"Proibido" - Tabitha Suzuma



Oieeeee, genteeeeee.....

E aí, como fomos de Black Friday???? Eu sinceramente não achei nada de muito bom...os preços estavam quase os mesmos...mas pude aproveitar para comprar os presentinhos dos amigos ocultos. Afinal, não sou de ferro, né? ...rs

Bom, hoje vamos falar de Proibido, da Tabitha Suzuma. Um livro bastante polêmico, mas, ao mesmo tempo, bem fofo. 

Essa obra conta a história de dois irmãos, Lochan e Maya, que, ainda muito novos, tiveram que assumir responsabilidades de adultos.

Lochan tem dezessete anos, Maya tem dezesseis. Durante toda a vida, eles foram os melhores amigos um do outro, o apoio que precisavam para passar pelas experiências sem enlouquecer. Isso porque, com tão pouca idade, eles já tinham responsabilidades muito maiores que a de muitos adultos. Filhos de um pai que os abandonou e de uma mãe alcoólatra, instável e irresponsável, Lochan  e Maya cuidam de seus irmãos mais novos como os pais que eles nunca tiveram, de fato. E isso não é sempre

fácil, ainda mais com um irmão em plena adolescência e duas crianças pequenas demais para entender o que acontece, mas grandes o bastante para saber que a falta de um pai e uma mãe na vida delas não é natural.

Eles se dividem entre as responsabilidades com seus estudos bem como de ajudar seus irmãos mais novos, tudo feito de forma cuidadosa para que o serviço social não descubra a negligência de seus pais e venham separá-los, até porque o que Lochan e Maya mais desejam é que sua família não se separe nunca.

Devido a essa cumplicidade dos dois, Maya e Lochan nunca se enxergaram só como irmãos, mas, sim, como verdadeiros parceiros nessa grande jornada da vida e, assim,  não demora muito para que um sentimento totalmente  atípico comece a florescer entre os dois, isso mesmo... Maya e Lochan se apaixonam e é aí que começa todo o dilema da trama: como viver esse amor puro e lindo se ao mesmo tempo ele será tão mal visto pela sociedade?

Maya e Lochan não conseguem entender a razão para o amor parecer algo tão errado e sentem grande temor pelo que esse sentimento pode acarretar na vida de seus irmãos. No país em que a família reside, o incesto é crime e ambos poderiam acabar presos!

Apesar de tudo isso ser considerado errado, Maya e Lochan sentem um amor profundo! Eles são duas almas errantes que só querem ficar juntas pelo máximo de tempo possível... Não vou contar o que acontece a partir de agora, pois acho horrível fazer um spoiler numa obra que merece tanto ser lida. Portanto, se vocês ficaram curiosos, corram até a livraria mais próxima, adquiram essa obra e leiam sem qualquer tipo de preconceito! Tenho certeza de que irão se emocionar!

****************

Quando ouvi falar desse livro pela primeira vez, eu o critiquei muito....como assim um livro que fala sobre incesto pode ser considerado bom? Mas, graças a Deus, a curiosidade falou mais alto e eu decidi ler....e não me arrependo.

Mais do que um simples incesto, o livro conta como dois irmãos, que sofrem pela negligência de seus pais, precisam tomar as rédeas da casa para cuidar de seus irmãos mais novos. 

Ora, eles praticamente tinham uma vida de marido e mulher, em que dividiam as responsabilidades da casa e todas as preocupações. Desde muito novos, eles não tinham aquela cumplicidade de irmãos que brincam juntos, mas, sim, todo sofrimento que uma vida pode trazer para aqueles que são colocados no mundo e largados a própria sorte.

Da primeira até a última página, meus sentimentos foram conflitantes! Culpei a mãe relapsa; odiei o Kit; quis o sucesso de um relacionamento que sabia não ser certo, ao mesmo tempo em que torcia para que eles nunca dissessem um ao outro o que sentiam...

 Lochan foi de longe o meu personagem favorito por toda a sua intensidade, bem como pela complexidade de seus sentimentos! 

Não há como ler Proibido e ser indiferente, pois as emoções dos personagens nos atingem em cheio e nos fazem refletir que nem sempre o padrão se aplica a todas as situações, e que o errado às vezes pode parecer o mais correto!

Indico a leitura para todos que apreciam um bom livro, uma história intensa e que, principalmente, não temem inovar... Livrem-se da alienação e conheçam a história de Maya e Lochan, dois jovens que jamais fizeram algo errado até cometerem o maior erro de suas vidas: apaixonarem-se!

Bom, vou ficando por aqui, espero que tenham gostado da resenha e gostaria muito que deixassem um recadinho pra mim, ok?

Beijokas e até a próxima...
Flay 



5 comentários

  1. Olha eu aqui!! Sumi mas apareci. E quando eu apareço tem resenha desse livro polêmico. Quando eu vi a capa eu achei que ele fosse aquele livro clichê e sem graça, mas quando você falou que tinha incesto na história eu gostei. Já vai pra lista de desejados porque eu adoro um livro polêmico e temas como esse, são poucos trabalhados na literatura. Ta na hora do pessoal colocar a cara no sol e trazer coisa nova pra gente discutir.
    Beijos Flavia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Leo....essa temática não é mto abordada....confesso que relutei muito para ler, com medo de como iria reagir....mas o livro é ótimo....vale a pena ler

      Excluir
  2. Nossa! Fiquei mega curiosa pra ler essa história. Já vou colocar nos desejados pra próxima compra. Muito interessante o tema e se VC diz que tem intensidade nos sentimentos já chamou minha atenção.
    Lerei assim q puder.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Essa, sem dúvida alguma, foi uma das suas melhores resenhas!!!!! Consegui sentir toda a sua emoção durante a leitura e, agora, estou ansiosa para ler esse livro...
    Já tinha visto um post sobre "Proibido", mas ainda não o tinha colocado na minha listinha... mas, fato, que ele está agora!
    Parabéns, lindona!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oie
    Eu quero ler esse livro desde que vi a editora anunciando o lançamento.É uma história diferente e emocionante que sem dúvidas vai me emocionar muito,sou louca de manteiga derretida.E que bom que mesmo com um pé atrás no começo você resolveu ler e gostou da história,não é todo dia que nos deparamos com livros dessa intensidade.

    ResponderExcluir