Tbw Br no cinema!! #Insurgente


Oiiie, pessoal!

Eu sei que esse post está atrasado... eu sei, eu sei... me desculpem... vou explicar o que aconteceu...

Eu, como a fã apaixonada que sou, vi o filme na estreia e, depois, vi mais algumas vezes, mas não consegui parar para escrever  a minha crítica aqui, pois outras matérias do blog prenderam minha atenção e o tempo ficou curto por causa da faculdade... porém, como prometido, aqui estou para falar um pouquinho dessa adaptação tão aguardada por nós...

Ah... garanto que meu atraso será útil, pois, como a maioria de vocês já viu o filme, o nosso diálogo será bemmm melhor! Então, vamos lá???

***

Insurgente, continuação de Divergente, foi um dos filmes mais esperados para 2015. Afinal, a primeira adaptação da série foi maravilhosaaaaaa e conseguiu trazer ainda mais fãs para esse mundo incrível!!

E, quando o dia da estreia finalmente chegou, todos nós corremos para os cinemas para surtarmos juntos.....


Nossa correria ...

No entanto, após a exibição do filme, eu fiquei um pouco dividida. Para mim, Insurgente ficou como uma faca de dois gumes: eu amei, mas tenho algumas críticas...

Bom, eu sei que isso é uma adaptação e que nem tudo que está no livro pode estar presente nas telinhas. Contudo, dessa vez, eu acho que eles levaram essa história de adaptação muito ao pé da letra, já que muito do que ocorre no enredo de Veronica Roth foi extremamente moldado ao ser passado para o formato cinematográfico.... é claro que o fim alcançado foi o mesmo, mas os meios e as formas que o alcançaram não me agradaram muito, pois esperava algo mais fiel ( Gente, cadê a aliança da Tris com o Marcus??? E o final? Cadê a gritaria depois da revelação do segredo??? Cadê???).

Conclusão: eu acho que o filme em si foi maravilhoso se você entrou na sala de cabeça aberta e esqueceu que ele tinha sido pautado em um livro. Como fã de cinema, eu amei tudo que foi feito e já vou falar mais desses pontos positivos, mas, como fã da série, fiquei um pouco decepcionada... e vocês? Concordam comigo??

Agora, saindo um pouco desse meu julgamento, quero falar dos aspectos que me fizeram surtar enquanto eu assistia:


*Efeitos Especiais

 

Galera, o que foram esses efeitos??? Fazendo uma rápida comparação, podemos dizer que, nesse sentido, esse segundo filme superou Divergente implacavelmente. E não estou dizendo isso só porque, dessa vez, pudemos contar com o auxílio do 3D ( O QUE É O THEO JAMES EM 3D??? MORRI, Hehehe), mas falo isso porque todos os detalhes digitais realmente se superaram e fizeram com que as cenas se destacassem demais. 

 

*Atuações

 

Tá... isso eu nem preciso justificar tanto, não é mesmo?? Aliás, é só olhar para esse elenco de peso que você terá uma ideia do show que esses atores deram...  


Kate Winslet entrou na pele de Jeanine Matthews com uma força sem igual e se transformou, diante de nossos olhos, na mulher desprezível que quer tomar o poder de qualquer forma; 

 

Theo James assumiu o lado amorosamente peculiar e o lado do guerreiro protetor de Tobias Eaton de um jeito apaixonante.



Shailene Woodley lacrouuuuuuu o filme com sua postura valente e destemida de Tris Prior, a menina/mulher capaz de dar a vida para salvar os outros; 

  

Jai Courtney nos fez ter repulsa dele com sua atuação impecável. Como Eric, um dos vilões do filme, Jai nos mostrou, através de seu olhar e de suas falas, seu incrível e poderoso talento;


   

Agora, quem me fez ficar de queixo caído foi o lindo do Ansel Elgort como Caleb Prior! Cara, o Ansel conseguiu fazer com que eu sentisse raiva dele e esquecesse que ele foi o fofo e encantador Gus que eu tanto amei em A Culpa é das Estrelas.  

Perceba a diferença entre a expressão do primeiro gif ( Insurgente) e a segunda expressão ( A Culpa é das Estrelas)!!! Demais, né????

 

* A química eterna entre Shai e Theo



E o que falar dessa química que veio para ficar??? Em Divergente, todos viram essa paixão entre os personagens bem representada ( ou vivida na realidade? Vai saber? Nós torcemos pelo casal) por Theo e Shai e, em Insurgente, a coisa chegou em outro patamar, arrancando suspiros e lágrimas em algumas cenas.




* Trilha sonora



Ultimamente, eu tenho adorado todas as trilhas dos filmes que vejo... acho que essa parte da produção tem trabalhado bastante para fazer com que as músicas realmente combinem com a aura dos personagens e com o ritmo do enredo... E Insurgente também arrasou nesse quesito...

Temos Imagine Dragons, povo!!!!

***

   Resumindo: você não pode perder esse filme, pois ele é um espetáculo cinematográfico e a história é arrebatadora.... se você, como eu, é fã, acho que vai ficar decepcionado com essa questão que citei, mas, fora isso, não temos do que reclamar!  Na verdade, estou feliz por, pelo menos, poder ver essa série ganhar destaque!!!

Espero que tenham curtido essa crítica! Mas e vocês??? Compartilhem suas opiniões conosco nos comentários! 

Beijos da Alê!


12 comentários

  1. Menina chorei, VC disse tudo que penso do filme, ele ta muito diferente do livro, MUITO, mas tem umas mudanças positivas, tipo a caixa, amei aquilo! As atuações 👏👏 o que tenho a reclamar é que deixaram a Lynn. Uriah e Marlene de figurantes mas entendo que foi pra dá espaço pra Kate e Naomi rainhas <4 e o que é a química FourTris GRITEI, Sheo shipper aqui <444

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awnnnnnnnnnnnnnnnnnnn! Que bom que gostou, Dri!!!
      Simm... a caixa ficou legal porque deu um destaque para o lance do segredo!!
      Ah, concordo com você sobre o lance do Uriah e tudo mais, mas as atuações lacraram a coisa toda, né???
      Putttz... Fourtris é vida <3 <3 Também shippo fortemente os dois hehehe!
      Amei seu comentário, linda! Obrigadaaaaaaaaaaa <3

      Excluir
  2. Exatamente, que venha convergente, mas quando penso que ta terminando :'(((((((((

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é!!!!!!!!!!!! Vamos chorar horrores!!!!!!!!!!!!!!!! :/

      Excluir
  3. Ale tarda mas não falha, finalmente falou sobre Insurgent, e foi muito feliz na critica, faltou bastante coisa do livro, mas ta pra sair um filme com a adaptação fiel 100% do livro, nomeou ver Insurgent agradou aos fãs do livro, os curiosos e tbm a quem nunca ouviu falar, sobre a atuação a Shai merece um Oscar *___*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwwn! Que bom que gostou da crítica, Rapha!!
      Sim... nenhuma adaptação será perfeita... mas estou feliz por essa saga arrebatar várias pessoas, pois a história da Veronica é genial!
      Shai arrasou mesmooooooooo!
      Obrigada pelo comentário, Rapha! Estava com saudades!
      Beeeijos!

      Excluir
  4. Oi
    Eu também sou super fã da saga e pasme Gosto mais do filme do que dos livros. Achei a adaptação do cinema mais interessante e eu esperava mudanças, achei o livro muito devagar. Amei o filme, pena que não assisti em 3
    Beijos
    Www.coisasdadebora.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooooie, Debora!!!
      Eu entendo você... o filme tem mais ação e mais suspense, mas acho o livro muitooo inteligente e queria que certas coisas tivessem seguido fielmente o enredo original, sabe???
      Ah... poxinha! Pena que não viu em 3D :/
      Obrigada pela visita, linda! Beeeijos!

      Excluir
  5. Pensa pelo lado positivo: demorou mais chegou! hahaha
    adorei sua resenha do filme, e como boa observadora, tem críticas positivas e negativas, ficou muito bom mesmo. Esses gifs são demais kkkkkkkkk

    beijões,
    http://www.literalinda.com.br/ *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooooie, Maria!
      Awnnnn! Que bom que gostou da crítica!!!
      Ahhh, esses gifs são lindos, né??? Cacei muito na internet para achar todos esses maravilhosos, aí!
      Obrigada pela visita, linda!
      Beeijos!

      Excluir
  6. Olá! Nós do Coisas de Um Leitor te indicamos para a TAG Frases de Mãe, se puder responda antes do dia da Mães. hehe
    http://coisasdeumleitor.blogspot.com/2015/05/tag-frases-de-mae.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooooie, Matheus! Opaaa! Amo uma TAG! Vou dar uma olhadinha!
      Obrigada pela indicação!

      Excluir