"A Irmã da Tempestade - As Sete Irmãs livro #2 "- Lucinda Riley


Olá, pessoal....tudo tranquilo??? Espero que sim...

Hoje, nós falaremos de A irmã da tempestade, o livro II da saga As sete irmãs, da autora Lucinda Riley. Como vocês já viram aqui, nós resenhamos o primeiro livro dessa saga que a meu ver é maravilhosa.

Esse segundo livro conta a história da irmã Ally, uma velejadora muito prestigiada na vida marinha. A história começa voltando um pouquinho ao primeiro livro com a morte de Pa Salt, o pai adotivo das meninas, que ao morrer deixa uma pista para cada uma de suas filhas para descobrir sobre as suas verdadeiras origens. Ally, a principio, não se interessa em desvendar o seu passado, mesmo com seu namorado Théo dando todo apoio para que ela o fizesse. Mas mais uma tragédia chega a vida de Ally. Seu grande amor Théo vem a falecer em um terrível acidente em alto mar e a vida de Ally se desmorona de vez.

Depois de alguns dias de luto e sem saber o que fazer da vida, jurando a si mesma que nunca mais pisaria em um barco, Ally decide ir atrás de respostas para a sua vida.

Ally segue as suas coordenadas e vai parar na Noruega, para desvendar uma história que pode ter relação com a sua. Ela começa a investigar a vida de Anna Landvik, uma camponesa muito talentosa que é descoberta por um grande descobridor de talentos. Em um dos infinitos ensaios para a estreia de peça de Grieg, ela conhece o músico Jens Halvorsen, um bom vivant que só quer saber de música e mulheres.

Podemos dizer que é um amor à primeira vista, e que Anna se joga de cabeça, arriscando tudo, inclusive a sua carreira para ficar com seu amado.

O que essas mulheres teriam em comum? O que as ligaria, como uma mulher do final do século XIX e uma contemporânea podem ter em comum? Essas são questões centrais e que acompanham a leitura página a página. De forma magistral, Lucinda cria um enredo em que o passado e o presente se confundem, sendo uma trama que faz jus às suas 521 páginas que são de puro contentamento.

**************************************

Nossa, eu curti muito o livro. Quando eu li o primeiro, fiquei muito curiosa em conhecer a história de todas as irmãs, e a história de Ally realmente me surpreendeu bastante.

É uma história lindíssima que nos faz viajar no tempo, pois quando Ally vai atrás de seu passado, ela nos presenteia com todo conhecimento histórico do século XIX. Nos traz sobre como eram as vestimentas naquela época, como eram os costumes e todo o glamour da sociedade aristocrática.

Não me considero uma pessoa esotérica, mas confesso que o livro me trouxe, em alguns momentos, uma grande curiosidade de conhecer mais sobre esse mundinho.

O tema em si do qual Lucinda se vale para explorar a trama das sete irmãs, o ato de descobrir sua origem, é muito válido, mesmo as irmãs sendo unidas e tendo sido criadas com conforto e amor, a possibilidade de descobrir qual sua origem, sua história, sua família com a qual compartilha genes é uma verdadeira dádiva, uma vez que ao que parece nenhuma dessas irmãs chegou ao paraíso de Pa Salt por um mero acaso.

Não tenha medo de se jogar na trama, Lucinda sabe como ninguém escrever histórias de passado e presente juntos em uma mesma trama, são duas histórias lindas, que prometem cativar, não há como não se encantar e emocionar-se por Anna e Ally, duas mulheres fortes, que superam as adversidades mesmo com o coração partido e isso as tornam ainda mais fortes. Outro ponto super interessante e que vale a pena ressaltar é o fato histórico que cada livro comporta, no caso Grieg, o compositor que dá vida a canção que consagra Anna realmente existiu.

Eu realmente fico sem palavras para dizer o quanto eu curti o livro e super recomendo a todos. Se você não leu o primeiro, não há nenhum problema, os livros são "independentes" e não atrapalha em nada começar pelo segundo, mas não deixe de ler o primeiro, pois é simplesmente maravilhoso, sem falar que o cenário central é a nossa terrinha, ou seja, deixa tudo mais gostoso.

Então não perca tempo e corra até a livraria mais próxima e adquira o seu, tenho certeza que você não irá se arrepender, e claro, quero ver sua opinião aqui, ok?

Beijokas e até a próxima....
Flay

Nenhum comentário

Postar um comentário