"Todos Os Nossos Ontens" - Cristin Terrill.



Oie, galera!

Hoje, vou falar de um livro que me deixou sem palavras para expressar toda a admiração que senti ao ler cada página e ao chegar ao fim!

Essa obra de hoje é tão sensacional que eu não sei se conseguirei fazer um post sem surtos, mas prometo que vou tentar. Então, se você gosta de distopia, ação, suspense e um enredo arrebatador, não perca essa resenha ;)

***

Todos Os Nossos Ontens nos traz a história de Em, uma garota presa em uma cela dentro de uma base militar, e de Finn, o garoto do outro lado da parede da mesma cela. Ambos tentaram de tudo para evitar que uma máquina do tempo capaz de destruir o mundo fosse construída. No entanto, apenas uma opção resta, e Em parece ser a única capaz de acabar com os absurdos que um Doutor cruel, frio e determinado anda realizando. E é melhor que ela consiga cumprir logo sua missão, pois guerras, bombas e desastres acontecem por todo o planeta.

Paralelamente, ficamos cara a cara com Marina, uma menina com vida tranquila e que é completamente apaixonada por James, seu melhor amigo. Marina vive sem maiores preocupações e, por isso, fica dentro de sua bolha particular. Mas, em determinado momento, ela pode explodir e a menina pode descobrir coisas e atitudes que não esperava encontrar em seu amigo.

Em e Marina têm suas vidas entrelaçadas de uma forma única e atemporal, mostrando o crescimento de uma e a inocência preservada da outra, fatos que se completam e deixam o leitor arrepiado. As narrativas alternadas das duas fazem com que o leitor consiga entender cada peça do quebra-cabeça enquanto avança pelos capítulos.

Todos Os Nossos Ontens é um enredo total e perfeitamente trabalhado com inteligência, sutileza; e é um thriller de tirar o fôlego. Muitas vezes eu só percebia que estava sem respirar quando o capítulo terminava.

Cristin Terrill nos deu a possibilidade de enxergar diversas possibilidades e caminhos diferentes enquanto tudo ia sendo contado e, de uma forma ou de outra, você se sente dentro do livro e sente o peso de cada responsabilidade que os personagens carregam sobre si.

Além de todos esses impasses, encontramos um romance que parece ser evidente e outro que aos poucos vai conquistando nosso coração. E acho que esse foi um dos pontos altos da obra, pois a autora sobre harmonizar o clima tenso da guerra, da viagem no tempo e das conspirações, com uma atmosfera de amor, amizade, consciência humana e redenção. Tudo foi feito com uma dosagem certa, gostosa e inspiradora.

Em e Marina precisam correr contra o tempo - uma arma que se mostra muito perigosa - e apenas uma delas vai conseguir cumprir seu objetivo. Qual delas finalizará essa missão?

Acho que não fiz jus à grandiosidade que Todos Os Nossos Ontens nos traz, pois não consigo expressar tudo que o meu psicológico sofreu enquanto eu lia. Assim, só posso recomendar muitoooo essa leitura! Tenho certeza de que vocês irão amar!

Beijooos da Alê!

8 comentários

  1. Humm. Me fez gostar só por ser uma distopia. Me interessei bastante pela história, vou caçar depois pra ler. Parabéns pela resenha Ale! *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, tenho certeza de que você vai amaaaaaaaaar, lindo! Sério! O livro é demais, surpreendente e sensacional!
      Depois, me diz o que achou da leitura!
      Obrigada pelo carinho!
      Beiiijos!

      Excluir
  2. La vai minha lista ficar ainda maior depois de ler a resenha. Adoro distopias, estou começando a ler Fragmentados, a NC ta arrasando nesse tema!Adorei a resenha Alê!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aii, distopias <3 amo demaiiiis!
      Gente, Fragmentados foi um dos melhores livros que li no ano passado! Você vai adorar, Ana!
      Obrigada pelo carinho, sua lindaaaaaaaaa <3

      Excluir
  3. Oi Alê, faz algum tempo que quero ler esse livro, tenho visto muitos comentários sobre ele e são opiniões bem divididas, ou amam ou odeiam kkkk pelo que vi na sua resenha, eu acho que vou gostar bastante do livro, disopia não é um gênero que costuma me agradar e sou bem chata quando vou ler alguma, são poucas histórias desse gênero que me agradam e essa, acho, que será uma dessas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiie, bia!
      Tenho certeza de que vai adorar essa, pois a história é muito, muitttttto inteligente!
      Depois, me fala o que achou!
      Beijo, beijo!

      Excluir
  4. Vou dar na sua cara Ale!! Achei super interessante a proposta deste livro e por ser distopia ele merece uma chance. Vou anotar essa dica aqui para leituras futuras. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  5. Ale, olha você aumentando minha wishlist!!
    Já quero esse livro pra ontem!
    BJs

    ResponderExcluir