"As Crônicas dos Reis - A Extinção da Tempestade" - Pedro Xavier.


Oiiie, amorees!

Que saudades desse espacinho... bom, por alguns motivos externos, precisei ficar off do blog por um tempinho, mas eu voltei com muitaaas novidades para vocês! Espero que assim vocês não queiram me matar muito, hehe!

A primeira novidade é a nossa parceria com o autor Pedro Xavier!O Pedro entrou em contato conosco e foi muito solícito e carinhoso com nosso trabalho! Amei de verdade fazer essa parceria com esse autor mais do que querido!

Entããão, sem enrolar mais, vou começar a falar dessa distopia nacional que tanto nos cativou! "Simbora lá"?

***

As Crônicas dos Reis - A Extinção da Tempestade nos traz uma grande reflexão: o que você faria se o avanço da tecnologia fosse extremamente prejudicial ao mundo??? 

Nesse enredo proposto pela revelação Pedro Xavier, o personagem principal é obrigado a encarar essa reflexão em um contexto extremado! Com a devastação em massa da natureza e com acontecimentos exponencialmente prejudiciais a humanidade, nosso mocinho, também chamado Pedro, é obrigado a encarar seu destino ao lado de seus amigos e lutar para que a Terra possa encontrar novamente seu equilíbrio.

Mas é nesse momento que você deve estar se perguntando: que destino é esse?? E, como sou boazinha, vou explicar o que de fato acontece no enredo. Pedro e seus amigos foram escolhidos por forças e caminhos da natureza para serem reis dos elementos naturais. Com essa denominação e com os treinamentos necessários, nossos protagonistas conseguiriam assumir e coordenar certos "poderes", como controle da água, da luz e etc, a fim de conseguirem deter a destruição do mundo.

No entanto, como nem tudo são flores, a partir que Pedro descobre ser o Rei da Tempestade, vários obstáculos surgem e atrapalham o desenvolvimento de sua missão. Além de ter que descobrir quem são seus companheiros de destino, nosso mocinho precisa encarar a falta de memória de uma parte de sua vida e pesadelos que o assolam constantemente. E é essa fragilidade do personagem que o faz ser tão interesse aos meus olhos. Afinal, esse detalhe o fez parecer realmente como cada um de nós e não um daqueles heróis idealizados sem defeitos.


Queria falar muito da história em si, mas não posso por causa dos spoilers, ahha.  Pedro Xavier soube passar ao leitor o melhor de sua história de uma forma única e fluida. Com um ritmo acelerado e arrebatador, essa obra faz com que você não consiga parar de ler até a última página. Aqui, encontramos aventura, paixão, ação, amizade e muito mais.

Confesso que o que mais me agradou foi conhecer os poderes de cada um dos personagens. Fiquei muito curiosa a respeito de cada peculiaridade e esse é um dos motivos pelos quais estou ainda mais ansiosa pelo segundo livro! Sim, teremos uma trilogia! 

A minha única crítica negativa é que eu senti falta de mais alguns detalhes na descrição das cenas, mas o autor me garantiu que isso está sendo mais desenvolvido na continuação! EBAAA \O/

Como disse no início, a grande questão do livro foi um dos pontos altos. Aliás, atualmente, muito se fala sobre poluição e avanço da tecnologia. Então, acho que ler essa obra realmente me ajudou a abrir ainda mais os olhos para a questão da vida sustentável - que é uma necessidade urgente no planeta.

Eu pensei em falar qual foi o personagem que mais me encantou, mas decidi deixar vocês comentarem aqui o que acharam depois da leitura, pois não quero influenciar vocês na decisão ;)

Por muitos motivos, só tenho que agradecer essa parceria e essa oportunidade de leitura!

Se você, assim como eu,ficou encantado com a história, não deixe de adquirir seu exemplar no site do próprio autor. (Para isso, clique aqui)!

E se você quer conversar com esse querido, conseguir seu livro autografado e se estiver em Minas, fique ligado na programação do Pedro na Bienal de MG!!!

(Clique na imagem para ampliá-la)


Espero que tenham gostado dessa resenha, pessoal!

Aguardo o comentário de vocês!

Beijos da Alê!



Nenhum comentário

Postar um comentário