"Quando vi você 2" - Nana Pauvolih.


Olá, livráticos!

Que tal começarmos nossa semana com a resenha de um livro extremamente sensual e envolvente?? Topam? Então, vamos lá!

Meu autógrafo <3

***

Como vocês já sabem, fizemos uma linda parceria com a querida Nana Pauvolih e ela nos disponibilizou três de seus livros para que pudéssemos resenhar para vocês... Nós já falamos sobre o maravilhoso, lindo e tudibom  do João Pedro Valente em Quando vi você ( Não viu esse papo? Então, clique aqui para conferir), mas, como o que é bom deve durar mais, essa linda autora nos agraciou com uma continuação esplêndida...e, por isso, passei aqui para falar desse livro incrível.

Na nossa resenha anterior, falei que a história de Ana Flor e João Pedro tinha acabado de um jeito perfeito, mas que deixou aquele gostinho de quero mais.... e preciso dizer que essa continuação matou muitoooo bem nossa vontade. Não sei como, mas consegui me apaixonar ainda mais pelo casal principal e já estou em abstinência, pois não tenho mais o que saber  sobre João. *Cara de desespero.

Quando vi você 2 nos traz o amadurecimento dos protagonistas da série. Envolvidos num tórrido romance que os levará em breve para o altar, eles tentam conciliar suas personalidades tão diferentes para que a vida dos dois siga da melhor forma possível. Na leitura, você consegue perceber nitidamente a mudança de ambos: Ana está mais confiante em tudo... seja em suas escolhas, seja em sua sensualidade; e João está mais controlado... ele consegue dominar seus instintos, na maioria das vezes, e, por esse motivo, consegue ser um dominador no ponto certo.

Mas aí você deve estar pensando... a história vai girar só em torno disso??? E eu respondo... claro que NÃO!

Nesse enredo, encontramos uma batalha emocional muito mais intensa do que a anterior, pois há pessoas que não querem ver a felicidade dos nossos mocinhos. Fernanda, uma mulher louca e obsessiva, vai tentar fazer de tudo para separar nosso casal, e cabe aos dois lutarem bravamente, enfrentando seus fantasmas, para conquistarem seu felizes para sempre.

Com o mesmo toque de humor, sensualidade e ritmo, essa obra flui como a primeira. Algo que é essencial, pois significa que a autora soube se conectar com seus personagens de tal forma que não deixou a história se perder.

Genteee, preciso avisar que os forninhos de vocês irão desabar com o Epílogo desse livro! Está tão perfeito que eu cheguei a chorar! Tá maravilhoso, divo, perfeito... já disse maravilhoso? Hehehe.

Se vocês não se importarem com spoilers, vou soltar um, porque preciso muito contar qual foi minha cena preferida ( se você não curte spoiler, pule essa parte da resenha, por favor, e me desculpe, mas não consigo me conter). Bom, a minha parte predileta dessa continuação é o momento em que João deixa de ser dominador por uns instantes e vira submisso de Ana! Meu Deus!!!!!! Eu surtei com essa parte, pois essa transformação é muito importante e é muito mais do que uma coisa física... essa mudança é também psicológica e é genial! Eu ameiii, ameii!

No mais, os acontecimentos vêm e fazem com que você se apegue demais aos personagens e, por isso, esse segundo livro não pode ser considerado desnecessário. Se me permitem dizer, gostei mais desse do que do primeiro ( e olha que eu fiquei apaixonada pelo anterior)!

 A Nana virou uma das minhas autoras nacionais preferidas e não pretendo perder nenhum livro dela. E, como sei que vocês não vão querer também, não deixem de ir ao lançamento da obra da Nana, Redenção de um Cafajeste, que será lançada pelo Rocco, com o selo Fábrica 231!

Deixarei aqui as datas e os locais da turnê:



Espero que todos tenham curtido essa resenha!
Recomendo muitooo a leitura e garanto que vocês não irão se arrepender.

Beijos da Alê!

Nenhum comentário

Postar um comentário