"Zac & Mia" - A.J Betts


Oieeee, galerinhaaaaaa...como vão vocês???? Espero que bem....pois eu estou maraaa....ainda mais depois de ler um livro incrível como esse!!!

Hoje, iremos falar de Zac & Mia, de A.J Betts. O livro conta a história de dois jovens - Zac e Mia - que se conhecem em uma situação nada convencional: ambos estão em um hospital para tratamento de câncer. Zac tem leucemia e acabou de fazer um transplante de medula. Mia tem osteosarcoma (câncer no osso de uma de suas pernas). Antes de receber alta, Zac precisa ficar em quarentena no hospital para verificar se não haverá nenhum tipo de rejeição. No auge de seu tédio de não aguentar mais ficar trancafiado, ele conhece a menina revoltada do quarto ao lado. 

Só que diferentemente dos antigos pacientes idosos que ficaram ali, dessa vez, sua vizinha é uma jovem muito linda de 17 anos. Mia era uma garota popular e, em questão de dias, seu mundo se transformou completamente ao descobrir que tinha câncer. Para ela, ficar internada em um hospital é terrível.

A amizade deles começa quando Mia adiciona Zac no Facebook, e,a partir daí, a cumplicidade desses dois se inicia e faz com que devoremos as páginas dessa obra.

*********************

Ao contrário do que vocês podem estar pensando, o livro não gira em torno da doença, mas, sim, da amizade entre duas pessoas completamente diferentes. Essa obra nos mostra que,  de um fato trágico, pode surgir uma amizade verdadeira e, inclusive, um intenso amor. É um amor praticamente impossível entre um menino do campo cheio de esperanças que amava os animais (ahhhh, eu ameiiiii issoooooo...)  e uma menina arrogante, fútil, que só olhava para o próprio umbigo e que era tão pessimista.

Eu simplesmente fiquei encantada com a história e, a cada página, eu ficava mais emocionada e curiosa para saber como iria ser o desfecho.

Esse livro me remeteu muito a história de A Culpa é das Estrelas, porém -  se me permitem um pequeno spoiler- sem um final tão trágico quanto. Ao contrário de A Culpa, esse não conta a história do decorrer da doença mas,sim,o depois: a fase de recuperação, os medos e receios de uma possível recaída.

A autora tem uma escrita linda, é muito literária, muito bonita e delicada; os diálogos são ótimos; os personagens tão bem estruturados e delineados que é muito gostoso de se ler; as tiradas são engraçadas, algumas pura graça e outras com aquele humor negro e ácido que adoro! Bem... fui conquistada! 

Super me identifiquei em vários momentos da história. Zac é fanático por Harry Potter, mais precisamente por Emma Watson, e seu grande desejo é conhecê-la.

Em uma parte do livro, quando Zac está no hospital se recuperando, ele está lendo Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, enquanto sua mãe está lendo o quê??? Tcharannnnnn....50 Tons de Cinza.....ahaaaaaaaa.....nosso Grey....

Momento distração...aiaiaiaiaiaiaiai

Outra coisa bem legal é que Zac costumava jogar Handball no colégio, assim como eu, que tive meus momentos de glória como goleira do time do meu colégio....

Também tenho as minhas afinidades com Mia, afinal de contas,ela adora Friends e,assim como eu, assistiu tanto o filme A Pequena Sereia que sabe cantar todas as músicas e,todas as falas.



Um programa muito legal que existe lá fora e que já foi sitado em A Culpa, é o Make-a-wish,onde jovens que possuem uma doença são sorteados e tem algum sonho seu realizado. Quem dera que alguém do nosso país pudesse copiar essa ideia. Já que somos macacos de imitação de diversos programas gringos, por que não com um que realmente vale a pena?

Procurando pela capa na internet, me deparei com uma outra capa que eu achei muito legal e,na minha visão,bem mais interessante.

E ai, o que acham??? Eu preferi essa....

Em resumo, fiquei apaixonada por essa linda história e se eu pudesse dar uma nota, seria 1000, pois é um livro extremamente envolvente e perfeito. Não conhecia essa autora, mas,com certeza,irei prestar mais atenção em suas obras. Obrigada,Novo Conceito,por mais uma vez nos proporcionar tal leitura, que não me canso de repetir que é belíssima.

Se ficaram curiosos ( Leo, essa é pra você...=) ), corram até a livraria mais próxima e adquiram essa linda obra.

Bom, vou ficando por aqui, mas prometendo voltar em breve....

Beijokas e boa leitura a todos...

Flay

5 comentários

  1. Que graça gente!! Eu sendo citado na sua resenha Flavia. Sim, eu gostei do livro e fiquei curioso. Mas não vou comprá-lo agora pois tenho prioridades. A lista de desejados ta grande demais. Hahahaha. Quanto a história, ela parece ser meia clichê, mas se minhas suspeitas se confirmarem é um clichê interessante e gostoso de se ler. A Novo Conceito que me desculpe, mas prefiro a outra capa que você achou. Comparando as duas, a da NC é meio estranha. Hahahhaa, no mais a resenha está ótima. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tá ficando muito besta, Leonardo ahhahaha! Agora já até aparece na resenha da Flávia????

      Excluir
    2. Pois é Leonardo, agora é oficial,o senhor sendo citado...rs....mas realmente o livro é muito fofo....vale a pena

      Excluir
  2. Awnnnn! Que livro fofooooo... Sick-lit não é tão minha praia, apesar de eu amar " A Culpa é das Estrelas".... No entanto, fiquei curiosa agora sobre esse desfecho!
    Sua resenha foi bem sensível e tocante, Flay! ADOREI!
    Parabéééns! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb não sou chegada a Sick-lit, até porque sou bem chorona....mas esse vale a pena ler pois ele não foca na doença, mas sim na história de amizade dos dois

      Excluir