"Primeiro e Único" - Emily Giffin


Olá, pessoal....como vai a vida??? E as leituras estão fluindo bem?? Espero que sim!!!
Hoje, nós iremos falar sobre  Primeiro e Único, da grande autora Emily Giffin. Vamos lá???

***
Bom, o livro traz a história de shea, uma jovem mulher de 33 anos que vive em uma cidade do Texas. Shea só tem uma paixão - o futebol Americano. Dessa paixão, ela faz uma união perfeita: começa a trabalhar como repórter esportiva e, com isso, ela irá cobrir nada mais nada menos que o seu time do coração...os Walkers. Maravilhoso, não é mesmo?

Entretanto, em determinado momento, Shea se vê em um grande dilema. Ela deve separar o profissionalismo de sua paixão pelo seu time, ou seja, deve ser imparcial.

Lucy, sua melhor amiga, é filha do treinador do Walker, Clive, o maior ídolo da vida de Shea e também o seu maior exemplo como homem, uma vez que seu pai largou sua mãe quando ela ainda era muito nova.

Mesmo não ganhando um salário daqueles, Shea gosta do que faz e não vê sua vida seguir por outros caminhos.

Contudo, uma fatalidade acontece e muda a rotina de nossa personagem. A esposa do treinador, mãe de Lucy, vem a falecer, trazendo uma grande tristeza para a família que Shea tinha como se fosse a dela.

Porém, grandes futuros podem nascer de algumas tragédias... Shea não esperava que sua vida fosse mudar radicalmente e, muito menos, esperava que uma grande admiração viesse a se tornar uma paixão avassaladora.

Shea será capaz de ir contra tudo e todos pelo seu amor?

********

Gente, eu sou super suspeita para falar dos livros da Emily, pois amei todas as obras dessa autora maravilhosa.

Assim, Primeiro e único não foi muito diferente. Esse livro nos remete a situações do nosso cotidiano que muitas vezes não sabemos como agir.

Achei interessante conhecer um pouquinho do universo do futebol americano. Meu marido é super fã e eu nunca entendi bem as expressões Touchdown, Turnover, Second Down e entre outras que eu consegui entender pelo menos um pouquinho lendo o livro.

Não curto esse esporte porque acho muito violento, mas a gente acaba se envolvendo por causa da paixão da personagem pelo esporte.

Como já falei várias vezes aqui, adoro livros narrados em primeira pessoa. Parece que somos confidentes da personagem e que ela está nos contando com riqueza de detalhes a sua história.

Eu curti bastante o enredo, entretanto, achei que ficaram faltando algumas coisas, como, por exemplo, a investigação da NCAA que acontece ao time.

Acho também que a autora poderia ter mostrado melhor sobre o desfecho da vida e do romance de Shea. Será que haverá uma continuação??? Até que não seria uma má ideia.... Emily, por favor, quero maiiiis!

Se vocês estão curiosos, corram até a livraria mais próxima e adquiram este lançamento da nossa grande parceira Novo Conceito. Tenho certeza de que irão gostar.

Bem, eu vou ficando por aqui, mas logo, logo estarei aqui com vocês novamente.

Beijinhos....
Flay



3 comentários

  1. A Emily é maravilhosaaaaaaaaaaaaaaaa! Adoro os livros dela!
    E essa resenha me deixou muito curiosa!!!

    ResponderExcluir
  2. Li todos os livro da Emily Giffin que chego a pensar que somos amigas próximas. De todos os livros, Primeiro e Único é o primeiro (desculpe o trocadilho) que não me animei de verdade.... acho que não fiquei convencida do grande amor da vida da personagem principal.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Li todos os livro da Emily Giffin que chego a pensar que somos amigas próximas. De todos os livros, Primeiro e Único é o primeiro (desculpe o trocadilho) que não me animei de verdade.... acho que não fiquei convencida do grande amor da vida da personagem principal.
    bjs

    ResponderExcluir