desse livro incrível.

Na nossa resenha anterior, falei que a história de Ana Flor e João Pedro tinha acabado de um jeito perfeito, mas que deixou aquele gostinho de quero mais.... e preciso dizer que essa continuação matou muitoooo bem nossa vontade. Não sei como, mas consegui me apaixonar ainda mais pelo casal principal e já estou em abstinência, pois não tenho mais o que saber  sobre João. *Cara de desespero.

Quando vi você 2 nos traz o amadurecimento dos protagonistas da série. Envolvidos num tórrido romance que os levará em breve para o altar, eles tentam conciliar suas personalidades tão diferentes para que a vida dos dois siga da melhor forma possível. Na leitura, você consegue perceber nitidamente a mudança de ambos: Ana está mais confiante em tudo... seja em suas escolhas, seja em sua sensualidade; e João está mais controlado... ele consegue dominar seus instintos, na maioria das vezes, e, por esse motivo, consegue ser um dominador no ponto certo.

Mas aí você deve estar pensando... a história vai girar só em torno disso??? E eu respondo... claro que NÃO!

Nesse enredo, encontramos uma batalha emocional muito mais intensa do que a anterior, pois há pessoas que não querem ver a felicidade dos nossos mocinhos. Fernanda, uma mulher louca e obsessiva, vai tentar fazer de tudo para separar nosso casal, e cabe aos dois lutarem bravamente, enfrentando seus fantasmas, para conquistarem seu felizes para sempre.

Com o mesmo toque de humor, sensualidade e ritmo, essa obra flui como a primeira. Algo que é essencial, pois significa que a autora soube se conectar com seus personagens de tal forma que não deixou a história se perder.

Genteee, preciso avisar que os forninhos de vocês irão desabar com o Epílogo desse livro! Está tão perfeito que eu cheguei a chorar! Tá maravilhoso, divo, perfeito... já disse maravilhoso? Hehehe.

Se vocês não se importarem com spoilers, vou soltar um, porque preciso muito contar qual foi minha cena preferida ( se você não curte spoiler, pule essa parte da resenha, por favor, e me desculpe, mas não consigo me conter). Bom, a minha parte predileta dessa continuação é o momento em que João deixa de ser dominador por uns instantes e vira submisso de Ana! Meu Deus!!!!!! Eu surtei com essa parte, pois essa transformação é muito importante e é muito mais do que uma coisa física... essa mudança é também psicológica e é genial! Eu ameiii, ameii!

No mais, os acontecimentos vêm e fazem com que você se apegue demais aos personagens e, por isso, esse segundo livro não pode ser considerado desnecessário. Se me permitem dizer, gostei mais desse do que do primeiro ( e olha que eu fiquei apaixonada pelo anterior)!

 A Nana virou uma das minhas autoras nacionais preferidas e não pretendo perder nenhum livro dela. E, como sei que vocês não vão querer também, não deixem de ir ao lançamento da obra da Nana, Redenção de um Cafajeste, que será lançada pelo Rocco, com o selo Fábrica 231!

Deixarei aqui as datas e os locais da turnê:



Espero que todos tenham curtido essa resenha!
Recomendo muitooo a leitura e garanto que vocês não irão se arrepender.

Beijos da Alê!

Keep Calm And... #EncomendaLiterária


Oooie, gente!!!

Vamos começar mais um final de semana falando sobre os livros que a querida Novo Conceito nos mandou???

Maravilhosos, né???


Eu estava muito ansiosa por essa encomenda em particular! Quer saber o porquê? Então, fique ligado nesse post ;D

***

  "Meu nome é Cade Winston. Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães e seu namorado pelas próximas vinte e quatro horas. Prazer em conhecê-la.
Com seus cabelos cloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam... E eles nem sonham que a filha vive assim.
Ela fica em apuros quando seus pais a visitam na faculdade e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado.
Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida.
Um faz de conta com data marcada para terminar... E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Fingindo vai seduzir você."


Ahhhhhhhhhhh! Posso surtar?????
Gente, me desculpem por isso, mas não consigo fazer outra coisa... só consigo surtar com esse livro! 
Bom, vou explicar o motivo... No ano passado, a NC lançou e nos mandou Perdendo-me, um livro extremamente delicioso, sensual e cativante ( ai, Garrick!!!) ... E, desde que li essa obra, fiquei esperando ansiosamente pelo outro livro da série!!!!!!!!  E ele FINALMENTE chegou com a história do Cade, melhor amigo da Bliss! 
Já tô devorando as páginas aqui... Já, já volto com resenha para vocês!

"Imersa em uma ditadura ideológica, a isolada cidade de Acigam sofre com a ameaça da guerra civil. De um lado, a Guilda, um grupo que usa os ensinamentos da Ciência das Energias para exigir os direitos da população. Do outro, um governo tirano, com soldados especialistas em aniquilar magos, nome vulgar dado aos praticantes de tal ciência. No meio desse conflito vive Leran, um garoto prestes a se formar na escola e não sabe qual futuro pode ter em uma cidade como Acigam. Após o envolvimento dos membros de sua família na rebelião, ele percebe que também está fadado a participar da guerra e vive uma aventura alucinante para descobrir mais sobre a misteriosa ciência que permite encantar objetos com a energia dos elementos. Leran deverá conciliar suas preocupações com a irmã mais nova, a recente vida amorosa e o medo de ser capturado pelos terríveis silenciadores."

Então, e falando em ansiedade por uma leitura.... Hahaha... 
Sem brincadeira, gente, esse livro do simpático e talentoso, Renan Carvalho, vem chamando a atenção dos blogueiros e leitores durante um bommm tempo e, por isso, não vejo a hora de pegar esse enredo e de entrar em mais uma distopia apaixonante!!


"Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.Mas, em certo sentido, um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.
Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.
Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça.
A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável."

Eu adorei a divulgação desse livro feita pela NC! Desde o anúncio do lançamento, fiquei curiosa sobre a história e tudo mais... só que, agora, essa curiosidade aumentou exponencialmente, pois, quando li a sinopse e recebi o livro, percebi que vou me emocionar e chorar muiiiiito durante a leitura... 

***

Eu avisei que essa encomenda estava recheada de surpresas incríveis, né?? 
Estou louca para ler cada uma dessas obras! E vocês? 
Nos contem qual/quais está/estão na lista de vocês!
Beeeijos da Alê!