#Metadeleitura #2016


Oiie, galeraaaaa!

Quem quer saber  minha meta de leitura para esse ano? Quem quer promoção???
Quem quer os dois?? \o/ ahhahaa

Então, fiquem ligados nesse post ;)

***

Se tem uma coisa que eu nunca fiz foi traçar meta de leitura... sou terrível com metas literárias, porque eu sou muito periguete no quesito livro, haha. Eu quero ler um, mas se aparece outro que eu quero muito ler, largo aquele que eu tinha pensado, hihi. Então, sei que isso não funciona muito para mim.

A minha única meta nesses anos todos foi superar o número de livros lidos nos anos anteriores - e até agora vem dando certo. Maaaas, como tudo tem uma primeira vez, a nossa parceira linda do Reino Literário sugeriu que nós e mais algumas blogueiras fizéssemos um post falando sobre nossas metas, juntamente com uma promoção! E é claro que topamos, né???

Bom, mas como eu sou enrolada com metas, achei uma grande saída... vou fazer um top 5 dos livros que eu não posso deixar de ler nesse ano!!!! #problemaresolvido 

#1

Surpreendente!

"Pedro Diniz tem um desafio e um problema pela frente.
O desafio: filmar um roteiro magnífico capaz de surpreender o público e conquistar o prêmio mais importante do cinema brasileiro.
O problema: não ter a menor ideia de como fazer isso.

Aos 25 anos, recém-formado, Pedro está convencido de que é um sujeito muito especial, que tem a missão de usar o cinema como instrumento para melhorar o mundo. Diagnosticado na adolescência com uma doença degenerativa que o condenaria à cegueira, ele contraria a lógica da medicina quando a perda de sua visão estaciona de forma inexplicável. Enquanto comanda o último cineclube de São Paulo e trabalha em uma videolocadora na periferia, Pedro planeja seu próximo filme - a obra que vai consagrá-lo. E, para animar as coisas, conhece a intrigante Cristal, uma ruivinha decidida, garçonete e estudante de física nuclear, que mexe com seu coração.
A perspectiva idealista de Pedro, porém, sofre sérios abalos. Atormentado por um segredo, ele parte com os amigos Fit, Mayla e Cristal numa longa viagem até Pirenópolis, em Goiás, a bordo de um Opala envenenado. Com câmeras nas mãos e espírito de aventura, a equipe técnica improvisada está disposta a usar toda a sua criatividade na filmagem, feita na estrada ao sabor de encontros inesperados e de sentimentos imprevisíveis. E o jovem cineasta descobre que, quando o destino foge do script, nada supera o apoio de grandes amigos."

Como vocês viram antes,  meu pai devorou esse livro e está falando coisas lindas da história! Só sei que ter um pai literário faz com que você fique ainda mais ansiosa para ler o enredo, hehe.. então, com certeza, Surpreendente será um dos livros que vou engrenar em 2016.

#2

LIVRO EU ESTIVE AQUI

Eu estive aqui é a mais perfeita mescla de mistério, tragédia e romance. Gayle Forman dá ao leitor um retrato sincero da coragem necessária para continuar vivendo após uma perda devastadora.” – Stephen Chbosky, autor de As vantagens de ser invisível


Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo... Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal? A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos.

Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o
notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... e de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida. Eu estive aqui é Gayle Forman em sua melhor forma, uma história tensa, comovente e redentora que mostra que é possível seguir em frente mesmo diante de uma perda indescritível.

Quem acompanha o blog sabe que eu sou APAIXONADA pela escrita da linda Gayle Forman. Essa autora tem uma delicadeza e uma complexidade ao mesmo tempo que me deixam maluca, hahah. 
Logooo, claramente preciso de Gayle para começar meu ano bem!

#3

Fahrenheit 451 - Nova Ortografia

Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. Agora, o título de Bradbury, que morreu recentemente, em 6 de junho de 2012, ganhou nova edição pela Biblioteca Azul, selo de alta literatura e clássicos da Globo Livros, e atualização para a nova ortografia. A singularidade da obra de Bradbury, se comparada a outras distopias, como Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley, ou 1984, de George Orwell, é perceber uma forma muito mais sutil de totalitarismo, uma que não se liga somente aos regimes que tomaram conta da Europa em meados do século passado. Trata-se da “indústria cultural, a sociedade de consumo e seu corolário ético – a moral do senso comum”, segundo as palavras do jornalista Manuel da Costa Pinto, que assina o prefácio da obra. Graças a esta percepção, Fahrenheit 451 continua uma narrativa atual, alvo de estudos e reflexões constantes. O livro descreve um governo totalitário, num futuro incerto, mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TVs instalados em suas casas ou em praças ao ar livre. A leitura deixou de ser meio para aquisição de conhecimento crítico e tornou-se tão instrumental quanto a vida dos cidadãos, suficiente apenas para que saibam ler manuais e operar aparelhos.

Esse é um livro que eu tenho enrolado para ler por motivos desconhecidos... acho que alguns passam na frente dele e eu acabo esquecendo o coitado. Mas me proibi de esquecer dele mais uma vez... Aliás, além de ser do meu gênero favorito, essa leitura vai me ajudar demais na finalização da minha distopia.

#4 

Bela Redenção - Irmãos Maddox - Livro 2

Liis Lindy é uma agente do FBI decidida a se casar apenas com o trabalho. Ela adora sua mesa, está em um relacionamento sério com seu laptop e sonha em ser cumprimentada pelo diretor depois de solucionar um caso difícil. 
O agente especial Thomas Maddox é arrogante e implacável, um dos melhores que o FBI tem a oferecer — e chefe de Liis. 
Quando Liis e Thomas são encarregados de uma missão em que precisam fingir ser um casal, a atração entre eles chega ao limite — e os leva a questionar quanto realmente estavam fingindo.
Bela redenção é o segundo volume da série que narra a excitante, romântica e por vezes volátil jornada dos Maddox rumo ao amor. Chegou a hora de conhecer o mundo misterioso do esquivo Thomas e descobrir como a paixão pode ser intensa quando você não é a primeira, e sim a última. Além, é claro, de rever os outros irmãos da família Maddox.

Mas é claro que esse livro entraria na minha lista!!! Tô louca por ele desde o final do ano passado e estou quase acabando com as minhas unhas porque ainda não li!

Quero tirar minha dúvida: será que Thomas vai roubar o lugar do Trent no meu coração???


#5

Crepúsculo - Edição Especial de Aniversário de 10 Anos

O clássico de Stephenie Meyer revisitado 10 anos depois. Novamente, os leitores vão poder se apaixonar pela arrebatadora história de amor de Bella e Edward... ou, quem sabe, será uma primeira vez. A edição especial de aniversário inclui um conteúdo extra e exclusivo.

E vocês acharam que eu ia perder a oportunidade de colocar Twilight aqui??? Claro que não, né???

Crepúsculo mudou a minha vida e óbvio que eu estou louca para ler essa versão - bem inusitada, hehe!
***

Como vocês perceberam, não citei nenhum lançamento desse ano, pois quis colocar aqui os livros que eu teria que ter lido em 2015, mas que não consegui... conforme os lançamentos forem sendo anunciados, nós surtamos juntos nas nossas redes sociais, combinado? 

E, como prometido lá no início, chegou a hora de vocês saberem as regras para o sorteio daqueles prêmios lindos da imagem principal. Como sou boazinha, vou deixar o link com todas as explicações ;) basta clicar aqui para conferir tudinho.

Espero que tenham gostado desse post, amorecos!

E não esqueçam de contar quais são suas metas de leitura, viu? Vocês têm os mesmos probleminhas que eu ou são tranquilos para arrumarem metas???

Beijoooooos,

Alê! 

Nenhum comentário

Postar um comentário