"Mentiras como o amor" - Louisa Reid


Olá, queridos....tudo bem??? Espero que sim!!!

Hoje nós vamos falar de Mentiras como o amor, de Louisa Reid, livro enviado pela nossa parceira Novo Conceito. Bora lá conhecer a história??

O livro conta a história de Audrey, uma menina de 16 anos que convive com conflitos internos e uma tendência muito grande à depressão. Ao se mudar para o interior, ela conhece Leo, um adolescente de 17 anos que já passou por alguns “problemas” na vida.

O grande problema é que a mãe de Audrey, Lorraine, é contra essa aproximação dos dois e insiste em dizer que essa aproximação poderia prejudicar ainda mais a “recuperação” de sua filha.

Audrey sempre entra em conflito com algo que ela chama de “a Coisa”, que vive fazendo mal a ela, como diversas mutilações e tentativas de suicídio. Sua mãe dizia que a mudança para a Granja era justamente para fazer com que Audrey pudesse ter uma boa recuperação.

O que Audrey mais amava na vida era seu irmão Peter, que era a única coisa que fazia com que Audrey não desistisse de tudo.

Leo veio para trazer mais cor a vida de Audrey, mas também trouxe um grande dilema: largar tudo e fugir com Leo ou ficar e cuidar de seu irmão que tanto precisa dela?

Se você quer saber como termina essa história e se o amor realmente pode transformar a vida das pessoas, não perca tempo, vá até uma livraria mais próxima e adquira essa mais nova obra da querida Novo Conceito.

*****************************

Quando comecei a escrever essa resenha fiquei um pouco tensa, pois esse livro por mais que a gente não queira, sempre escapole um spoiler. Portanto, não me crucifiquem, ok??? Rs

Bom, eu particularmente não curti muito, não. Não porque o livro não seja bom, simplesmente por não ser muito o estilo que eu gosto.

Em diversos momentos eu fiquei com vontade de matar a mãe da Audrey. Gente que mulher nojenta e maluca. Foi capaz até de dar em cima do Leo, sem falar que a meu ver ela explora demais Audrey, fazendo com que ela faça tudo pra ela.

Considero um livro bem triste, pois em diversos momentos o leitor fica numa angustia danada, pois quando Audrey começa a se recuperar, vem uma avalanche de decepções no seu convívio familiar e ela cai novamente.

Eu sempre me identifico com coisas dos personagens e neste livro não seria diferente. Audrey é apaixonada por leitura e a melhor cena do livro é quando ela vai para a casa de Leo e fica deslumbrada com a estante de livros que ele tem. Aliás, qual de nós que nunca sonhou em ter uma biblioteca em casa???

Em vários momentos, eu já desconfiava do verdadeiro mistério do livro, mas mesmo com 99% de desconfiança do que poderia ser a verdade, a autora nos surpreende e mostra que, muitas vezes,  o nosso inimigo está mais próximo do que imaginamos.

Com uma trama bem envolvente, Mentiras como o amor irá trazer uma agonia e ao mesmo tempo uma esperança de que podemos superar os nossos medos e vencer.

Bom, meu povo, por hoje é só, espero que vocês tenham curtido mais essa resenha e prometo voltar logo logo...

Um grande beijo em todos!!!

Flay 

Nenhum comentário

Postar um comentário