"Amos e Masmorras: O Torneio" - Lena Valenti.


Oiie, galera!!

Hoje, eu passei aqui para esquentar o clima! Pois é.... vamos falar da continuação de uma série erótica que vem arrebatando muitos leitores e que tem capas que dão um show à parte.

Então, sem mais enrolar, "simbora" entrar nesse mundo de desafios, tramas, sexo e segredos ;)

***

OBS: CONTÉM SPOILERS DO LIVRO ANTERIOR.

Amos e Masmorras: O Torneio é a aclamada continuação de Amos e Masmorras: A Submissão (livro que nos fez surtar e que você pode encontrar a resenha aqui). 

Após o final do primeiro livro, confesso que fiquei com uma raiva muito grande da autora, pois eu não acreditava que a história tinha parado no ápice e que eu teria que esperar para ler o segundo. No entanto, Lena Valenti não me decepcionou e trouxe um livro ainda melhor para nós leitores.

Como vocês já sabem, na primeira parte da história, somos apresentados à perspicaz Cleo Connelly e ao exigente, e sexy, Lion Romano. Ambos estão atuando como agentes infiltrados do FBI, depois de vários acontecimentos, para derrubar uma grande máfia que se esconde atrás do jogo de RPG e sexo, chamado Dragões e Masmorras DS. Para tal, Cleo começa a ser treinada por Lion para ser sua submissa no jogo. E o que era só um trabalho pode acabar despertando desejos do passado. 

Nas vésperas do jogo, Lion decide dispensar Cleo para que ela não se machuque nessa batalha de leões. Contudo, como vimos durante todo o livro, ninguém diz "não" para uma Connelly e, por isso, tudo muda após a grande decisão de nossa mocinha.

Em Amos e Masmorras: O Torneio nós encaramos um novo lado da moeda. Cleo não é mais uma submissa, pois, depois do acordo que fez com o diretor do FBI, ele se passará por uma dominadora dentro do jogo. Mas a questão é: será que ela será capaz de desempenhar tal papel?

Como eu geralmente acho, o primeiro livro de uma série sempre costuma me arrebatar mais, porém, Lena me surpreendeu demais com essa continuação. Nesse livro, encontramos muito mais mistério, suspense, ação, paixão e luxúria. A história é bem mais movimentada e o leitor não consegue largar a obra nem para respirar. - O que falar da minha falta de fôlego durante o reencontro de Cleo e Lion?

O que eu mais gostei foi ver a força de cada personagem. Cada um deles luta com unhas e dentes para conseguir aquilo que quer. Além disso, há emoção em cada toque do livro (mesmo naquela postura durona de Lion).

Além disso, me admirei como a autora teve a capacidade de transformar a personagem principal. Afinal, mesmo sendo independente, ela tomou um rumo completamente diferente daquele esperado. Então, eu parabenizo demais a Lena por ter feito com que eu me surpreendesse com o enredo e com cada cena.

Se você acha que esse livro é apenas de sexo, você está completamente enganado. A série Amos e Masmorras é muito mais do que isso... ela toca em pontos que precisamos discutir, como o tráfico de pessoas, drogas e assuntos muito delicados. Todos eles são tratados com a atenção que merecem e nos fazem refletir.

Bom, se você, assim como eu, é fã dessa obra, não fique triste pelo fim desse livro, pois teremos muito mais histórias pela frente.... pelo que eu entendi, o terceiro livro traz a irmã de Cleo como personagem principal.. e eu estou mais do que ansiosa para ler!

Espero que tenham gostado dessa resenha, pessoal!

Em breve, voltamos com muito mais para vocês!

Beijos da Alê <3

Nenhum comentário

Postar um comentário