Tbw Br no cinema!! #Insurgente


Oiiie, pessoal!

Eu sei que esse post está atrasado... eu sei, eu sei... me desculpem... vou explicar o que aconteceu...

Eu, como a fã apaixonada que sou, vi o filme na estreia e, depois, vi mais algumas vezes, mas não consegui parar para escrever  a minha crítica aqui, pois outras matérias do blog prenderam minha atenção e o tempo ficou curto por causa da faculdade... porém, como prometido, aqui estou para falar um pouquinho dessa adaptação tão aguardada por nós...

Ah... garanto que meu atraso será útil, pois, como a maioria de vocês já viu o filme, o nosso diálogo será bemmm melhor! Então, vamos lá???

***

Insurgente, continuação de Divergente, foi um dos filmes mais esperados para 2015. Afinal, a primeira adaptação da série foi maravilhosaaaaaa e conseguiu trazer ainda mais fãs para esse mundo incrível!!

E, quando o dia da estreia finalmente chegou, todos nós corremos para os cinemas para surtarmos juntos.....


Nossa correria ...

No entanto, após a exibição do filme, eu fiquei um pouco dividida. Para mim, Insurgente ficou como uma faca de dois gumes: eu amei, mas tenho algumas críticas...

Bom, eu sei que isso é uma adaptação e que nem tudo que está no livro pode estar presente nas telinhas. Contudo, dessa vez, eu acho que eles levaram essa história de adaptação muito ao pé da letra, já que muito do que ocorre no enredo de Veronica Roth foi extremamente moldado ao ser passado para o formato cinematográfico.... é claro que o fim alcançado foi o mesmo, mas os meios e as formas que o alcançaram não me agradaram muito, pois esperava algo mais fiel ( Gente, cadê a aliança da Tris com o Marcus??? E o final? Cadê a gritaria depois da revelação do segredo??? Cadê???).

Conclusão: eu acho que o filme em si foi maravilhoso se você entrou na sala de cabeça aberta e esqueceu que ele tinha sido pautado em um livro. Como fã de cinema, eu amei tudo que foi feito e já vou falar mais desses pontos positivos, mas, como fã da série, fiquei um pouco decepcionada... e vocês? Concordam comigo??

Agora, saindo um pouco desse meu julgamento, quero falar dos aspectos que me fizeram surtar enquanto eu assistia:


*Efeitos Especiais

 

Galera, o que foram esses efeitos??? Fazendo uma rápida comparação, podemos dizer que, nesse sentido, esse segundo filme superou Divergente implacavelmente. E não estou dizendo isso só porque, dessa vez, pudemos contar com o auxílio do 3D ( O QUE É O THEO JAMES EM 3D??? MORRI, Hehehe), mas falo isso porque todos os detalhes digitais realmente se superaram e fizeram com que as cenas se destacassem demais. 

 

*Atuações

 

Tá... isso eu nem preciso justificar tanto, não é mesmo?? Aliás, é só olhar para esse elenco de peso que você terá uma ideia do show que esses atores deram...  


Kate Winslet entrou na pele de Jeanine Matthews com uma força sem igual e se transformou, diante de nossos olhos, na mulher desprezível que quer tomar o poder de qualquer forma; 

 

Theo James assumiu o lado amorosamente peculiar e o lado do guerreiro protetor de Tobias Eaton de um jeito apaixonante.



Shailene Woodley lacrouuuuuuu o filme com sua postura valente e destemida de Tris Prior, a menina/mulher capaz de dar a vida para salvar os outros; 

  

Jai Courtney nos fez ter repulsa dele com sua atuação impecável. Como Eric, um dos vilões do filme, Jai nos mostrou, através de seu olhar e de suas falas, seu incrível e poderoso talento;


   

Agora, quem me fez ficar de queixo caído foi o lindo do Ansel Elgort como Caleb Prior! Cara, o Ansel conseguiu fazer com que eu sentisse raiva dele e esquecesse que ele foi o fofo e encantador Gus que eu tanto amei em A Culpa é das Estrelas.  

Perceba a diferença entre a expressão do primeiro gif ( Insurgente) e a segunda expressão ( A Culpa é das Estrelas)!!! Demais, né????

 

* A química eterna entre Shai e Theo



E o que falar dessa química que veio para ficar??? Em Divergente, todos viram essa paixão entre os personagens bem representada ( ou vivida na realidade? Vai saber? Nós torcemos pelo casal) por Theo e Shai e, em Insurgente, a coisa chegou em outro patamar, arrancando suspiros e lágrimas em algumas cenas.




* Trilha sonora



Ultimamente, eu tenho adorado todas as trilhas dos filmes que vejo... acho que essa parte da produção tem trabalhado bastante para fazer com que as músicas realmente combinem com a aura dos personagens e com o ritmo do enredo... E Insurgente também arrasou nesse quesito...

Temos Imagine Dragons, povo!!!!

***

   Resumindo: você não pode perder esse filme, pois ele é um espetáculo cinematográfico e a história é arrebatadora.... se você, como eu, é fã, acho que vai ficar decepcionado com essa questão que citei, mas, fora isso, não temos do que reclamar!  Na verdade, estou feliz por, pelo menos, poder ver essa série ganhar destaque!!!

Espero que tenham curtido essa crítica! Mas e vocês??? Compartilhem suas opiniões conosco nos comentários! 

Beijos da Alê!


Dubsmash com os amigos!!

 

Olááá, galera!!

Bom, todo mundo aqui conhece o famoso Dubsmash, certo??? E, querendo ou não, sei que vocês fizeram, pelo menos, um vídeo nesse aplicativo ou viram alguns feitos por seus amigos.... então, pensando nessa nova vibe da internet, o Tbw Br resolveu entrar na onda e fazer uma surpresinha ENGRAÇADA no nosso vlog para vocês!! 

Quer começar esse final de semana rindo?? Então, venha conferir essa novidade:


Hahahhahaha! Hilário, né???

Sempre pagamos mico para vocês, mas faz parte!!

Espero que tenham curtido! 

Beijos da Alê!

"Supernova: O Encantador de Flechas" - Renan Carvalho.

 

Olá, amores!

Hoje, eu vim aqui para falar de um livro mais do que maravilhoso!!! Pois é... essa obra repleta de magia, fantasia, suspense e aventura veio para arrebatar o meu coração e o de todos os leitores apaixonados por esse gênero!

Quer saber mais desse enredo extremamente viciante??? Então, confira essa resenha ;D

 
Meu autógrafo lindo <3

***

Supernova: O Encantador de Flechas nos conta a história de Leran Yandel, um menino que está prestes a terminar seu ensino médio e que não vê muitas possibilidades para seu futuro. Afinal, morar em Acigam significa ter um pouco de restrição e, por isso, Le sabe que será quase impossível atravessar os muros que cercam a cidade para conhecer o mundo e seus mistérios.

Leran, apesar de viver em um lugar em que a ciência é tolida e restrita, conhece, através de seu avô, um pouco das energias que estão presentes no universo. Nosso personagem descobre e aprende secretamente que os elementos primários -  como terra, ar, fogo, água, luz e trevas - e os secundários - gelo, cura, metal, eletricidade, fumaça e veneno - podem ser controlados por seres humanos, que são chamados vulgarmente de "magos" pelos governantes. Enquanto essa forma de controle ainda é bem nova para nosso protagonista, muitos outros indivíduos já a dominam e usam desse artifício para proteger a existência da magia ou para benefício próprio.

Assim, dentro desse contexto, uma guerra civil ameaça explodir, colocando os magos da Guilda em choque com o Governo Tirano. E é claro que Leran fará parte de todo esse conflito, né???

Supernova nos apresenta uma narrativa intensa, cheia de mistérios encadeados, repleta de personagens destemidos e com histórias paralelas que arrepiam nossa alma! Em nenhum momento, o desfecho ficou óbvio.... pelo contrário, Renan Carvalho soube me surpreender a cada capítulo de uma forma impressionante.

Todo mundo sabe que a NC tem um selo voltado para a literatura nacional, não é mesmo?? Pois é... com a criação do Novas Páginas, vi que muitos autores maravilhosos vieram para alegrar nosso vício de leitura, mas, mesmo com essa grande chegada de escritores, eu senti muito falta de mais autores dedicados ao gênero da fantasia. Por esse motivo, vibrei demais quando soube que o Renan iria lançar sua obra pela Novo Conceito e que ele abriria essa porta para os demais autores nacionais voltados para esse tipo de tema....

 E, Renan, meus parabéns!!! Você chegou com todo o estilo, e essa estreia não podia ter sido melhor, pois esse primeiro livro da série nos conquista desde o prólogo.... Geralmente, eu fico apaixonada pelos epílogos das histórias, mas O Encantador de Flechas já "me pegou" no início, fazendo com que eu não largasse as páginas até ler a última frase.. e, por falar nisso, eu NECESSITO da continuação urgentementeeeeee! 

Ah, preciso dizer também que esse enredo daria um ótimo game e/ou filme... Juro que minha imaginação fluiu demais e eu pude ver todo esse mundo num jogo ou nas telinhas!!

Por fim, vou falar umas coisinhas sobre essa nova edição de Supernova... quem já acompanha o trabalho do Renan há um tempo sabe que esse livro já havia sido lançado pelo selo Novos Talentos da Novo Século, mas a NC acabou assinando um contrato com o Renan após os exemplares da NS terem acabado. Nessa nova edição, nós temos um capítulo extra maravilhoso e ilustrações incríveis e inéditas em algumas partes do livro! Isso aí.... Essa novidade "lacrou"...

Agora que já falei bastanteeeee do enredo, quero compartilhar rapidinho como foi o lançamento dessa obra aqui no RJ!! 

Bom, em minha singela opinião, nada supera o bate-papo que tivemos nesse evento. Aliás, tudo foi feito como uma grande conversa entre amigos e isso deixou tudo mais gostoso..

No dia, contamos com a intensa organização do Carpe Libre que preparou uma entrevista com o autor e animou nossas conversas... O Renan, simpático como sempre, foi um fofo, sentou no chão com a gente e ficou conversando por um bom tempo sobre seu livro, sobre sua história com a escrita, sobre sua visão da literatura e sobre os grandes talentos nacionais que estão chegando... Depois disso, tivemos a sessão de autógrafos e mais conversa! Foi realmente demais!!! 

Quer ver tudo que rolou?? Vou deixar umas fotos aqui, então ;)


 

   

Bate-papo divertidíssmo!!!


 Sessão de autógrafos...

Espero que todos tenham gostado dessa resenha e dessa pequena cobertura do evento!

Beijooos da Alê!

"Escolhas" - Cristina Valori.


Fala aí, pessoal!!!!

Dessa vez, eu voltei rapidinho, viram só?? E eu prometo que, assim que passar um pouquinho essa fase de estudos, eu estarei aqui com mais frequência.

Bom, hoje, nós vamos falar do livro Escolhas, da nossa querida parceira Cristina Valori.

Antes de começar a resenha, cabe ressaltar que nós conhecemos a Cris no evento Mulheres na literatura, promovido pela editora Qualis na livraria Fnac em Março.

A Xanda já fez um post sobre esse evento... se você ainda não viu, clique aqui para dar uma olhadinha nesse encontro maravilhoso!!!

Mas, vamos ao que interessa....

O livro conta a história de Fabiana, Fabi para os íntimos, uma típica mulher brasileira moderna: casada, com três filhos, que trabalha em uma grande empresa e é bastante pró-ativa, ou seja, para muitas pessoas ela tem uma vida perfeita.

Mas o que Fabiana não sabia era que, em uma fatídica tarde de sábado, sua vida daria uma volta enorme. Ela, seu marido e cunhados foram a um estúdio de tatuagem e, ali, o destino poderia mexer com as certezas de Fabi.

Seu tatuador preferido diz que não teria tempo de atender a todos e sugere que nossa mocinha faça a sua Tatoo com seu novo sócio, um tatuador muito competente, chamado Gustavo.

Meio receosa, Fabiana adentra no estúdio e, quando o olhar de Gustavo cruza com o dela, ela percebe que tinha acabado de se apaixonar e que faria de tudo para ter aquele homem.

Mas como??? Ela amava seu marido... bom, era isso que ela pensava. Porém, aquele foi um sentimento tão avassalador, algo que ela nunca havia sentido, nem mesmo com o seu marido, que a deixou bastante confusa, quase em um beco sem saída.

É claro que ela foi correspondida de cara, e ambos decidem que, por causa dos filhos de Fabi e pelo seu marido ser uma pessoa tão bacana, eles iriam manter o romance em segredo por um tempo até o terreno ficar tranquilo para que Fabi pudesse pedir o divórcio. Entretanto, essa situação não era nada confortável para Gustavo, e ele sempre pressionava sua amada para que ela resolvesse logo a situação com o marido.

Quando finalmente ela toma coragem e decide pedir o divórcio, uma notícia bombástica abala a sua família, e Fabiana precisa fazer uma escolha: Viver uma linda história de amor com o homem que ama ou ficar com sua família num momento tão difícil?

Essa é a trama de Escolhas, um livro que te prende do início ao fim.

***
Logo de cara, eu curti o livro, pois adoro livros narrados em primeira pessoa, ou seja, o próprio personagem conta sua história.... acho que isso é bem legal, pois essa narrativa tem mais emoção e, por isso, acabamos vivenciando cada momento junto com os protagonistas.

Eu amei a história de amor de Fabiana e Gustavo e, por diversas vezes, me peguei torcendo pelos dois.

Outra coisa que eu achei bastante legal é que, no final de cada capítulo, a Cris coloca um música que tenha relação com o enredo.

Em minha singela opinião, a melhor de todas....

E, no final do livro, ainda há uma setlist com todas as músicas que a autora cita:

Vale a pena ouvir todas, eu garanto :)

Bom, quero deixar aqui os meus parabéns para a Cris! Nossa literatura nacional tem crescido muito e, com certeza,  essa nossa nova parceira veio para incrementar esse lindo cenário!

Olha que fofinha a dedicatória dela

Se você ficou curioso(a), corra até a livraria mais próxima e adquira essa linda obra. Se você curte um romance com nuances de drama, essa obra é a ESCOLHA certa para você.

E, para dar uma dose a mais de curiosidade, vejam o Book Trailer de Escolhas:

Bom, espero que vocês tenham curtido a resenha e que continuem dando as suas opiniões para gente, pois é através delas que fazemos com que o blog fique mais parecido com vocês.

E, mais uma vez, sem querer ser repetitiva, quero agradecer a Cristina Valori pela confiança depositada em nós para que pudéssemos apreciar o seu trabalho.

Um grande beijo a todos e até a próxima!!!

Flay




Papo de autora com Ana Beatriz Brandão! #5


Caro, editor! Aqui está o meu livro, quero que você publique agora! Obrigada, de nada. (Parte 2) (clique aqui para ver a primeira parte desse post).

Decisão tomada! Você decidiu que quer que uma editora  publique seu lindo livrinho, mas tá queimando os neurônios para descobrir como pode mandar o original, para onde mandar, que formato mandar? Então, seus problemas acabaram, pois vou dar as dicas que eu aprendi pesquisando por aí. 
Preste atenção garota(o)!!!

Eu sempre indico um bom passeio a uma livraria quando as pessoas me perguntam isso... Lá, procure livros na mesma temática que o do seu livro, pois neles há as informações sobre a editora que o publicou: e-mail, endereço, às vezes até telefone. Anote o máximo que conseguir encontrar. 

Para que fazer isso?? Simples... não adianta você sair mandando seu original para um monte de editoras que, às vezes, nem publicam livros no estilo do seu. Poupe o seu tempo e o tempo da editora e mande o livro só para quem trabalha com o seu público alvo
.
O segundo passo é entrar em contato com as editoras que você anotou e perguntar como pode enviar o seu original... tem editora que só aceita livros para avaliação em um determinado período do ano, tem editoras que preferem livro físico, algumas preferem em PDF,  outras preferem fazer uma pré-avaliação através do site, para só depois pedir o original completo.... então, é muito importante esse primeiro contato com eles!  Volto a dizer:  poupe seu tempo e o deles.

Faça direitinho o que lhe for instruído pela editora, e TENHA PACIÊNCIA para esperar a resposta, não adianta ficar ligando, mandando e-mail, enchendo o saco do pessoal perguntando sobre seu livro. Tem editoras que demoram anos para responder, isso quando respondem, né? 

Ana, depois que eu mandar meu original, posso fazer mais alguma coisa, além de esperar pela resposta? Sim, claro que pode! O quê? Te conto no próximo post.

Beijinho com asas de anjo!

***

#Alê aqui!

Oooie, galera! 

Primeiro, passei para pedir desculpas pelo atraso do post... A culpa foi toda MINHA!

A Bia me mandou o texto direitinho, mas eu me enrolei muito porque fiz a cobertura do MTV Movie Awards lá no nosso Twitter ontem, então, ficou muitoooo difícil aparecer aqui e publicar a coluna! Vocês conseguem me perdoar??? Espero que sim!!!

Como sempre, a Bia tirou mais uma de nossas dúvidas de maneira singular, não é mesmo??? Adoro nossa conversa com ela!

Bom, e, para me redimir com vocês, vou compartilhar uma novidade maravilhosa!!!!

A nossa linda amiga Bia vai lançar a segunda edição de seu livro Sombra de um Anjo daqui a pouquinho .... eeeeeeeee.... vai rolar um evento muitoooo  TOP em São Paulo e, por isso, vim convidar vocês para irmos prestigiar essa anjinha tão querida...

Eu quero muito ir, mas está tendo um debate aqui em casa sobre o assunto... Proponho que compartilhemos isso: #AlêemSPparaoeventodoSDUA! Se conseguirmos 1 milhão de curtidas, talvez minha mãe pense no assunto! kkkkkkkkkkkkkk!


Se animou???? Então, anote esse compromisso na agenda!!!!

Beeeeeijos da Alê!

"O Pingente de Sangue" - Leonardo Ottonelli.


Oiiiiiiiiiiie, gente!

Hoje, passei aqui para compartilhar uma novidade incrível com vocês! 

Curiosos?? Então, não vou mais enrolar...

Bom, o Tbw Br gostaria de anunciar mais uma parceria INCRÍVEL com um autor nacional mais do que simpático... Dessa vez, nossa família recebe de braços abertos o querido Leonardo Ottonelli e seu livro O Pingente de Sangue

Conheci esse incrível escritor num evento sobre literatura fantástica e, depois de nos encontrarmos no lançamento do lindo Renan Carvalho aqui no Rj, conversamos sobre essa parceria, e ele aceitou na hora! Assim, vou deixar para vocês um recadinho exclusivo do nosso novo parceiro e a sinopse desse livro mais do que empolgante... Aproveitem sem moderação!

***


Hey! Eu sou o Leonardo Ottonelli, autor do livro de ficção e fantasia, O Pingente de Sangue

Convido a todos para embarcarem nessa história repleta de aventura e suspense. O livro agrada todas as tribos, principalmente a tribo do rock! Pra galera que curte as melhores bandas da atualidade, essa é uma ótima forma de explorar os mistérios que pairam sobre a sombrias e misteriosas ruas de Londres.

O protagonista Bryan, um jovem artista super cool e descolado do bairro do Soho, lhes mostrará um mundo novo, onde ao som de sua banda favorita, a 30 Seconds To Mars, tem que defender o mundo de seres malígnos e sobrenaturais.

Muito obrigado. Tenham todos uma ótima e horripilante leitura. ;)


Sinopse:

Bryan é um jovem artista que vive em Londres. Ao aceitar o convite para fazer parte de uma sociedade secreta, cai inesperadamente no mundo dos vampiros. Com vida eterna e a partir de um eclipse lunar, o personagem terá como missão lutar contra invasores do mal que querem se apoderar de seu pingente de sangue e dominarem o planeta. O Pingente de sangue é um livro de ficção, que conta sobre a maior lenda que há no imaginário mundial, a provável existência de vampiros. Direcionado a toda a família, a obra marca a estréia de Leonardo Ottonelli na literatura.

***

Como vocês viram, essa obra é fascinante, não é mesmo?? 

Se interessou tanto quanto eu??? Então, fique ligado na página do livro no Facebook ( clique aqui para curtir) e corra para adquirir seu exemplar - clique aqui ou vá nas seguintes livrarias:


Eu adorei essa nova amizade e espero que vocês também!

Seja muito bem-vindo, Leo! 

Beijos da família Tbw Br <3

"Quando um homem ama uma mulher" - Bella Andre


Olá, pessoal! Tudo bom???

Bem, espero que sim!!!

Hoje, nós vamos falar de Quando um homem ama uma mulher, de Bella Andre. E quem estava ansioso para ler levanta a mão e grita eu: EUUUUUU o/....

Bom, você sabem que sou uma imensa fã do clã Sullivan e, por isso, esperei demaiiiis por esse livro! E, graças a Deus, ele chegou! Entãooooo, vamos ao que interessa!!!!!!!!

*********

Nossa história conta sobre a matriarca da família Sullivan, Mary, e como foi o início de seu romance com o seu grande amor, Jack.

Mary Ferrer - sim, esse era seu nome de solteira - era uma linda e bem sucedida modelo que estava decidida a encerrar sua carreira para se estabelecer na cidade de São Francisco. 

Jack Sullivan era um engenheiro que lutava para lançar seu invento, a agenda eletrônica de bolso, e que precisava de uma grande ideia para que seu empresário topasse o investimento. Segundo seu patrocinador, tal produto deveria ser  bem solicitado nas vendas de Natal e deveria ter mais Sex Appeal. Mas como fazer isso???

Eis que o destino resolve dar um empurrãozinho e, ao passar em frente ao Union Square, Jack vê uma linda mulher, a mais linda do mundo segundo seu coração, em uma sessão de fotos.
Mas o que mais impressionou  Jack é que, além de ela ser deslumbrante, ela era uma mulher muito amável, pois parou de fazer suas fotos para dar atenção a uma menininha que lhe pedia um autógrafo.
Neste instante, Jack pensou que queria essa mulher não só em sua campanha, mas também em sua vida.

Ao encerrar as fotos, ele faz um convite a Mary e esse foi o ponto de partida para um romance intenso, tórrido e verdadeiro. Porém, o que Jack não sabia era que Mary era uma mulher muito machucada pela vida e que ele precisaria enfrentar alguns fantasmas do passado e mostrá-la o quanto a amava de verdade. Mas ele estava disposto a enfrentar qualquer obstáculo para ficar com a mulher que amava.

*********

O que falar dessa história???? SIMPLESMENTE PERFEITAAAAAA!

Aliás, como disse no início do post, sou suspeita para falar dos livros da Bella Andre!

Como sou apaixonada por essa família, amei conhecer a história dos pais de Smith, Chase, Marcus, Sophie, Lori, Ryan, Zach e Gabe, pois se os amores de seus filhos já foram uma coisa de louco, imagina como seria o dos pais!!!! Para falar a verdade, os filhos tiveram a quem puxar....rs

No início do livro, tem um recadinho em que a autora diz que a história de amor de Mary e Jack Sullivan é definitivamente a sua favorita, e eu devo concordar e dizer que a minha também. Amei demais as obras anteriores, mas o romance da vez possui algo tão sublime, tão mágico que me deixou loucamente apaixonada. 


É claro que tem partes bem calientes, mas o amor deles é tão angelical que faz com que isso fique em segundo plano.

Uma coisa que eu achei superlegal é que, na narração das inúmeras viagens que Mary fez em sua época de  modelo, a minha tão querida Cidade Maravilhosa - meu Rio de Janeiro - mais precisamente Copacabana- é mencionada. Sendo assim, façamos um convite a nossa querida Bella Andre para que aproveite a Bienal do livro em Setembro para conhecer a nossa terrinha. Novo Conceito, aqui está nossa dica...rs

Bom, se você ficou curioso ou inspirado em ler esse lindo romance, corra para a livraria mais próxima e adquira essa obra tão magnífica.

Bem, vou ficando por aqui e espero que tenham curtido mais essa resenha.

E,  aproveitando o clima bem romântico, vou deixar esse vídeo para vocês....  a música é linda e tem muito a ver com o livro....



Um grande beijo no coração de vocês e boa leitura a todos!!!
Flay