Keep Calm And... #EncomendaLiterária


Oooie, meus lindos!

Eu sei que eu sumi um pouco, mas precisei tirar um tempinho para programar novidades para vocês e para voltar com o fôlego totalmente renovado! Apesar do meu "desaparecimento", a Flay cuidou muito bem da nossa família e trouxe várioooos posts novos!

Agora que eu voltei, se preparem para muitaas matérias, resenhas e novidades da Bienal ( vai rolar coberturaaaaaaaaaaaa! \o/ )! Então, para encerrar bem o mês e começar setembro com um novo ânimo, que tal conferirmos o que a nossa parceira Novo Conceito nos mandou??? 

"Simboraaaaaaaa"!!!


***

"Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa do seu coração defeituoso.

Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade.

A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento.

O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram."

Eu esperei bastanteeeee para ler esse livro do querido Felipe Colbert e, assim que ele chegou, grudei no meu exemplar e não larguei mais... haha...

Além disso, preciso falar que amei a divulgação dessa obra! A história até ganhou um site em que podemos acender uma lanterna para o amor da nossa vida! Demais, não é mesmo? 

Quer criar a sua lanterna para já ir entrando nesse clima lindo? Então, clique aqui e seja romântico (a) por um dia ;D

O ano é 2018. Quase cinco décadas desde que o homem pisou na Lua pela primeira vez.

Três adolescentes comuns vencem um sorteio mundial promovido pela NASA. Eles vão passar uma semana na base lunar DARLAH 2 - um lugar que, até então, só era conhecido pelos altos funcionários do governo americano.

Mia, Midore e Antoine se consideram os jovens mais sortudos do mundo. Mal sabem eles que a NASA tinha motivos para não ter enviando mais ninguém à Lua.

Eventos inexplicáveis e experiências fora do comum começam a acontecer...

Prepara-se para a contagem regressiva."

Posso falar que fiquei arrepiada só com essa sinopse? Sempre gostei de enredos sobre viagens espaciais e tudo mais... e 172 horas na lua promete tirar meu fôlego!!!

Se eu sobreviver após essa leitura, volto com a resenha!

"A última pessoa que Zac esperava encontrar em seu quarto de hospital era uma garota como Mia - bonita, irritante, mal-humorada e com um gosto musical duvidoso.

No mundo real, ele nunca poderia ser amigo de uma pessoa como ela.

Mas no hospital as regras são diferentes. Uma batida na parede do seu quarto se transforma em uma amizade surpreendente.

Será que Mia precisa de Zac? Será que Zac precisa de Mia? Será que eles precisam tanto um do outro?

Contada sob a perspectiva de ambos, Zac e Mia é a história tocante de dois adolescentes comuns em circunstâncias extraordinárias." 

Como vocês sabem, eu sou muito, muito sentimental... então, ler um sick-lit sempre acaba comigo (eu sempre choro em cima das páginas)!! Mas Zac e Mia veio com uma força tão linda que eu não vou deixar essa história escapar... Só que eu vou deixar a Flay chorar primeiro, hahaha!

***

Gostaram dessa encomenda, pessoal?? 

Espero que sim!!! Quero saber quais são os livros daqui que entraram na listinha de vocês!

Beijos da Alê!

"O Francês" - Daniel de Carvalho


Oi, pessoal....tranquilinho??? Espero que sim!

Galera do RJ, estão preparados para a próxima semana??? Eu estou em cólicas! Afinal, daqui a uma semana começa o evento mais aguardado por todos nós maníacos por leitura...A Bienal do livrooooooo!!!

Bom, mas vamos deixar os surtos a parte, pois faremos um post especial para a Bienal depois, hehe! Hoje, nós iremos comentar sobre um livro extremamente fofo, O Francês, de Daniel de Carvalho, da editora Pandorga.

A história é dividida em dois momentos: uma parte é contada no século XVIII, mais precisamente na Capitania de Minas Gerais. Nosso personagem principal é Adrien, um menino francês que, junto com seus pais, veio para terras brasileiras a fim de garimpar ouro e consequentemente angariar uma vida melhor. Mas o que Adrien não imaginava era que, no meio da luta pela sobrevivência, iria conhecer Yara, uma descendente de indígenas tupi-guarani. Durante muitos anos, a história dos dois se baseava na amizade e cumplicidade, mas, com o passar dos anos, um amor avassalador tomou conta de seus corações, e eles decidiram se casar, sempre com o apoio de seus pais. Entretanto, uma terrível tragédia acontece, e o grande amor é interrompido para ressurgir com todas as forças depois de 272 anos.

A segunda parte da história já acontece no nosso século XXI, na cidade de Carvalhos, interior de Minas Gerais. Jean, um jovem sociólogo, decide visitar seu amigo Alaor. Assim que chega, se encanta por Karina, grande amiga da irmã de Alaor. A recíproca é verdadeira e não demora para que os dois comecem a andar mais juntos.

Em uma das visitas que Jean faz a casa de Karina, ao visitar a biblioteca de sua residência, Jean repara em um estranho diário, o “Mon Journal”, que estava localizado em uma das prateleiras. Ao abri-lo percebe que este estava escrito em francês, aguçando mais ainda sua vontade de ler. A cada página, a história vai envolvendo os dois de tal maneira que chega a ser algo quase sobrenatural, ainda mais que ninguém, nem mesmo a avó de Karina, sabe como tal livro foi parar em seus guardados.

Tal diário é o elo que esclarece a relação entre os dois casais de épocas tão distantes e tão diferentes.

Curiosos para saber que elo é esse??? Então, corram para as livrarias e adquiram logo o seu... sei que não irão se arrepender!

**********************

Bom, vamos então aos meus mais singelos comentários....rs

Uma amiga minha, parceira no mundo literário, a querida Thaís Turesso, do blog Viaje na leitura, me indicou para a Pandorga para que eu fizesse essa resenha. De cara eu já curti, né? Aliás, quem não gosta de ganhar livros? Mas eu fiquei apaixonada quando li a história. Adoro romances e mais ainda quando estes são avassaladores.

Curti cada linha do enredo e ainda aprendi um pouquinho de francês, pois a cada parte, uma frase ou um trecho é escrito nesse idioma.

Pude perceber que até certas palavras nossas têm um pouco de origem no francês, por exemplo, Journal, que em francês quer dizer diário, em nossa língua quer dizer o tão lido jornal, que não deixa de ser um diário das notícias do mundo. Encontrei também a palavra Garçon que, em francês, quer dizer menino...será que ao trazer pro nosso idioma, o pessoal chamava quem trabalhava no comércio de menino???

Essa obra mostra bem que a miscigenação do nosso povo veio das diferentes culturas que aqui chegavam, como, por exemplo, o convívio entre os europeus com os africanos, infelizmente na condição de escravos, e com o povo indígena, que já estava aqui.

E o mais legal de tudo: a obra é de um autor nacional....isso mesmo! Isso nos mostra o como a nossa literatura vem crescendo cada dia mais.

Quer saber mais sobre esse talentoso autor? Então, clique aqui para conferir o site com mais informações sobre as outras publicações dele!!

Sem querer ser repetitiva, amei o livro e dou nota 9,5, apenas por alguns detalhes que não posso mencionar para não dar spoiler demais, mas tenho certeza que ao ler vocês irão entender o porquê da nota.

Mais uma vez, quero agradecer a querida Thais Turesso pela indicação do blog e também a querida editora Pandorga por confiar em nosso trabalho.

Vou ficando por aqui, mas pretendo voltar logo....quem sabe contando os meus surtos pela bienal?

Beijinhos
Flay

" A Playlist de Hayden" - Michelle Falkoff


Oieeee, pessoalllll.....
Tudo bem com vocês??? Espero que sim....
Hoje, nós vamos falar sobre um livro incrível. Um livro que nos traz o verdadeiro sentido da amizade. Estamos falando de A Playlist de Hayden.
Vamos conhecer a história de amizade de Sam e Hayden. 
Sam e Hayden são os melhores amigos que alguém pode imaginar. E, como bons amigos, fazem tudo juntos...escola, curtem os mesmos jogos de vídeo game... em resumo, eles eram inseparáveis até que uma grande tragédia aconteceu... Hayden se suicida logo após uma festa que não foi agradável para ambos....e a única pista que Hayden deixa para Sam é um pen drive com algumas músicas e uma mensagem:


Sam fica sem chão e tenta entender porque seu grande amigo tomou essa atitude tão radical, o deixando sozinho para enfrentar esse mundo tão cruel.

Chega então o dia do velório de Hayden, e Sam vê o grupo de meninos que costumava cometer bullying com seu amigo, inclusive o irmão do próprio Hayden. Contudo, uma garota também chama a atenção de Sam e ele não imagina de onde o amigo poderia conhecê-la. 

Mais tarde, Sam vai a loja nerd preferida dos dois e se depara com a garota do funeral. Seu nome é Astrid, e ela lhe diz que era amiga de Hayden.

Mas como isso seria possível? Hayden teria contado se tivesse amizade com outra pessoa. Principalmente uma garota!

A história gira toda em torno da playlist, e, através dela, Sam tenta desvendar o que aconteceu na tal festa e tenta entender o que levou seu grande amigo a cometer tal atitude. E ele ganha uma grande aliada que é Astrid,  que o ajuda não só contando o que ela sabe, mas também trazendo o mundo do amor para sua vida, algo que Sam nunca pensou que aconteceria.

No meio de todas essas novidades, coisas estranhas começam a acontecer. A trifeta do bullying, que era composta pelo irmão mais velho de Hayden e seus amigos, começa a sofrer uma série de ataques, e Sam começa a questionar quem estaria por trás dessas atitudes. Alguém queria vingar a morte de Hayden ou algo sobrenatural estaria acontecendo?? 

Isso é o que vamos descobrir no decorrer de toda essa trama que é de deixar todo mundo com os nervos à flor da pele.

****************

Bom, posso dizer que amei a história de amizade que existia entre os dois. É muito comum vermos esse tipo de amizade entre duas meninas, mas ver uma amizade tão sincera e com tal grau de cumplicidade entre dois meninos é mais difícil, e Sam e Hayden conseguem nos transmitir o verdadeiro sentido da amizade em que o elo não é rompido mesmo diante de tamanha tragédia.

Não acho que a melhor solução para se livrar de problemas seja cometendo suicídio. Acredito que existem várias formas de enfrentarmos os nossos problemas sem ter que tirar nossa própria vida, até porque isso não resolve o problema.

Achei interessante o livro abordar sobre o bullying, pois muitos não dão importância para esse tipo de agressão, e que muitas vezes pode ser pior do que a agressão física. Devemos ter cuidado com "brincadeiras" que fazemos com as pessoas, pois elas podem encarar de outra forma e, quando viermos a nos arrepender, pode ser tarde demais.

Achei também bastante legal o fato de trazer os personagens principais como geeks, pois geralmente vemos personagens perfeitinhos e isso é muito fácil para chamar público, mas esse é um livro bastante interessante uma vez que a cada página você ama mais e mais o universo dos personagens.

Amei o fato de cada capítulo iniciar com uma música. Como já mencionei aqui outras vezes, eu amo música também, e misturar as minhas duas paixões é muito legal. Óbvio que fui buscar conhecer todas as músicas e posso dizer que amei todas....dá uma olhadinha aí na playlist de Hayden:


A querida Novo Conceito quando nos enviou o livro, mandou com uma lembrancinha que eu achei um máximo....é uma pena que não vem junto com o livro



Procurando na internet, eu achei um quadrinho bem bacana sobre a história...


Bom, eu dou nota 8 para esse livro e quero muito saber a opinião de vocês. Espero que vocês tenham curtido um pouquinho essa resenha.... e para dar mais um gostinho na boca de vocês, vejam o book trailer que a linda Novo Conceito preparou para esse livro:


Espero que vocês tenham curtido....e espero ver a opinião de vocês aqui, ok???

Beijokas e até a próxima...
Flay 

"O Álbum" - Timothy Lewis


Oieeee, genteeeee.....
E voltamos a nossa sequência de resenhas....aheeeeeeeee!
Hoje, falaremos sobre esse livro lindíssimo que a Novo Conceito nos enviou.
Em O Álbum, Timothy Lewis nos apresenta a linda história de amor de Gabe e Huck Alexander.

A história começa com Adam, um homem bastante solitário. Ao ser abandonado por sua mulher, se entregou ao ofício de vendedor de objetos em inventário e largou sua vida pessoal. Ao vasculhar uma das casas que deveria estar desocupada, encontra um álbum. Neste álbum, não havia fotografias, mas, sim, cartões postais. Estranhamente datados de todas as sextas-feiras, durante 60 anos.

Sem saber como um casal conseguiu manter um casamento por tanto tempo e com tanta paixão, decide investigar detalhes da vida de Gabe e Huck, além de tentar entender o que houve nesse casamento aparentemente perfeito e qual foi a falha do seu.

É através da investigação de Adam que podemos desfrutar de um romance mais que especial. Como Gabe e Huck se conheceram e se tornaram almas gêmeas e como um casamento sem filhos pode ter proporcionado tanta felicidade ao longo de 60 anos de vida matrimonial.

Adam conhece Yvetta, filha da antiga empregada dos Alexanders, e é através dela que ele começa a descobrir os segredos do casamento feliz e só assim começa a entender o que deu errado em seu casamento e que nunca é tarde para recomeçar.

Os capítulos são narrados sobre a perspectiva  de 4 personagens. Adam, Gabe, Huck e Yvetta, o que nós permite entender toda a trama do livro.

************

Cara, o que falar desse livro??? Simplesmente perfeitoooooo.....que história de amor é essa, gente....um casal que não deixa a rotina esfriar o amor que sentem um pelo outro. Esse livro nos traz a verdadeira receita de como manter o amor por muitos e muitos anos.

Super concordo com o fato de acreditar em almas gêmeas....acho que nunca é tarde para tentar encontrar a nossa.....graças a Deus, eu já encontrei a minha....e vocês?

Gente, como assim o autor menciona os meus meninos????? Ahaaaaaaaaaaa.....isso mesmo....tem uma hora do livro que Yvetta marca com Adam em uma determinada rua para continuar a contar a história de Gabe e Huck, e qual é a surpresa??? O Nome da Rua é Backstreet, e Adam pergunta a ela se é Backstreet Boys....oi???? Nem surtei, né ??  rs

Se eu pudesse atribuir uma nota ao livro com certeza daria 10, pois essa é uma linda história de amor que nos permite sonhar com um amor como o de Gabe e Huck.

Se ficaram curiosos e loucos de paixão pela história, corram até uma livraria mais próxima e adquiram essa linda obra que a Novo Conceito nos proporcionou.

Não consegui achar um book trailer em português, mas creio que este poderá dar uma boa ideia do que vocês poderão encontrar em O Álbum...


Beijokas e até a próxima,
Flay



"O Mistério de Charles" - Renan Carvalho.



Oooie, galera!

Agora, eu passei aqui para divulgar o livro do querido Renan Carvalho! O autor nos procurou e, depois de uma conversa bem legal, viemos aqui para compartilhar esse enredo com vocês!

Preparados para as novidades? Então, fiquem ligados, pois o próprio Renan apresentará essa obra para a família Tbw Br!

***

"Saudações, caros leitores!

Antes que eu coloque em pauta O Mistério de Charles a vocês, deixo aqui meus sinceros agradecimentos a minha amiga e aliada Alexandra Cristina por me dar a honra de estar participando aqui em seu blog. 

Bom... Vamos começar então! 

Para aqueles que curtem uma boa Ficção/Suspense, Mistério e puro terror, O Mistério de Charles tem tudo isso e muito mais!

 'O Mistério De Charles conta a história de um jovem morador de um lugar chamado Cidade Das Estrelas, local muito pacato. Funcionário de um banco durante quatro longos anos no mesmo setor até receber uma promoção como Analista. No início fica relutante com as novas responsabilidades, seu nervosismo vai crescendo até que finalmente toma uma difícil decisão, aceitar o novo cargo. Em seu novo emprego fatos estranhos vão acontecendo: se envolve em um atropelamento e ao prestar socorro descobre tratar-se de um estranho menino, que sai ileso do acidente, só mais tarde descobrirá que está lidando com forças além de sua imaginação e que fará parte de sua vida às vezes o atrapalhando, às vezes o ajudando através de mensagens, quando começa a entender o que estava se passando um novo personagem surge e passa a influenciar o menino que até então o ajudava. Com a ajuda de uma amiga ele vai à busca de respostas e vai se envolvendo cada vez mais em um suspense que parece não ter fim.'

Espero que vocês gostem desta obra tanto quanto eu. 

Boa Viagem!!

Sinceramente: Renan Carvalho"

***

Se você está louco para ler esse livro, clique aqui e compre seu PDF por apenas cinco reais! OMG!

Ah... e, para deixar aquele gostinho de quero mais, vou deixar o Book Trailer dessa obra para vocês!

Beijos da Alê!




Dicas para sobreviver na Bienal Rio 2015!


Oieeee, amores!

Hoje, passei aqui para compartilhar um vídeo que Thata e eu gravamos para vocês!!! Dessa vez, nós viemos dar dicas para todo mundo aproveitar muitooooooooooo a Bienal! Afinal, esse evento tão esperado está chegando! Iuhhhh!

Ahhh.. só que a gente fez muita bagunça no vídeo também, hehehehe! Espero que gostem!!!

Beijos da Alê!!!



Campanha O Guardião? - Dia 7


Oieeeee, genteeeeeeeee....
Como tudo que é bom dura pouco, hoje é o nosso último dia de campanha de Guardião?
Mas não precisamos chorar....pois falta muito pouco para podermos ter essa obra nas mãos e desvendar todos os seus mistérios.
Enquanto esse dia não chega, nós vamos mostrar para vocês um pouquinho mais sobre o mundo de Guardião?

Curiosos?

... Sobre a Escola Avançada de Champs-Bleux?
Já mencionada na sinopse, a Escola Avançada de Champ-Bleux é, geograficamente falando, o ponto focal da série.

Achou estranha a imagem ao lado, que não parece condizente com uma escola formadora de cientistas? Os alunos de Champ-Bleux com certeza não acham, porque a Escola Avançada é um lugar realmente especial.  

Abaixo, veremos um breve histórico de Champ-Bleux que foi retirado, com pequenas modificações, do capítulo 5 do Cisne. Uma vez que se trata de um diálogo, vamos à identificação de quem está falando:


- Tim, quinze anos, um dos filhos de Doris e Henry Melbourne. Assim que for possível, postaremos os primeiros capítulos e vocês poderão conhecer melhor esta tumultuante pessoa. Aqui, ele não está tumultuando. Está só conversando com...


- Peggy, quatorze anos. Ela foi adotada pela família Melbourne há dois anos, quando seus primeiros pais adotivos, Grace e George Saint-Mont, morreram em um acidente. Foi encontrada em uma praia com seis anos de idade, sem memória. Sua família nunca foi localizada.

Se ficou ainda mais curioso, clica aqui que entenda um pouco mais....

... Sobre Tarilian?
Outro mundo, outra civilização, tão inesperadamente próximos! Como pode ser isso? 


Descubra Aqui. Boa leitura!

 ... Sobre o mito do Mundo Uno?
Ao contrário dos textos sobre Tarilian e Champ-Bleux, este não foi retirado do livro. Foi elaborado de forma independente, embora use frases e expressões que vocês vão encontrar no Cisne, quando o lerem.

Clique aqui e descubra mais desse mundo... 

Então, galera???? Espero que vocês tenham gostado e que a gente tenha conseguido colocar bastante gostinho na boca de vocês...
A campanha acaba hoje, mas fato que iremos falar muito mais de Guardião? por aqui, ok?
Beijokas...
Flay


"Prometo Falhar" - Pedro Chagas Freitas.

 

Ooooi, amores!

Hoje, nós vamos falar de um livro que causou bastante barulho na internet!!! Simmmmm... estou falando do perfeito e maravilhoso Prometo falhar do gajo Pedro Chagas Freitas, que estará conosco na Bienal!!!

Quer saber mais sobre a obra antes de encontrar esse querido autor? Então, fique de olho nessa resenha.

***

Prometo falhar nos traz diversas crônicas diferentes, mas que abordam um "mesmo" tema. Nesse livro, Pedro Chagas Freitas nos mostrou as diversas facetas do amor, nos chocando, nos emocionando e nos mostrando como esse sentimento é real e não algo fantasiado para vender livros.... Pedro nos mostrou algo puramente palpável, e foi exatamente isso que mais me encantou.

Nós já conversamos sobre um livro de crônicas, também da Novo Conceito, antes... nosso debate sobre a obra do Rafael Moreira deixou bem claro como eu AMO ler esse tipo de texto, mas, como o assunto é nosso foco novamente, quero reforçar a minha paixão sobre as crônicas! Bom, vocês sabem que me arrisco e escrevo algumas aqui, e há uma boa razão para eu fazer isso: adoro sentir que todos os meus sentimentos estão sendo passados para o papel e amo sentir que vocês, através disso, conseguem me conhecer um pouco melhor... e, por esses mesmos motivos, amo a experiência de ler crônicas de outros autores, já que assim troco de lugar e fico de frente com os sentimentos de outra pessoa.

O que me impressionou em Prometo falhar foi exatamente a capacidade de o autor conseguir passar uma intensidade surreal aos relatos... tudo escrito ali era tão real que eu me arrepiei em muitas partes e sorri em outras... Pedro toca em tantos assuntos relacionados ao amor de uma forma única que eu perdi o fôlego em boa parte da leitura.

Preciso falar que amei tudo que li, mas escolhi a crônica em que um senhor fala que já foi milionário porque tinha sua amada esposa consigo como minha preferida. Aquele texto tem tanto sentimento que me fez chorar.... 

Infelizmente, não posso falar muito mais dessa obra, pois eu só sei sentir depois dessa leitura e não consigo expressar em palavras de forma justa tudo que ele representou para mim e, por isso, só posso recomendar que vocês não percam esse livro por nada no mundo... mas aconselho que leiam duas crônicas por dia para evitar que uma ressaca literária te tome por inteiro rápido demais. Prometo falhar conseguiu ler minha alma tanto quanto Apenas um dia e, depois dessa invasão toda dentro do meu ser, preciso respirar um pouco, hehe.

Ahhh, como eu disse, esse autor estará conosco na Bienal e também fará outros eventos de lançamento e, já que eu sou boazinha, vou colocar os links e as informações para vocês aqui :)

Bienal.


Outros eventos.





Espero que tenham curtido essa minha resenha em forma de desabafo... leiam e suspirem comigo também <3

Beijos da Alê!

Campanha "O Guardião?" - Dia 6


Oieeee, pessoal....
Hoje é o nosso penúltimo dia da campanha de Guardião? 
 Então, vamos desfrutar mais um pouquinho dos quotes dessa obra maravilhosa....






Ansiosos???? Eu estou muitoooooo
A cada quote desse dá mais vontade ainda de ler Guardião?
Lembrando que o lançamento oficial será na Bienal do Rio de Janeiro, e nós do TB Words Br estaremos lá pra conferir tudinho e contar pra vocês, ok???
Então, nos vemos amanhã....
Beijocas
Flay

Campanha "O Guardião?" - dia 5




Oieeee, genteeeeeeee.....

Hoje, falaremos sobre a criação das capas de Cisne e Linhagem.
Em seu site, a nossa querida Eleonor nos conta como foi o processo de criação deles....vamos conferir???




O veleiro solar Cisne é o local onde acontece a maior parte da história e, por isso, foi o título escolhido para o primeiro volume da série Uma Geração, Todas as DecisõesMas não foi fácil passar o barco para o papel!


Eleonor: o Cisne é um grande veleiro...

Krás (o desenhista): Grande? Grande, que tamanho? Precisamos de uma escala.
Eleonor: ... Veleiro que se move a partir da energia coletada por suas velas solares.
Krás: Como imaginou as velas solares?
Eleonor: Ah, elas parecem velas convencionais, mas são coletores solares.
Krás: Então elas não podem se sobrepor umas às outras, precisam se mover para acompanhar o Sol, precisam ter uma ranhura no meio para quando o Sol estiver a pino...  



Ou seja, barco na cabeça é uma coisa. No papel, outra bem diferente! Aqui estão os primeiros esboços a lápis, a partir dos quais começamos a realmente dar forma ao Cisne.


Diversos ângulos do barco, depois de estabelecer que jeito teria o casco, quantos mastros seriam, o tamanho do esporão da proa e por aí vai.






Este foi o primeiro esboço de como a capa realmente ficaria, em termos de

perspectiva.




















Já ganhando mais detalhes. As velas ainda estavam em discussão, e ganharam diversas formas até a decisão final. Golfinhos? Sempre junto. Adoro golfinhos.


Observação: segunda edição - sem golfinhos.











O último esboço a lápis, com as velas já na forma definitiva.



























Concluindo, o desenho finalizado, ou seja, só com os traços que vão realmente permanecer.







Até aqui, o trabalho foi só do talentoso desenhista. Passo seguinte, a cor.  



Este abaixo é o esboço de cor feito sobre o desenho a lápis. É um estilo bem diferente, mas tem seu charme!



Mais uma vez, a capa conta com desenho de Rafael Krás e cor de Anelise Hertzog. E, mais uma vez, podemos constatar a habilidade de Krás em transformar uma descrição verbal em uma imagem perfeita.








Primeiro esboço da capa, ainda com rabiscos e marcações a caneta.









Desenho finalizado

Arte pronta



Espero que tenham curtido essas curiosidades sobre as capas.
Não percam amanhã mais um dia da nossa campanha de Guardião?
Beijocas
Flay

De fã para fã: Filmes para assistir no inverno!


E aí, pessoal do The Best Words Br, cá estou eu de novo, com um excelente nome de coluna, que como já diz o nome, é de fã para fã. Eu vou tentar indicar sagas, séries, filmes, essas coisas boas que a gente vê por aí. Se vocês tiverem sugestões, pedidos, ou sei lá, quiserem fazer uma boa ação, só comentar ;)

Há poucos dias atrás, a Ale fez uma tag dos nossos parceiros (Brainstorm divossssss) sobre livros para ler no inverno, e eu pensei: porque não fazer uma de filmes para ver no inverno? Até porque, é sempre bom sentar no sofá, e tomar um chocolate quente assistindo um filme, enquanto chove lá fora.

Mas não, eu não vou falar filmes de verão para sentir calor e espantar o frio. Se a gente está na chuva é pra se molhar... a maioria dos filmes aqui tem aquela neve de dar inveja, e faz você se encolher mais no cobertor. Então, prepare o seu chocolate quente!



***

O Amor Não Tira Férias



Amanda Woods (Cameron Diaz) e Iris Simpkins (Kate Winslet) são duas mulheres que vivem completamente distante uma da outra, na verdade, elas vivem em dois pontos completamente opostos da Terra. Mas as duas possuem algo em comum: estão cansadas da vida que levam e precisam desesperadamente mudar de ares, para esquecerem as frustrações amorosas.

É aí que as duas se conhecem pela Internet e resolvem colocar em prática um plano maluco: resolvem trocar de casas justamente nos feriados natalinos, ou seja, Amanda vai viver na casa de Iris, e Iris na casa de Amanda.

Mas, como nem tudo acontece como a gente planeja, o amor bate a porta delas (literalmente), e além de terem que enfrentar seus fracassos da vida amorosa, vão se redescobrir, e descobrir o que o amor guarda para elas.



Eu amo esse filme, não só porque me identifiquei extremamente com a Iris, personagem de Kate Winslet, mas também porque você se preocupa e se apaixona pelos personagens ao longo do filme. São pessoas normais, que se decepcionaram amorosamente, e quem nunca, né? 


Para Sempre Cinderela




Sim, é mais um filme sobre a Cinderela. A diferença é que esse é O MELHOR filme sobre Cinderela. Se passa na França do século XVI, quando Danielle de Barbarac (Drew Barrymore) perdeu o pai, e foi obrigada a trabalhar como escrava para a madrasta e suas duas filhas. Uma das filhas da baronesa é bondosa e não concorda com várias atitudes da mãe, mas, por outro lado, a outra filha é bastante egoísta e só pensa em se casar com o príncipe herdeiro (Dougray Scott). Para isto, ela tem total apoio da mãe, que está disposta a conspirar, mentir e fazer o necessário para ver sua filha como a futura rainha. Mas ela precisa agir rápido, pois o príncipe conheceu Danielle , os dois estão apaixonados e os sonhos de grandeza da baronesa podem ser frustrados, pois sua enteada e o príncipe estão sendo aconselhados por ninguém menos que Leonardo da Vinci (Patrick Godfrey). 

Tudo bem, tudo bem. Esse filme não está cheio de neve, mas se passa na França, um lugar não muito tropical, é um filme de época e é um romance perfeito para assistir em dias frios. Se você gosta de uma boa adaptação de contos de fada, não pode deixar de ver este. 


As Férias da Minha Vida


Georgia Byrd (Queen Latifah) é uma moça modesta, funcionária de departamentos de panelas de New Orleans, que sonha em se tornar uma chef, mas não vive exatamente a vida que sonhou. Apaixonada por seu colega, Sean Williams (LL Cool J), ela acidentalmente bate a cabeça em um armário, e é levada a um hospital para fazer uma tomografia. Lá, ela descobre ser portadora da Doença de Lampington, uma síndrome que causaria vários tumores no cérebro, mas seu plano de saúde não cobre a operação. Com apenas algumas semanas de vida, ela resolve realizar todos os seus sonhos, inclusive o de esquiar, se hospedando em um hotel de luxo, Grandhotel Pupp, na República Tcheca, e decide fazer tudo que quer...afinal, são as últimas férias da sua vida. 

Esse filme é tudo que eu queria fazer na minha vida, uma semana de podre de rica, sabe? A história, além de engraçada, passa uma boa mensagem... esse é um filme descontraído, que te faz querer ter as férias da sua vida. 


O Dia Depois De Amanhã 


A Terra sofre alterações climáticas que modificam drasticamente a vida da humanidade. Com o norte se resfriando cada vez mais e passando por uma nova era glacial, milhões de sobreviventes rumam para o sul. Porém, o climatologista Jack Hall (Dennis Quaid) segue o caminho inverso e parte para Nova York, já que acredita que seu filho Sam (Jake Gyllenhaal) ainda está vivo.

E claro que ele está. Seguindo as recomendações do pai, se trancou com mais algumas pessoas dentro da Biblioteca Nacional, e está queimando livros para aquecer a todos. Mas a comida fica escassa, e sua amiga arde em febre, precisando de remédios. Será que eles vão conseguir sobreviver?

É um filme de ação, meio pós-apocalíptico, e aclamado pela crítica. Se você está pretendendo sentir frio, esse te faz até ranger os dentes. É uma história emocionante de sobrevivência, e até onde iria para salvar aqueles quem ama.


Se eu ficar 


E se você pudesse escolher entre viver ou morrer? Mia Hall (Chloë Grace Moretz) acreditava que a decisão mais difícil que enfrentaria era seguir a carreira de violoncelista na Juilliard, ou seguir um caminho diferente com o amor de sua vida, Adam. Mas quando um passeio em família leva sua família inteira, Mia tem sua própria vida em jogo, em coma no hospital. Presa em um limbo entre a vida e a morte, ela pisca de volta para seu passado, e acompanha seus amigos e familiares no presente. E a decisão de Mia não irá mudar apenas seu futuro, mas a sua vida.

Se você quer chorar, ficar abraçada na almofada comendo chocolate, então, talvez esse seja seu tipo de filme. Se Eu Ficar é maravilhoso, e te faz perguntar várias vezes, o que você faria no lugar de Mia. 

Vamos parar de drama um pouco, e vamos falar de algo que deveria ser só para crianças, mas não é! Vou relembrar duas animações que você com certeza deveria ver (ou rever) nesse inverno.



A Era do Gelo 1, 2, 3 e 4

Nossa, quanto filme, né? Mas e daí? Por que não rir um pouco com as palhaçadas do Sid, as grosserias de Manny, e as aventuras desse time nada usual (squad goals com certeza)?




E, é claro, eu não poderia deixar de falar de...


Frozen: Uma aventura congelante 

Acharam mesmo que eu ia deixar esse filme de lado? Não poderia. Qual filme melhor para ver no inverno do que um musical sobre a rainha do gelo? Além de ver o Olaf, aquele boneco fofo que você adoraria dar abraços quentinhos. Eu sei que você pode pensar “nossa animação, que coisa de criança” e talvez até seja, mas quem sabe não é o momento para despertar aquela criancinha que ainda habita em nós?




***

Espero que tenham gostado do post assim como eu gostei de escrevê-lo, beijinhosss e até a próxima. 

Xoxo, Thata