"Esplendor da Honra" - Julie Garwood


 

Oieeeee meus amores....tudo bem com vocês??? Espero que sim....
Dessa vez titia Flay não demorou muito a dar o ar de sua graça né?? Também com um livro Mara desses não tinha como não devora-lo tão rapidamente. Hoje nós vamos falar de Esplendor da Honra, de Julie Garwood, que a querida parceira Universo dos Livros nos mandou. Nós já resenhamos um livro dessa autora, Um amor para Lady Johanna. Vamos conhecer um pouco mais da história de Madelyne??

O livro conta a história de Madelyne, uma doce jovem que vivia uma vida extremamente sofrida ao lado de seu cruel irmão, o barão de Louddon. Ele era um homem inescrupuloso e que no passado cometeu um crime sórdido contra a irmã do Barão de Wexton, o que era considerado por muitos como o “lobo” Duncan.

Após saber que sua irmã havia sido agredida por Louddon, Duncan resolve se vingar e sequestrar a irmã de seu rival, sendo assim olho por olho. Porém ele é surpreendido com uma armação injusta e acaba sendo aprisionado por Louddon. Ele havia planejado deixar Duncan do lado de fora, sem roupas e preso para que morresse por causa do frio e seria largado do lado de fora para dizer que teria morrido de frio e não traria nenhum problema para Louddon.

Não suportando mais as crueldades do irmão para com ela e com os demais, Madelyne resolve ajudar o prisioneiro a fugir. Em sua mente, ela iria ajuda-lo a fugir e depois ela também fugiria para a casa de sua prima e deixaria de vez o horror que era viver com seu irmão. Ao se aproximar de Duncan para liberta-lo, ela percebe que ele se encontrava enfraquecido por causa do frio que estava prestes a desmaiar. Por esse motivo, ela resolve esquentar seus pés e proporcionando a Duncan a melhor sensação que já havia sentido em toda a sua vida.  Mesmo tendo ficado abalado com a atitude de Madelyne em lhe ajudar, Duncan continua com seu plano inicial e junto com seus soldados que aguardavam para executar a função, levam Madelyne como forma de retaliação as maldades de Louddon. Porém com uma diferença. Ele jamais iria abusar de sua prisioneira e depois de um tempo ela poderia ser libertada.

Mas o que ele não imaginava é que com a convivência com um ser tão angelical como Madelyne, fosse despertar sentimentos que até então eram desconhecidos por Duncan e ao ter ciência de como o irmão dela era tão cruel, decide protege-la com a própria vida.

Com o passar dos dias, surge entre os dois uma paixão avassaladora e que nenhum deles saberia explicar o tamanho e a força desse amor. Entretanto havia ainda a sombra de Louddon, que faria de tudo para capturar Madelyne novamente. Será que o amor vencerá?? Ou o sangue falará mais alto?? Isso é o que vocês vão descobrir ao conhecer essa linda história de amor. Clique no link abaixo e adquira essa linda obra!!!

*****************************************************************************

Quando a Universo colocou que esse livro seria lançado eu surtei na hora. Eu amo as histórias da Julie Garwood. Posso dizer inclusive que comecei a ler mais romances de época após ter lido o primeiro livro dela. Não conheço todas as obras dela, mas os que conheço sempre tem como personagens principais mulheres fortes, que lutam por aquilo que acreditam e defendem com unhas e dentes seus amores. Acho inclusive que essas características são as que me faz gostar tanto dos romances dela, pois nós mulheres não somos frágeis a todo instante. Somos frágeis somente quando queremos ser, e nos livros dela é visto isso com muita clareza.

Como eu disse pra vocês no inicio, o livro se passa a época do feudalismo inglês e por esse motivo encontramos em vários momentos que para nós mulheres do século XXI seria extremamente normal, e para ela era extremamente pecaminoso. Podemos tirar como exemplo a cena a seguir:

Como assim ela virou de costas???? rs

Uma coisa que eu achei bem legal é que a cada capítulo, a autora menciona um versículo da bíblia que possa ter uma correlação com o capitulo que se iniciará. Quando não é um versículo, ela traz citações de grandes filósofos, como podem ver abaixo:




Como é descrito no livro, Madelyne é ruiva e ela não gosta que digam que seu cabelo é ruivo. O tempo todo ela diz que seu cabelo é castanho. Gzuiz, eu querendo que o meu seja vermelho e não tendo coragem de pintar e ela negando o seu vermelhão....ai guria, se joga....rs

Como eu coloquei lá no inicio, esse não é o primeiro livro que leio dessa autora. Desta forma eu ainda tenho como minha personagem preferida a fofa da lady Johanna, mas claro que não consegui parar um minuto de tentar imaginar como seria Duncan. Simmmmm...eu adoro homens que possuem aquela pecada de homem mesmo, mas que no fundo no fundo são cavalheiros. Amei tanto ele que eu adoraria que houvesse um novo livro e que ele aparecesse....ai como eu quero ter o Duncan perto de mim.... Vejam essa narrativa e tirem as suas conclusões:

“O barão Duncan das terras do Wexton era mais alto, que o maior dos soldados, que o estavam guardando. Também era igualmente corpulento, com ombros e coxas fortes e musculosos. Com suas largas e robustas pernas bem separadas e firmemente plantadas no chão, sua postura indicava que ele era capaz de matar todos, se assim desejasse”.


Como vocês sabem, eu sempre procuro encontrar algumas coisas que tenham a ver com o livro, e eu encontrei alguns quotes bem legais e que nos mostra como poderíamos ver o casal....dá uma olhada:






Outros personagens que também me chamaram bastante atenção foram os irmãos de Duncan: Edmond, Gilard e Adela, e que eu adoraria que saíssem livros sobre estes, mas claro que pudesse aparecer o meu querido Duncan nessas histórias também. Fiquei bem curiosa para saber como ficou a vida desses irmãos.

Em resumo, eu amei demais essa história e sinceramente não vejo a hora de poder ler um novo livro da Julie Garwood, acho virei fã número um dela. Ela escreve muito bem e de uma forma que não nos faz cansar da história, pelo contrário, faz com que a gente queira ler o mais rápido possível para descobrir o que ocorre com eles.

Eu super indico esse livro e tendo a mais absoluta certeza de que vocês também irão amar.
Não canso de agradecer a nossa parceira, a Universo dos livros por mais uma oportunidade de conhecer essa obra tão linda....amo vocês!!!!

Bom, eu vou ficando por aqui, mas prometo que voto logo logo para vocês....um grande beijo no coração de vocês!!!

Flay






"O Circulo"


Oieeeeee pessoas lindas....como estão??? Espero que bem...
Hoje nós vamos iniciar uma seção nova....simmmmm....a partir de hoje teremos a seção Críticas onde colocaremos as nossas opiniões sobre filmes, séries, shows....enfim...mostrar um pouco mais sobre os nossos gostos....

E o primeiro que vamos falar é O Círculo. Nós fomos convidados para participar da cabine de imprensa que rolou na ultima sexta-feira. Esse convite veio por causa da Aliança de Blogueiros que fazemos parte. Vamos conhecer então um pouco dessa história??

Sinopse:
Mae (Emma Watson) é uma universitária cujo sonho é trabalhar na maior empresa de tecnologia do mundo, O Círculo. A organização foi fundada por Eamon Bailey (Tom Hanks) e o seu principal produto é o SeeChange, uma pequena câmera que permite aos usuários compartilharem detalhes de suas vidas com o mundo. Mae vê sua vida mudar completamente quando é contratada pela empresa e sua função passa a ser documentar sua vida em tempo integral. O que ela não imaginava, no entanto, é que toda essa exposição teria um preço, não só para ela, mas também para todos ao seu redor.

*********************************************************************************

Eu não sabia, mas esse filme veio de um livro de mesmo nome, do autor Dave Eggers. A história mostra um universo distópico, onde o objetivo da organização é que tudo seja reunido no círculo, como redes sociais, contas bancárias e dados pessoais. Um dos objetivos da empresa é que as pessoas compartilhem cada vez mais o seu dia-a-dia na internet e para estimular o povo, eles decidem que Mae (Emma) torne sua vida pública, onde os internautas acompanharia em tempo integral todas as suas atividades. O filme faz uma crítica bem forte sobre mostrar nossas vidas na internet e o quanto isso pode ser perigoso. 

Em minha mais humilde opinião eu achei o filme morno. A ideia até é bem legal, mas senti falta de mais ação e eu acredito que o enredo dava permitia esses tipos de cena. 

Uma das coisas que eu mais curti foi ver a fofa da Emma Watson em ação e a cada filme que eu vejo com ela, vejo o quanto ela é uma excelente atriz. Alias, o filme tem excelentes atores, não só com ela, mas o incrível Tom Hanks.




O que eu achei mais maneiro foi como a empresa proporciona divertimento aos seus funcionários....tem até boate dentro....quem dera que tivéssemos empresas assim....rs

Como eu disse logo no inicio, o filme não é ruim, mas eu esperava muito mais, entretanto eu indico o filme sim para que possamos analisar quanto informações pessoais nossas quando caem nas mãos de pessoas inescrupulosas, pode ser tão prejudicial para nós.

Vejam o trailer abaixo:


Bom, eu vou ficando por aqui....espero que tenham curtido mais essa nossa novidade....prometo voltar logo logo....

bjks

Flay

"Sem Juízo" - Emma Chase




Oieeee pessoas mais lindas....tudo bem com vocês??? Espero que sim....
Hoje nós vamos falar de um livro que tem um pouco a ver com o meu mundinho. Vamos falar de Sem Juízo, da série Legal Briefs, da autora Emma Chase. Bora conferir???

O livro conta a história de Stanton Shaw, um grande advogado criminalista que é bastante conhecido em Washington como o “Encantador do Júri”. Ele sempre consegue convencer sobre a inocência de seus clientes, só usando todo seu charme para com o Júri - principalmente se este for composto por mulheres.  Stanton veio do interior, mais precisamente de uma cidadezinha chamada Sunshine, no Mississippi, e para ser bem sucedido na vida deixou lá o amor de sua vida – Jenny, a quem sempre prometeu que assim que conseguisse se estabelecer iria levar ela e a filha deles para morar com ele.
Stanton e Jenny combinaram que enquanto estivessem longe, ambos poderiam sair com outras pessoas, mas o amor entre eles sempre iria prevalecer. Uma de suas “amizades coloridas” era Sofia. Sofia era uma morena linda e com curvas que encantavam a qualquer um e Stanton ficava feliz em ser seu PA – Pau Amigo.

Tudo ia bem até que uma carta chega para Stanton e o conteúdo da carta o deixa transtornado. Tratava-se de um convite de casamento. E era nada mais nada menos que o convite do casamento de Jenny com J. D. Como assim Jenny iria casar??? Como Jenny poderia se casar com o água de salsicha do Jimmy Dean?? Pensando em acabar com essa palhaçada, Stanton pede licença no escritório onde trabalha para ir até lá, mas não quer ir sozinho. Ele pede para Sofia o acompanhar, pois ela transmitia tranquilidade a ele. Ela aceita, mesmo que isso possa machucar o seu coração, pois o que no inicio era apenas uma transa, se torna um sentimento mais forte. Sofia não quer revelar seus verdadeiros sentimentos, pois tem medo que com isso Stanton se afaste.

O que será que acontece em Sunshine?? Será que Stanton consegue impedir o casamento de Jenny e mostrar a ela que ele ainda é o seu grande amor?? Ou será que ele irá enxergar que seu verdadeiro amor esteve o tempo todo ao seu lado?? Isso é o que você vai descobrir ao ler essa incrível história. Se ficaram curiosos, clique no link abaixo e adquira já Sem Juízo, tenho certeza que não irão se arrepender!!!


*****************************************************************************

Quando eu vi o lançamento desse livro eu surtei na mesma hora. Primeiro porque os personagens principais são advogados criminalistas e eu amo conhecer livros que tenham a ver com  a minha profissão. Segundo porque pela sinopse se tratava de um livro onde iria rolar bastantes cenas quentes....e eu amooooooooooo....

Apesar de na minha opinião não ser um livro tão hot, as cenas que acontecem são de deixar a gente pegando fogo. Sem querer dar muito spoiler, a cena que eu mais fiquei louca foi uma quase no finalzinho, quando Stanton leva a Sofia para um lago e o que é narrado lá, meu irmão...é de deixar a gente arfando e com a imaginação lá nas alturas.

Preciso saber aonde a autora encontrou um advogado como o Stanton....gente, acho que só tem assim lá em Washington, porque aqui tá difícil viu....alias, acho que poderíamos promover um concurso do advogado mais gato do Brasil....o que vocês acham??? Rs

Lendo livros que girem em torno do direito, é muito interessante ver como é diferente em outros países. Nesse livro pude conferir que nos Estados Unidos, os réu podem escolher quem decide seu destino: um juiz ou um júri. Aqui no Brasil, só há júri quando vai ser julgado um crime doloso contra a vida, ou seja, não há a possibilidade de escolher como lá. Sinceramente não sei se seria legal se houvesse essa opção de escolha aqui, até porque infelizmente em nosso pais sempre há um jeitinho brasileiro para se dar bem, ou seja, quem garante que o júri não seria comprado...rs

Como eu disse lá no inicio, esse livro é o primeiro da série Legal Briefs. No final do livro, há uma degustação do próximo livro e já deu pra perceber que são com personagens que aparecem no primeiro livro, mas precisamente os advogados do escritório de Stanton e Sofia. Só em ler esse trechinho já me deixou louca para ler...e a pergunta que não quer calar: Universo, quando vai sair o Legal Briefs 2???? Rs

Não conhecia ainda a escrita da Emma Chase, mas eu gostei muito do que li. O livro flui de uma forma bem leve, sem embromação e não fica nenhuma parte da história sem desfecho. Com certeza procurarei os outros livros dela para ler!!!

Uma outra coisa bem legal foi ver que muitas das vezes dizemos que amamos uma pessoa, mas isso é porque nos acostumamos com a ideia de amar e não percebemos que nosso coração já tomou rumos bem diferentes. O primeiro amor é algo sublime, mas em minha humilde opinião, aquele amor que começa pelo desejo é mil vezes mais arrebatador...e com certeza o lindo Stanton concorda comigo...rs

“O amor da juventude é forte. O primeiro amor é poderoso. Mas o que a gente não sabe quando é jovem – e é impossível saber – é quão longa a vida realmente é. E a única coisa certana vida, além da morte e dos impostos, é que ela muda.”

Fazendo minhas buscas pela net, como eu disse mais acima, vai ser uma trilogia e eu encontrei como foram as capas lá fora...dá uma olhadinha:


Em resumo, o livro é muito legal...e eu super recomendo a todos!!!
Quero mais uma vez agradecer a nossa querida parceira – A Universo dos Livros – por mais uma vez confiar um lançamento deles para resenhar. Valeu galera...

Eu vou ficando por aqui....deixa um recadinho pra mim ai povo....adoro ler o que vocês acham. Esse feedback é muito importante pra gente...

Um grande beijo no coraçãozinho de vocês...
Flay




"Não era você que eu esperava" - Fabien Toulmé


Oieeeee pessoas...tudo tranquilo?? Espero que sim...

Hoje nós vamos falar de um livro que eu ameiiiii....sim, sei que sou meio repetitiva, mas o que posso fazer se nos últimos tempos só tenho recebido livros perfeitos...rs...vamos falar de Não era você que eu esperava, do francês Fabien Toulmé. Esse livro nós ganhamos no evento que teve sobre HQ’S (não viu, clique aqui) que o grupo Autêntica realizou no dia 19/05. Bora conferir??

O livro conta a história do próprio autor, onde ele narra sobre a experiência que teve com o nascimento de sua segunda filha. Fabien sempre se preocupou se suas filhas seriam “normais” e sempre ficava nervoso quando os exames eram feitos. Sua primeira filha, Louise, era “perfeitinha” e assim que sua esposa anunciou a segunda gravidez, começou o seu nervosismo para saber se esta criança também não teria nenhum tipo de problema.

Todos os exames levavam a crer que sua mais nova princesa, Julia, seria “normal”. Nenhum médico havia desconfiado de absolutamente nada. Entretanto, quando Julia nasceu, Fabien logo de cara percebeu que ela tinha as características de portadores de Trissomia 21, mais conhecida como síndrome de Down. Fabien tinha muitas recordações negativas sobre a aceitação dessas pessoas e por isso se recusava a acreditar que sua filha teria esse problema.

Durante alguns meses, depois da confirmação de que Julia é portadora de síndrome de Down, Fabien fica bastante angustiado pensando que sua filha nunca poderia ter uma vida “normal” e que ficaria para todo sempre sendo amparada por seus pais. Mas aos poucos ele vai descobrindo, através de depoimentos de outras pessoas, que o portador de síndrome de down pode ser extremamente capaz de guiar sua própria vida, mas que tudo isso vai depender do carinho e atenção que os pais dão no inicio da vida.

Aos poucos, ele vai aprendendo a amar cada vez mais a sua Julia e ele aprende que por mais que ela não fosse como ele esperava, ele seria feliz pelo resto da vida por tê-la em sua vida.
Uma história linda e que nos emociona do inicio ao fim, sem falar que nos faz pensar que todos somos normais e que mesmo que tenhamos alguns “probleminhas” podemos fazer a diferença na vida de alguém.

Se você ficou emocionando e quer devorar essa linda e profunda história, corra até a livraria mais próxima e adquira Não era você que eu esperava, tenho certeza que não vão se arrepender.

*****************************************************************************

Quando eu fui ao evento do grupo Autentica e nos foi apresentado esse livro, na mesma hora eu fiquei com muita vontade de ler. Fiquei hiper feliz quando o querido Cleber nos presenteou com o livro. Quando a sinopse nos foi mostrada pelo incrível PH, na mesma hora eu me interessei e queria descobrir que fim teria.

O livro conta uma história real, do próprio autor e é maravilhoso ver o quanto ele aprendeu a amar essa filha.

Acredito que todo ser humano, quando vai ter o seu tão esperado filho, torce para que ele venha com saúde, mas  muitas das vezes, mesmo que venham com algum “probleminha” isso pode unir ainda mais a família e trazer muito crescimento para a nossa vida.

Como eu disse na postagem do evento, a história se trata de uma HQ e eu não havia lido nenhum livro ainda nesse formato e eu simplesmente amei, pois a leitura flui muito melhor e sem falar que é muito legal você poder visualizar as cenas. Só conhecia o universo HQ como turma da Mônica e super-heróis e conhecendo um livro todo em HQ e com uma história tão interessante, foi simplesmente maravilhoso.




Uma coisa que eu achei muito legal foi que por se tratar de uma história real, o autor coloca no fim do livro fotos da sua princesinha Julia. Ela realmente é uma princesa...dá uma olhadinha só.



Nas minhas pesquisas pela net, encontrei uma foto da Julia com o Fabien mais recente...olha que princesaaaaaa....


Não querendo ser redundante, mas já sendo, o livro é muito bom e nos dá uma grande lição de vida. Eu super indico esse lindo livro e gostaria de indicar ele a todos vocês....vale super apena...

Encontrei também um book trailer do livro...olha que maneiro...



Bom, eu vou ficando por aqui, espero que vocês tenham curtido mais essa resenha e eu prometo voltar o mais rápido possível...

Um grande beijo no coração de vocês!!!!

Flay